Publicidade

MAR Jangadeiro

por Orlando Nunes

A pontuação e o porquê

Por Orlando Nunes em Gramática

11 de setembro de 2013

Como dissemos em posts anteriores, a vírgula sinaliza o caminho da leitura, facilitando a assimilação rápida da mensagem apresentada.

Dessa forma, cada vírgula tem um porquê, um motivo, um papel na história.

Vejamos alguns casos (noticiáriol do domingo passado, 8.9.13).

 

Goleada no Mané, no DF

“Brasil goleia Austrália em amistoso no Mané Garrincha, em Brasília.”

– vírgula separa a enumeração (sequência) de adjuntos adverbiais.

 

Depois da peia, a paz

“Após três derrotas, Fluminense reencontra a vitória diante do Bahia e respira.”

“Com torção, Felipe desfalca Flamengo.”

– vírgula marca a antecipação do adjunto adverbial

 

Advérbio intrometido merece duas vírgula

“Cape d’Agde, na França, é capital do nudismo.”

– vírgula marca a intercalação do adjunto adverbial.

 

Enumeração, vírgula

O serviço é gratuito e confere a condição dos freios, dos amortecedores, da suspensão e até a quantidade de emissão de poluentes que sai do escapamento.

– vírgula marca uma enumeração (no caso, de adjuntos adnominais).

 

Explicativa exige vírgula

O grupo, que tem como tema “Juventude que ousa lutar, constrói o projeto popular”, objetiva chamar atenção para as condições de crescente exclusão social na sociedade brasileira.

– vírgula separa a oração principal da oração adjetiva explicativa.

 

Restritiva rejeita vírgula

Vidraças de lojas e carros que estavam estacionados nos arredores da praça foram atingidos durante o conflito.

– não há vírgula, porque a oração adjetiva neste caso é restritiva, e não explicativa.

 

Distinguindo a adjetiva explicativa da adjetiva restritiva

– A adjetiva explicativa faz referência a todo o conjunto representado pelo termo antecedente.

O tema “juventude (…) popular” se refere a todo o “grupo”.

– A adjetiva restritiva se refere a parcela do conjunto representado pelo termo antecedente.

Nem todo o conjunto de carros foi atingido, isso se restringe aos que estavam estacionados nos arredores da praça.

No mais, é MAR: marjangadeiro@gmail.com

Vou indo a pé. Até!

Publicidade aqui

A pontuação e o porquê

Por Orlando Nunes em Gramática

11 de setembro de 2013

Como dissemos em posts anteriores, a vírgula sinaliza o caminho da leitura, facilitando a assimilação rápida da mensagem apresentada.

Dessa forma, cada vírgula tem um porquê, um motivo, um papel na história.

Vejamos alguns casos (noticiáriol do domingo passado, 8.9.13).

 

Goleada no Mané, no DF

“Brasil goleia Austrália em amistoso no Mané Garrincha, em Brasília.”

– vírgula separa a enumeração (sequência) de adjuntos adverbiais.

 

Depois da peia, a paz

“Após três derrotas, Fluminense reencontra a vitória diante do Bahia e respira.”

“Com torção, Felipe desfalca Flamengo.”

– vírgula marca a antecipação do adjunto adverbial

 

Advérbio intrometido merece duas vírgula

“Cape d’Agde, na França, é capital do nudismo.”

– vírgula marca a intercalação do adjunto adverbial.

 

Enumeração, vírgula

O serviço é gratuito e confere a condição dos freios, dos amortecedores, da suspensão e até a quantidade de emissão de poluentes que sai do escapamento.

– vírgula marca uma enumeração (no caso, de adjuntos adnominais).

 

Explicativa exige vírgula

O grupo, que tem como tema “Juventude que ousa lutar, constrói o projeto popular”, objetiva chamar atenção para as condições de crescente exclusão social na sociedade brasileira.

– vírgula separa a oração principal da oração adjetiva explicativa.

 

Restritiva rejeita vírgula

Vidraças de lojas e carros que estavam estacionados nos arredores da praça foram atingidos durante o conflito.

– não há vírgula, porque a oração adjetiva neste caso é restritiva, e não explicativa.

 

Distinguindo a adjetiva explicativa da adjetiva restritiva

– A adjetiva explicativa faz referência a todo o conjunto representado pelo termo antecedente.

O tema “juventude (…) popular” se refere a todo o “grupo”.

– A adjetiva restritiva se refere a parcela do conjunto representado pelo termo antecedente.

Nem todo o conjunto de carros foi atingido, isso se restringe aos que estavam estacionados nos arredores da praça.

No mais, é MAR: marjangadeiro@gmail.com

Vou indo a pé. Até!