Publicidade

Rede Social CE

por Raquel Souza

Cinema

Cine Ceará bate novo recorde de inscritos

Por raquelsouza em Cinema

28 de Maio de 2018

 

 

 O festival chega à 28ª edição de 04 a 10 de agosto em Fortaleza, com mostras competitivas de curtas e longas-metragens, exibições especiais e debates

 Pelo terceiro ano seguido o Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema bate recorde de inscritos para as duas mostras competitivas. São produções em longa e curta-metragem enviadas para a 28ª edição, que acontecerá de 04 a 10 de agosto no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza.

 Para a seleção de 2018, o Festival recebeu 1.222 filmes de 18 países, dos quais, 286 inscritos para a Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem e 936 para a Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem. Os números anteriores: Em 2017 foram 1.113 filmes de 17 países, sendo 260 longas e 853 curtas. Em 2016 o festival recebeu 966 inscrições de 16 países, dos quais, 254 longas e 712 curtas. O número de curtas cearenses inscritos também foi recorde. Foram 116 para a 28ª edição, 19 a mais do que os inscritos na edição do ano passado.
 Além das mostras competitivas, o festival traz debates e mostras paralelas, promovendo divulgação de novos talentos na área audiovisual. O 28º Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará (UFC), através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura, do Ministério da Cultura, via Secretaria do Audiovisual, e Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secultfor.
A realização é da Associação Cultural Cine Ceará e Bucanero Filmes. Patrocínio: M. Dias Branco.

SERVIÇO

 28° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema – Inscrições abertas até o dia 23 de maio para as mostras competitivas Ibero-americana de Longa-metragem e Brasileira de Curta-metragem desta edição, que acontecerá de 04 a 10 de agosto de 2018 em Fortaleza, Ceará. Informações:www.cineceara.com. E-mail: contatos@cineceara.com. Tel: (85)3055-3465.
Publicidade

Últimos dias da Mostra Harun Farocki com filmes no Cinema do Dragão e instalações no Cena 15

Por raquelsouza em Cinema, Lançamento

19 de dezembro de 2017

As exibições de filmes terminam no dia 20 e as instalações podem ser visitadas até o dia 22. A entrada é gratuita.

 

Segue até esta quarta-feira, dia 20 de dezembro, a programação de filmes da “Mostra Harun Farocki – O trabalho com as imagens”, em cartaz deste a última quinta-feira, dia 14, no Cinema do Dragão. No Cena 15, as duas instalações que integram a mostra podem ser visitadas até sexta-feira, 22. Contemplada no Edital Temporada de Arte Cearense, do Dragão do Mar, a Mostra tem o apoio da Secretaria de Cultura de Fortaleza e do Porto Iracema das Artes. Toda a programação tem acesso gratuito.

Na sessão das 19 horas desta quarta-feira, serão exibidos Indústria e Fotografia (Alemanha Ocidental. 1979. 35mm. PB. 44min) e A prata e a cruz (Alemanha. 2010. Vídeo (dois canais). Cor. 17min). Às 20h30, encerram a mostra os filmes O papel dominante (Alemanha. 1994. Vídeo. Cor. 35min) e A saída dos operários da fábrica (Alemanha. 1995. Vídeo. Cor e PB. 36min).

Em Indústria e Fotografia (Industrie und Fotografie), fotografia e as indústrias siderúrgicas e metalúrgicas são abordadas de forma íntima, inusitada e intrigante. A primeira implica em poder recuperar historicamente as transformações (des)antropomórficas da indústria, ou de revelar uma lógica que estruturou um mundo, mas também, ela própria, enquanto indústria de reprodutividade técnica.

O filme A prata e a cruz (Das Silber und das Kreuz) examina a pintura “El Cerro Rico y la Villa Imperial” (Óleo sobre tela, 262×181 cm), de Gaspar Miguel des Berrío, 1758, no Museu Colonial Charcas da Universidade San Francisco Xavier, Sucre – Bolívia. Cerro Rico é uma montanha localizada na cidade de Potosí, na Bolívia. Nos séculos XVI e XVII, Potosí pertencia ao Alto Peru. A montanha, então rica em prata, foi intensivamente explorada pela metrópole espanhola. A montagem de Farocki realiza a contra-imagem de um genocídio apagado pela retratação.

O papel dominante (Die führende Rolle) mostra a busca incansável, porém frustrada, das equipes de televisão em 1989, por uma imagem emblemática que cristalizaria o a queda do muro de Berlim. Cinco anos depois, Farocki lançou este filme de montagem de tais filmagens, tentando compreender a “imagem ausente”.

Em A saída dos operários da fábrica (Arbeiter verlassen die Fabrik) Harun Farocki desvela a própria história do cinema e sua relação com o capitalismo. É uma análise cinematográfica a partir da cinematografia em si. O filme mostra que a sequência dos irmãos Louis e Auguste Lumière em “Trabalhadores saindo da fábrica”, que foi o primeiro filme cinematográfico, já traz o germe de um desenvolvimento social: o ocultamento do trabalho industrial.

 

PROGRAMAÇÃO DE QUARTA, 20 DE DEZEMBRO

FILMES

19h – Indústria e Fotografia (Alemanha Ocidental. 1979. 35mm. PB. 44min) e A prata e a cruz (Alemanha. 2010. Vídeo (dois canais). Cor. 17min)

20h30 – O papel dominante (Alemanha. 1994. Vídeo. Cor. 35min) e A saída dos operários da fábrica (Alemanha. 1995. Vídeo. Cor e PB. 36min) 

AS INSTALAÇÕES

Parallel I, II, III e IV (2011/2014)

Labour in a single shot (2011/2014)

 

SERVIÇO

Mostra Harun Farocki – O trabalho com as imagens – Exibição de 12 filmes e duas instalações de um dos mais respeitados e prolíficos realizadores da Alemanha, Harun Farocki.

Filmes: De 14 a 20 de dezembro de 2017 no Cinema do Dragão (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema). Sessões às 19h e 20h30, exceto no dia 15, que terá sessões às 16h30 e 18h. Classificação indicativa: 16 anos. Não há programação de cinema no dia 18 (segunda).  

Instalações: De 14 a 22 de dezembro, das 10h às 18h, no Cena 15 (Rua José Avelino, n° 495 – Praia de Iracema).  Não há visitação no dia 17 (domingo).

Ingressos: Toda a programação tem entrada gratuita.

Informações: (85)3488.8600 e farockifortaleza2017@gmail.com

Publicidade

Inscrições abertas para o 3º MAN – Mercado Audiovisual do Nordeste

Por raquelsouza em Cinema

30 de outubro de 2017

 

 

Apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo do Estado do Ceará, BNDES e BNB, o evento acontece em Fortaleza de 13 a 18 de novembro de 2017. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 6 de novembro.

Abertas até o dia 6 de novembro, as inscrições para as Rodadas de Negócios do 3º MAN – Mercado Audiovisual do Nordeste, que acontece em Fortaleza de 13 a 18 de novembro. Antes restrito ao mercado cearense, o evento este ano expande sua atuação aos nove estados da Região, conferindo a mais produtoras independentes de conteúdo audiovisual a oportunidade de troca de experiências e de negócios com players (canais ou plataformas de exibição) locais, regionais, nacionais e internacionais.

Lançado em 2015 durante o Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, o MAN surgiu com o intuito de unir os protagonistas do audiovisual e promover a troca de experiências e a geração de negócios.  A terceira edição é apresentada pelo Ministério da Cultura, Governo do Estado do Ceará, BNDES e BNB, e realizada pelo 27° Cine Ceará e CONNE – Conexão Audiovisual Centro-Oeste, Norte e Nordeste. Tem o patrocínio vip do Beach Park Studios, apoio institucional da Agência de Desenvolvimento do Ceará – ADECE, a Câmara Setorial Audiovisual – CSA, a Universidade Federal do Ceará, Casa Amarela Eusélio Oliveira, Associação Cultural Cine Ceará, BRAVI e Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – Secult, através do Mecenato Estadual. Apoio cultural:  UNIFOR. Parceria: Bucanero Filmes e Magote Produções.

Sediado no BNB Passaré, o 3º MAN, além de rodadas de negócios, contará com palestras e discussões sobre a produção audiovisual e o mercado do conteúdo independente, e debates sobre as políticas de desenvolvimento do mercado audiovisual e suas potencialidades. Nos dias 13, 14, 16 e 17 vão acontecer as palestras, painéis, debates e os “players”, que são as apresentações dos canais com informações sobre produtos produzidos, perfil de público do canal e perfil de projetos almejados para aquisição. As Rodadas de Negócios serão realizadas no dia 18. Não haverá programação no dia 15 (feriado).

Entre os canais nacionais e internacionais confirmados que vão fazer suas apresentações e participar das rodadas de negócios estão: ZooMoo, FoxPremium, National Geographic, NatGeo Kids, A&E Ole Networks – A&E, History, Lifetime e H2, Canal Brasil, Box Brazil Tv e Globo Filmes.

 

Inscrições

Para participar da Rodada de Negócios, cada produtora de audiovisual pode inscrever quantos projetos desejar, mas estes devem ser inscritos para cada player (empresas de comunicação) individualmente. A ficha de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site: www.mercadoaudiovisual.com.br. As inscrições são gratuitas.

A inscrição dos projetos nas Rodadas de Negócios não garante a realização de reuniões, uma vez que os próprios players selecionam os projetos adequados aos seus perfis e necessidades. Após a seleção feita pelos players, as empresas produtoras de audiovisual inscritas receberão até o dia 16 de novembro a agenda de reuniões dos projetos no 3º MAN.

 

SERVIÇO

3º MAN – Mercado Audiovisual do Nordeste – Inscrições abertas até o dia 6 de novembro para o evento, que acontece de 13 a 18 de novembro de 2017 no BNB Passaré (Av. Dr. Silas Munguba, 5700, Passaré – Fortaleza/CE). Informações:  contato@mercadoaudiovisual.com.br. Site: www.mercadoaudiovisual.com.br. Tel: (85)3055.3465.

Publicidade

Gravações do filme “Bate Coração” se encerram nesta quinta-feira (17) em Fortaleza

Por raquelsouza em Cinema

14 de agosto de 2017

JarrodBryant_BateCoração-222
JarrodBryant_BateCoração-194

Eficiência da equipe técnica garante o término das filmagens antes do prazo inicial

A comédia de costumes “Bate Coração”, novo projeto em longa-metragem da Estação Luz Filmes, com direção de Glauber Filho e distribuição da Downtown Filmes, chega à sua reta final de gravações nesta quinta-feira (17), antes da data prevista inicialmente, de 20 de agosto. O filme trata com seriedade e ao mesmo tempo leveza um enredo onde o ponto central da trama gira em torno de um transplante de coração. Um dos objetivos da produção é abrir espaço para um saudável debate a respeito da conscientização ​para a doação de órgãos ​como forma de melhorar a realidade dos transplantes no País​ e, assim, ajudar a salvar mais vidas.

​Filmado todo em Fortaleza (CE), “Bate Coração” envolveu durante o período de gravações cerca de 300 profissionais de forma direta e outras mil pessoas indiretamente, proporcionando à ​capital cearense uma visibilidade nacional e um período de bastante movimentação, ​com locações sendo feitas em tanto espaços fechados (apartamentos particulares e estabelecimentos comerciais) ​quanto em espaços públicos (praças e ruas).​ “Trouxemos a experiência de mais de uma década de produções da Estação Luz Filmes para produzir um filme de grande qualidade técnica, mas também com uma narrativa contemporânea e consciente do papel de todos em um tema que pode fazer a diferença na vida de muitas pessoas”, explica Sidney Girão, diretor da Estação Luz Filmes.

Para o diretor Glauber Filho, as filmagens foram especiais graças aos atores e à equipe técnica, todos integrados e trabalhando de forma harmonizada. Outro destaque, para o diretor, é a relevância do tema. “O longa é uma ficção com dramas que podem ser encontrados na vida real. Nesse sentindo, é um desafio fazer um filme que tenha uma questão espiritualista em uma comédia. Todo cuidado é um respeito à dignidade humana”, reforça o diretor.

​”Bate Coração” retrata de forma leve e engraçada questões pertinentes à sociedade atual, como o próprio transplante e ​a ​doação d​e órgãos, a dignidade e o respeito às diversidades, bem como os valores de cada cidadão em meio à carreira e a vida de trabalho agitada de hoje em dia. A previsão de estreia do filme é durante o primeiro semestre de 2018. “O Ministério da Saúde divulgou que o número de doadores efetivos de órgãos bateu recorde e chegou a quase 3 mil em 2016, com uma alta de 13% só nos transplantes de coração, com 357 procedimentos. O Brasil está evoluindo bastante, mas ainda há muita gente que morre nas filas de espera, enquanto inúmeras famílias barram o procedimento ou pelo sofrimento gerado no momento ou pelo desconhecimento da vontade da vítima em doar seus órgãos”, afirma Sidney Girão.

SINOPSE – Bate Coração – uma história de amor e respeito

O longa-metragem “Bate Coração” apresenta dois núcleos narrativos. O primeiro do publicitário Sandro, interpretado pelo ator André Bankoff, e o segundo tem à frente Isadora, uma travesti interpretada pelo ator Aramis Trindade. Sandro, com 40 anos, é solteiro e “metido” a conquistador, só pensa em trabalho e aproveitar a boa vida. O personagem apresenta uma série de preconceitos, mas tenta dissimulá-los por meio de uma postura politicamente correta. Heterossexual, Sandro prova a todo custo a sua virilidade de macho que se apaixona por sua médica de transplante, doutora Cláudia. Já Isadora, é uma travesti de aproximadamente 50 anos e dona de um salão de beleza localizado na periferia. Isadora já é vivida, passou por vários obstáculos na vida e conseguiu vencê-los sem perder sua dignidade.

Na noite de Ano Novo, Sandro sofre um ataque do coração e precisa fazer um transplante de urgência e acaba recebendo o coração de Isadora, que ​havia morrido poucos momentos antes, na mesma noite​, vítima de um acidente. Após o transplante, Isadora, em espírito e contra sua vontade, passa a seguir os passos do publicitário. Enquanto isso, Sandro passa a perceber algumas mudanças de comportamento e tenta se envolver com a doutora Cláudia.

O Roteiro do filme “Bate Coração” foi desenvolvido por Daniel Dias, Glauber Filho e Ronaldo Ciambroni e inspirado nas peças “Acredite, Um Espírito Baixou em Mim” e “O Coração Safado”, ambas de Ronaldo Ciambroni.

Elenco:

Isadora – Aramis Trindade

Sandro – André Bankoff

Cláudia – Heloisa Jorge

Vera – Germana Guilhermme

Madeinusa – Dênis Lacerda

Laysa – Patricia Dawson

Igor -Paulo Verllings

Davi – Brenno Leone

Otto/Olegário – Daniel Dias

Luisa -Laura Paiva

Cassandra -Ilvio Amaral

Odete -Mariana Armellini

Pai De Luisa – Klistenes Braga

Mãe De Luisa -Fernanda Zeballos

Melina – Larissa Goes

Dolores -Mauricio Canguçu

Dona Marluce -Jane Azeredo

Atendente Hospital – Natalia Coehl

Pai De Isadora -Henrique Patricius

Mãe De Isadora – Marilza Colombo

Dr. Paulo – Fernando Catony

Fernando – Andre Campos

Estagiária – Juliana Beirac

Colega Da Agência – Anderson Barreto

Rose Enfermeira – Natasha Farias

Amandinha Mineirinha – Anastacia Duarte

Silvinha Mineirinha – Fernanda Levi

Laurinha – Tais Sanford

Travesti Cantora (Deusa) – Rodrigo Ferreira

Mulher De Cabelos Longos -Roberta Wermont

Dona Marlene – Ivanilde Rodrigues

Dona Gilda -Fabíola Liper

Dona Marluce Jovem -Lara Nogueira

Sr. Aderbal -Haroldo Serra

Equipe técnica:

Produtores – Luis Eduardo Girão e Sidney Girão

Diretor – Glauber Filho

Produtora Executiva: Isabela Veras

Assistente de Produção Executiva: Thiago Walraven

Diretor de Montagem – Joe Pimentel

Assistente de direção 1 – Paulo Colares

Assistente de direção 2 – Maya Chacon

Assistente de direção 3 – Martina Quezado

Continuista – Loly

Diretora de produção – Dayane Queiroz

Produtora de locação – Naiana Moura

Assistente de Produção – Natyara Damasceno

Alimentação – Gabriela Claro

Coordenadora de Transporte – Andrea Brasil

Platô – Leo Carrero

Assistente de Platô – Jessé de Sousa

Produtora de elenco – Monice Mendes

Diretor de Fotografia – Xuxu

Câmera – Bruno Pimentel

Assistente de câmera – Zé Bob

Assistente de câmera – Junior Bocão

Logger – Neném

Chefe de Elétrica – Serjão

Assistente de Elétrica – Taciano Moraes

Assistente de Elétrica – Valdécio Santiago

Chefe de Maquinária – Junior Sindeaux

Assistente de Maquinária – Fábio Sindeaux

Assistente de Maquinária – Toquinho

Diretor de arte – Andre Scarlazzari

Produtora de Arte – Ana Lucia Castelo Branco

Produtor de objetos – Fábio Vasconcelos

Produtor de Arte – Ricardo Castro

Estagiário de arte – Beatriz Mont’alverne

Contra Regra – Davi Florencio

Figurinista – Dami Cruz

Assistente de figurino – Non Sobrinho

Produtor de figurino – Juliana Gadelha Moreira Pereira

Maquiador – Enoque Acioli Abikian

Assistente de maquiagem – Diane Barreto Ferreira

Operador de Áudio – Acácio Campos

Microfonista – Toth Amon Campos

Sobre a Estação Luz Filmes

A Estação Luz Filmes é uma produtora cinematográfica que nasceu da necessidade de expandir as ações áudio visuais da Associação Estação da Luz. Com o objetivo de realizar obras cinematográficas, de abrangência nacional e internacional, ligadas a Cultura de Paz e a Espiritualidade. Entre os principais projetos estão os longas-metragens: “Bezerra de Menezes – O Diário de um Espírito (2008), dirigido por Joe Pimentel e Glauber Filho, com distribuição da FOX Filmes do Brasil. O longa teve recentemente seu direito de exibição vendido a seis países de língua portuguesa; “As Mães de Chico Xavier (2011), direção Glauber Filho e Halder Gomes, distribuição Paris Filmes; co-produziu “Chico Xavier (2010)”, com direção de Daniel Filho e distribuição da Downtown Filmes, Globo Filmes e Sony; “O Filme dos Espíritos (2011), com direção André Marouço e Michel Dubret e distribuição Paris Filmes; “Área Q (2012)”, com direção Gerson Sanginitto e distribuição Califórnia Filmes; “Eu Vitória” e “Causa e Efeito”.

leia tudo sobre

Publicidade

Gravações do filme “Bate Coração” se encerram nesta quinta-feira (17) em Fortaleza

Por raquelsouza em Cinema

14 de agosto de 2017

JarrodBryant_BateCoração-222
JarrodBryant_BateCoração-194

Eficiência da equipe técnica garante o término das filmagens antes do prazo inicial

A comédia de costumes “Bate Coração”, novo projeto em longa-metragem da Estação Luz Filmes, com direção de Glauber Filho e distribuição da Downtown Filmes, chega à sua reta final de gravações nesta quinta-feira (17), antes da data prevista inicialmente, de 20 de agosto. O filme trata com seriedade e ao mesmo tempo leveza um enredo onde o ponto central da trama gira em torno de um transplante de coração. Um dos objetivos da produção é abrir espaço para um saudável debate a respeito da conscientização ​para a doação de órgãos ​como forma de melhorar a realidade dos transplantes no País​ e, assim, ajudar a salvar mais vidas.

​Filmado todo em Fortaleza (CE), “Bate Coração” envolveu durante o período de gravações cerca de 300 profissionais de forma direta e outras mil pessoas indiretamente, proporcionando à ​capital cearense uma visibilidade nacional e um período de bastante movimentação, ​com locações sendo feitas em tanto espaços fechados (apartamentos particulares e estabelecimentos comerciais) ​quanto em espaços públicos (praças e ruas).​ “Trouxemos a experiência de mais de uma década de produções da Estação Luz Filmes para produzir um filme de grande qualidade técnica, mas também com uma narrativa contemporânea e consciente do papel de todos em um tema que pode fazer a diferença na vida de muitas pessoas”, explica Sidney Girão, diretor da Estação Luz Filmes.

Para o diretor Glauber Filho, as filmagens foram especiais graças aos atores e à equipe técnica, todos integrados e trabalhando de forma harmonizada. Outro destaque, para o diretor, é a relevância do tema. “O longa é uma ficção com dramas que podem ser encontrados na vida real. Nesse sentindo, é um desafio fazer um filme que tenha uma questão espiritualista em uma comédia. Todo cuidado é um respeito à dignidade humana”, reforça o diretor.

​”Bate Coração” retrata de forma leve e engraçada questões pertinentes à sociedade atual, como o próprio transplante e ​a ​doação d​e órgãos, a dignidade e o respeito às diversidades, bem como os valores de cada cidadão em meio à carreira e a vida de trabalho agitada de hoje em dia. A previsão de estreia do filme é durante o primeiro semestre de 2018. “O Ministério da Saúde divulgou que o número de doadores efetivos de órgãos bateu recorde e chegou a quase 3 mil em 2016, com uma alta de 13% só nos transplantes de coração, com 357 procedimentos. O Brasil está evoluindo bastante, mas ainda há muita gente que morre nas filas de espera, enquanto inúmeras famílias barram o procedimento ou pelo sofrimento gerado no momento ou pelo desconhecimento da vontade da vítima em doar seus órgãos”, afirma Sidney Girão.

SINOPSE – Bate Coração – uma história de amor e respeito

O longa-metragem “Bate Coração” apresenta dois núcleos narrativos. O primeiro do publicitário Sandro, interpretado pelo ator André Bankoff, e o segundo tem à frente Isadora, uma travesti interpretada pelo ator Aramis Trindade. Sandro, com 40 anos, é solteiro e “metido” a conquistador, só pensa em trabalho e aproveitar a boa vida. O personagem apresenta uma série de preconceitos, mas tenta dissimulá-los por meio de uma postura politicamente correta. Heterossexual, Sandro prova a todo custo a sua virilidade de macho que se apaixona por sua médica de transplante, doutora Cláudia. Já Isadora, é uma travesti de aproximadamente 50 anos e dona de um salão de beleza localizado na periferia. Isadora já é vivida, passou por vários obstáculos na vida e conseguiu vencê-los sem perder sua dignidade.

Na noite de Ano Novo, Sandro sofre um ataque do coração e precisa fazer um transplante de urgência e acaba recebendo o coração de Isadora, que ​havia morrido poucos momentos antes, na mesma noite​, vítima de um acidente. Após o transplante, Isadora, em espírito e contra sua vontade, passa a seguir os passos do publicitário. Enquanto isso, Sandro passa a perceber algumas mudanças de comportamento e tenta se envolver com a doutora Cláudia.

O Roteiro do filme “Bate Coração” foi desenvolvido por Daniel Dias, Glauber Filho e Ronaldo Ciambroni e inspirado nas peças “Acredite, Um Espírito Baixou em Mim” e “O Coração Safado”, ambas de Ronaldo Ciambroni.

Elenco:

Isadora – Aramis Trindade

Sandro – André Bankoff

Cláudia – Heloisa Jorge

Vera – Germana Guilhermme

Madeinusa – Dênis Lacerda

Laysa – Patricia Dawson

Igor -Paulo Verllings

Davi – Brenno Leone

Otto/Olegário – Daniel Dias

Luisa -Laura Paiva

Cassandra -Ilvio Amaral

Odete -Mariana Armellini

Pai De Luisa – Klistenes Braga

Mãe De Luisa -Fernanda Zeballos

Melina – Larissa Goes

Dolores -Mauricio Canguçu

Dona Marluce -Jane Azeredo

Atendente Hospital – Natalia Coehl

Pai De Isadora -Henrique Patricius

Mãe De Isadora – Marilza Colombo

Dr. Paulo – Fernando Catony

Fernando – Andre Campos

Estagiária – Juliana Beirac

Colega Da Agência – Anderson Barreto

Rose Enfermeira – Natasha Farias

Amandinha Mineirinha – Anastacia Duarte

Silvinha Mineirinha – Fernanda Levi

Laurinha – Tais Sanford

Travesti Cantora (Deusa) – Rodrigo Ferreira

Mulher De Cabelos Longos -Roberta Wermont

Dona Marlene – Ivanilde Rodrigues

Dona Gilda -Fabíola Liper

Dona Marluce Jovem -Lara Nogueira

Sr. Aderbal -Haroldo Serra

Equipe técnica:

Produtores – Luis Eduardo Girão e Sidney Girão

Diretor – Glauber Filho

Produtora Executiva: Isabela Veras

Assistente de Produção Executiva: Thiago Walraven

Diretor de Montagem – Joe Pimentel

Assistente de direção 1 – Paulo Colares

Assistente de direção 2 – Maya Chacon

Assistente de direção 3 – Martina Quezado

Continuista – Loly

Diretora de produção – Dayane Queiroz

Produtora de locação – Naiana Moura

Assistente de Produção – Natyara Damasceno

Alimentação – Gabriela Claro

Coordenadora de Transporte – Andrea Brasil

Platô – Leo Carrero

Assistente de Platô – Jessé de Sousa

Produtora de elenco – Monice Mendes

Diretor de Fotografia – Xuxu

Câmera – Bruno Pimentel

Assistente de câmera – Zé Bob

Assistente de câmera – Junior Bocão

Logger – Neném

Chefe de Elétrica – Serjão

Assistente de Elétrica – Taciano Moraes

Assistente de Elétrica – Valdécio Santiago

Chefe de Maquinária – Junior Sindeaux

Assistente de Maquinária – Fábio Sindeaux

Assistente de Maquinária – Toquinho

Diretor de arte – Andre Scarlazzari

Produtora de Arte – Ana Lucia Castelo Branco

Produtor de objetos – Fábio Vasconcelos

Produtor de Arte – Ricardo Castro

Estagiário de arte – Beatriz Mont’alverne

Contra Regra – Davi Florencio

Figurinista – Dami Cruz

Assistente de figurino – Non Sobrinho

Produtor de figurino – Juliana Gadelha Moreira Pereira

Maquiador – Enoque Acioli Abikian

Assistente de maquiagem – Diane Barreto Ferreira

Operador de Áudio – Acácio Campos

Microfonista – Toth Amon Campos

Sobre a Estação Luz Filmes

A Estação Luz Filmes é uma produtora cinematográfica que nasceu da necessidade de expandir as ações áudio visuais da Associação Estação da Luz. Com o objetivo de realizar obras cinematográficas, de abrangência nacional e internacional, ligadas a Cultura de Paz e a Espiritualidade. Entre os principais projetos estão os longas-metragens: “Bezerra de Menezes – O Diário de um Espírito (2008), dirigido por Joe Pimentel e Glauber Filho, com distribuição da FOX Filmes do Brasil. O longa teve recentemente seu direito de exibição vendido a seis países de língua portuguesa; “As Mães de Chico Xavier (2011), direção Glauber Filho e Halder Gomes, distribuição Paris Filmes; co-produziu “Chico Xavier (2010)”, com direção de Daniel Filho e distribuição da Downtown Filmes, Globo Filmes e Sony; “O Filme dos Espíritos (2011), com direção André Marouço e Michel Dubret e distribuição Paris Filmes; “Área Q (2012)”, com direção Gerson Sanginitto e distribuição Califórnia Filmes; “Eu Vitória” e “Causa e Efeito”.