O ímpeto ruligã dos torcedores equivocados - MOUSE OU MENOS 
Publicidade

MOUSE OU MENOS

por Nonato Albuquerque

O ímpeto ruligã dos torcedores equivocados

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

14 de Abril de 2013

A Arena Castelão viveu um domingo de teste. Técnicos da FIFA aproveitaram o clássico-rei, entre Fortaleza e Ceará para averiguar até que ponto o estádio está se adequando para suportar uma Copa do Mundo.  Vieram jornalistas de fora acompanhar a guaribada. Expectativa de que se pudesse repercutir. E não demorou.  O portal UOL foi o primeiro a destacar; não o teste, mas a briga entre torcedores que resultou na morte de dois deles.

briga

Evidente que o secretário da Copa, Ferrúcio Feitosa, preocupou-se com tudo, inclusive o ítem segurança. Mas, pelo visto, para controlar o ímpeto ruligã dos torcedores equivocados, vai ser dificil. A imprensa, principalmente o rádio, deve funcionar em favor disso e evitar o politicamente incorreto de certos narradores, que estimulam ainda mais a violência em campo. Necessário é que se lance campanha de orientação e de educação para que os fanáticos mudem a sua postura em dias de jogos ou se afastem por conta de medidas austeras que devem  ser tomadas.

ruligansSim, foram presas 184 pessoas acusadas de todo tipo de atitudes inconsequentes. Mas, a gente sabe que logo cedo (se não foi hoje) essa gente vai ser solta; volta pra casa e no próximo jogo volta a perturbar a vida de quem é cidadão.

É preciso fichar os vândalos que forçam o futebol cearense ser presença mais na edit oria policial da imprensa do que nos cadernos a ele destinado. Evidente que, também, se devia cobrar mais qualidade dos nossos jogadores – principalmente do meu time que está ficando mal acostumado de levar pisa do seu oponente maior. Mas aí é outra estória e, nem por isso, eu vou sair do meu eu e começar a quebrar tudo.

Eu, graças a Deus, já avancei esse capítulo da natureza animalesca. Quem faz o contrário é doente e precisa não de ir ao estádio, mas ao hospital.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

O ímpeto ruligã dos torcedores equivocados

Por Nonato Albuquerque em COMPORTAMENTO

14 de Abril de 2013

A Arena Castelão viveu um domingo de teste. Técnicos da FIFA aproveitaram o clássico-rei, entre Fortaleza e Ceará para averiguar até que ponto o estádio está se adequando para suportar uma Copa do Mundo.  Vieram jornalistas de fora acompanhar a guaribada. Expectativa de que se pudesse repercutir. E não demorou.  O portal UOL foi o primeiro a destacar; não o teste, mas a briga entre torcedores que resultou na morte de dois deles.

briga

Evidente que o secretário da Copa, Ferrúcio Feitosa, preocupou-se com tudo, inclusive o ítem segurança. Mas, pelo visto, para controlar o ímpeto ruligã dos torcedores equivocados, vai ser dificil. A imprensa, principalmente o rádio, deve funcionar em favor disso e evitar o politicamente incorreto de certos narradores, que estimulam ainda mais a violência em campo. Necessário é que se lance campanha de orientação e de educação para que os fanáticos mudem a sua postura em dias de jogos ou se afastem por conta de medidas austeras que devem  ser tomadas.

ruligansSim, foram presas 184 pessoas acusadas de todo tipo de atitudes inconsequentes. Mas, a gente sabe que logo cedo (se não foi hoje) essa gente vai ser solta; volta pra casa e no próximo jogo volta a perturbar a vida de quem é cidadão.

É preciso fichar os vândalos que forçam o futebol cearense ser presença mais na edit oria policial da imprensa do que nos cadernos a ele destinado. Evidente que, também, se devia cobrar mais qualidade dos nossos jogadores – principalmente do meu time que está ficando mal acostumado de levar pisa do seu oponente maior. Mas aí é outra estória e, nem por isso, eu vou sair do meu eu e começar a quebrar tudo.

Eu, graças a Deus, já avancei esse capítulo da natureza animalesca. Quem faz o contrário é doente e precisa não de ir ao estádio, mas ao hospital.