Publicidade

MAR Jangadeiro

por Orlando Nunes

votos

Agradecer

Por Orlando Nunes em Gramática

23 de Janeiro de 2013

“O parlamentar agradeceu os eleitores pelo expressivo número de votos recebidos.”

Agradecer, verbo transitivo direto e indireto (VTDI). O objeto direto (complemento verbal não preposicionado) é representado por “coisa”, e o objeto indireto (complemento verbal regido de preposição), por “pessoa”. Essa orientação de regência verbal da norma culta da língua, no entanto, não foi seguida na estruturação da frase em destaque. A seguir, hora da reescrita.

“O parlamentar agradeceu aos eleitores (OI) o expressivo número de votos recebidos (OD).”

Análise:

Sujeito: O parlamentar

Verbo: agradeceu (pretérito perfeito do indicativo, 3ª pessoa do singular)

Objeto indireto: aos eleitores (com o verbo agradecer, sempre representado por “pessoa”)

Objeto direto: o expressivo número de votos recebidos (representado por “coisa”

É isso. Estou no marjangadeiro@gmail.com

Abraços.

Publicidade

Agradecer

Por Orlando Nunes em Gramática

23 de Janeiro de 2013

“O parlamentar agradeceu os eleitores pelo expressivo número de votos recebidos.”

Agradecer, verbo transitivo direto e indireto (VTDI). O objeto direto (complemento verbal não preposicionado) é representado por “coisa”, e o objeto indireto (complemento verbal regido de preposição), por “pessoa”. Essa orientação de regência verbal da norma culta da língua, no entanto, não foi seguida na estruturação da frase em destaque. A seguir, hora da reescrita.

“O parlamentar agradeceu aos eleitores (OI) o expressivo número de votos recebidos (OD).”

Análise:

Sujeito: O parlamentar

Verbo: agradeceu (pretérito perfeito do indicativo, 3ª pessoa do singular)

Objeto indireto: aos eleitores (com o verbo agradecer, sempre representado por “pessoa”)

Objeto direto: o expressivo número de votos recebidos (representado por “coisa”

É isso. Estou no marjangadeiro@gmail.com

Abraços.