Publicidade

MAR Jangadeiro

por Orlando Nunes

previsto

Previsto para… derrubar redator

Por Orlando Nunes em Dica

12 de junho de 2015

Caro redator, antes de entregar a redação ao fiscal, bote banca, revise seu texto.

Fragmento de texto:
“O filme está previsto para estrear na próxima semana em todo o Brasil”.

BOTANDO BANCA (examinadora)
Depois da expressão “previsto para”, escreva um termo de valor temporal em vez de um verbo. Assim, nada de “previsto para estrear”, “previsto para ocorrer”, “previsto para voltar”, etc. Observe as frases abaixo:

“A peça está prevista para estrear no início do próximo mês”.

Na verdade, quem está prevista é a estreia, e não a peça (já ensaiada, montada, prontinha e na ponta da língua do elenco). Então, você bota banca, e a frase fica assim:

“A estreia da peça está prevista para o início do próximo mês”.

Sacou a sequência? Vamos lá: previsto/a + para + tempo (e não verbo, que virou substantivo abstrato).

Outras frases:

“O fenômeno está previsto para ocorrer na noite deste sábado”.

Botando banca:
“A ocorrência do fenômeno está prevista para a noite deste sábado”.

Mais uma frase:

“O prefeito está previsto para voltar domingo”. (prefeito previsto, meu caro?)

Botando banca:
“A volta do prefeito está prevista para domingo”.

Lembre-se: todo redator bota banca (antes da banca examinadora oficial do Enem).
Até!

leia tudo sobre

Publicidade

Previsto para… derrubar redator

Por Orlando Nunes em Dica

12 de junho de 2015

Caro redator, antes de entregar a redação ao fiscal, bote banca, revise seu texto.

Fragmento de texto:
“O filme está previsto para estrear na próxima semana em todo o Brasil”.

BOTANDO BANCA (examinadora)
Depois da expressão “previsto para”, escreva um termo de valor temporal em vez de um verbo. Assim, nada de “previsto para estrear”, “previsto para ocorrer”, “previsto para voltar”, etc. Observe as frases abaixo:

“A peça está prevista para estrear no início do próximo mês”.

Na verdade, quem está prevista é a estreia, e não a peça (já ensaiada, montada, prontinha e na ponta da língua do elenco). Então, você bota banca, e a frase fica assim:

“A estreia da peça está prevista para o início do próximo mês”.

Sacou a sequência? Vamos lá: previsto/a + para + tempo (e não verbo, que virou substantivo abstrato).

Outras frases:

“O fenômeno está previsto para ocorrer na noite deste sábado”.

Botando banca:
“A ocorrência do fenômeno está prevista para a noite deste sábado”.

Mais uma frase:

“O prefeito está previsto para voltar domingo”. (prefeito previsto, meu caro?)

Botando banca:
“A volta do prefeito está prevista para domingo”.

Lembre-se: todo redator bota banca (antes da banca examinadora oficial do Enem).
Até!