Publicidade

MAR Jangadeiro

por Orlando Nunes

Vírgula existe para ajudar, nunca para atrapalhar

Por Orlando Nunes em Gramática

26 de agosto de 2013

“Segundo informação do Ministério do Turismo, hoje, o estado do Ceará investe R$ 273,4 milhões em 398 obras.”

A estrutura acima apresenta uma sequência de adjuntos adverbiais – Segundo informação do Ministério do Turismo (1) e hoje (2) – deslocados para o início da frase.

Gatos escaldados, sacamos das vírgulas e disparamos.

A pontuação utilizada, porém, suscita certa ambiguidade: o advérbio “hoje” parece referir-se ao momento em que foi dada a informação pelo Ministério do Turismo, quando, na verdade, algo nos diz (o tal “conhecimento de mundo”?) que não é bem assim. Em outras palavras, qual a interpretação adequada do período em análise?

  1.  “O Ministério do Turismo informou hoje…”.
  2. “O estado do Ceará investe hoje…”.

A informação pretendida era a de número 2, logo há problema de pontuação (ou de estruturação da frase). Vamos consertar isso. Duas soluções possíveis, dentre outras:

  1. “Segundo informação do Ministério do Turismo, o estado do Ceará investe hoje R$ 273,4 milhões em 398 obras.” (aproximação do advérbio ao verbo)
  2. “Segundo informação do Ministério do Turismo, hoje o estado do Ceará investe R$ 273,4 milhões em 398 obras. (supressão da vírgula após o advérbio).

Lembre-se: vírgula serve para sinalizar a leitura adequada, nunca para dificultá-la.

Boa semana.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Vírgula existe para ajudar, nunca para atrapalhar

Por Orlando Nunes em Gramática

26 de agosto de 2013

“Segundo informação do Ministério do Turismo, hoje, o estado do Ceará investe R$ 273,4 milhões em 398 obras.”

A estrutura acima apresenta uma sequência de adjuntos adverbiais – Segundo informação do Ministério do Turismo (1) e hoje (2) – deslocados para o início da frase.

Gatos escaldados, sacamos das vírgulas e disparamos.

A pontuação utilizada, porém, suscita certa ambiguidade: o advérbio “hoje” parece referir-se ao momento em que foi dada a informação pelo Ministério do Turismo, quando, na verdade, algo nos diz (o tal “conhecimento de mundo”?) que não é bem assim. Em outras palavras, qual a interpretação adequada do período em análise?

  1.  “O Ministério do Turismo informou hoje…”.
  2. “O estado do Ceará investe hoje…”.

A informação pretendida era a de número 2, logo há problema de pontuação (ou de estruturação da frase). Vamos consertar isso. Duas soluções possíveis, dentre outras:

  1. “Segundo informação do Ministério do Turismo, o estado do Ceará investe hoje R$ 273,4 milhões em 398 obras.” (aproximação do advérbio ao verbo)
  2. “Segundo informação do Ministério do Turismo, hoje o estado do Ceará investe R$ 273,4 milhões em 398 obras. (supressão da vírgula após o advérbio).

Lembre-se: vírgula serve para sinalizar a leitura adequada, nunca para dificultá-la.

Boa semana.