Jesus merece respeito - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

Jesus merece respeito

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

12 de dezembro de 2019

Dezembro é um mês significativo na vida de todos por incluir o evento mais importante na vida dos que seguem o cristianismo. Mas a imagem de Jesus, além de ser esquecida na maioria das celebrações, agora é alvo de desrespeito por uma trupe de humoristas brasileiros no filme “A Primeira Tentação de Cristo”.

Neste mês, a comemoração do Natal tem reunido, em diversas partes, funcionários de empresas privadas e públicas, lembrando a mensagem do menino Jesus que veio ao mundo para ser o modelo desejado por Deus para cada um de nós.

Mas é incrível como a festa dele tem se distanciado do verdadeiro sentido. Fala-se mais da figura do Papai Noel do que do aniversariante.

Ontem, durante visita a um hospital podemos confirmar como as pessoas confundem até mesmo a data do 25 de dezembro. A uma pergunta que eu fazia – de quem é mesmo o aniversário que comemoramos neste mês? – um grande número de pessoas repetia o nome de Papai Noel.

Mas isso é o de menos. Incomum mesmo é ver a figura do maior mestre que tivemos na Terra, ser alvo de um ataque agressivo por parte de um portal de humor – onde Jesus é mostrado de forma desrespeitosa.

Somos favoráveis à liberdade de expressão; porém, tudo tem um limite. E quando se trata de ícones que são reservas morais, como Jesus, é preciso respeito. Só numa geração como a de hoje é capaz de ser tão inconsequente quanto a dos atores que fizeram esse filme e que só reflete em desrespeito à figura do mais puro dos seres que já passaram pela Terra.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Jesus merece respeito

Por Nonato Albuquerque em ARTIGO

12 de dezembro de 2019

Dezembro é um mês significativo na vida de todos por incluir o evento mais importante na vida dos que seguem o cristianismo. Mas a imagem de Jesus, além de ser esquecida na maioria das celebrações, agora é alvo de desrespeito por uma trupe de humoristas brasileiros no filme “A Primeira Tentação de Cristo”.

Neste mês, a comemoração do Natal tem reunido, em diversas partes, funcionários de empresas privadas e públicas, lembrando a mensagem do menino Jesus que veio ao mundo para ser o modelo desejado por Deus para cada um de nós.

Mas é incrível como a festa dele tem se distanciado do verdadeiro sentido. Fala-se mais da figura do Papai Noel do que do aniversariante.

Ontem, durante visita a um hospital podemos confirmar como as pessoas confundem até mesmo a data do 25 de dezembro. A uma pergunta que eu fazia – de quem é mesmo o aniversário que comemoramos neste mês? – um grande número de pessoas repetia o nome de Papai Noel.

Mas isso é o de menos. Incomum mesmo é ver a figura do maior mestre que tivemos na Terra, ser alvo de um ataque agressivo por parte de um portal de humor – onde Jesus é mostrado de forma desrespeitosa.

Somos favoráveis à liberdade de expressão; porém, tudo tem um limite. E quando se trata de ícones que são reservas morais, como Jesus, é preciso respeito. Só numa geração como a de hoje é capaz de ser tão inconsequente quanto a dos atores que fizeram esse filme e que só reflete em desrespeito à figura do mais puro dos seres que já passaram pela Terra.