Warning: Use of undefined constant S3_URL - assumed 'S3_URL' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/tribu/public_html/blogs/wp-content/themes/2016_tribuna_blogs/functions.php on line 11
Cinema Archives - Página 6 de 6 - Cinema Sinergia 
Publicidade

Cinema Sinergia

por Thiago Sampaio

Cinema

Fãs esgotam em menos de 24 horas ingressos para ‘Maratona Os Vingadores’

Por Thiago Sampaio em Cinema

18 de Abril de 2012

Quando escrevi neste blog que a expectativa por parte de fãs pela chegada do longa metragem de “Os Vingadores” está a mil, não era exagero. Prova disso é que um grande evento em Fortaleza, que trará uma maratona de quase 12 horas com a exibição dos cinco filmes da Marvel Studios, teve os ingressos esgotados em menos de 24 horas. Além disso, quem adquiriu a entrada terá direito de conferir a uma sessão de meia noite do próprio longa do dia 26 para 27 abril.

Mas a pressa pela compra não foi supreendente, visto que se trata de um estilo de evento inédito na capital cearense. Faltam projetos como esse, além do pouco apoio de locais para realização. O fiel público nerd quer uma maior valorização, e essa maratona pode ser considerada uma grande vitória e um pontapé inicial para mais segmentos do ramo.

Leia mais

Publicidade

Confira entrevista com Halder Gomes, produtor de “Área Q”

Por Thiago Sampaio em Cinema

12 de Abril de 2012

Halder Gomes: cineasta tem atraído olhares do Brasil e do mundo para o Ceará

Trabalhar com cinema no Brasil, como bem definiu o cineasta Halder Gomes, é como a profissão de um atacante de um time de futebol: precisa de gols, de bons resultados para dar continuidade na carreira. Halder, nascido na pequena cidade de Senador Pompeu, no Sertão Cearense, pode ser considerado hoje aquele “jogador” que começou discretamente, aos poucos foi se destacando pelos seus golzinhos, e hoje se encontra em um ponto valioso da profissão: sob os olhares de grandes times nacionais e até internacionais.

Ultimamente ele tem andado com os dias corridos, rodando estados brasileiros trabalhando na divulgação do longa “Área Q”, em que atuou como produtor executivo. O filme, por sinal, guarda a responsabilidade de estreitar o laços entre o Ceará e Holywood, já que a trama (uma co-produção Brasil-EUA) apresenta um jornalista americano (vivido por Isaiah Washington) que vem ao município de Quixadá para investigar a aparição de OVNIs na região. Poucos sabem, mas essa junção de “universos” tem sido uma missão antiga do audacioso diretor/produtor/roteirista.

Leia mais

Publicidade

Remakes desnecessários…até quando?

Por Thiago Sampaio em Cinema

11 de Abril de 2012

Arnold Schwarzenegger estrelou “O Vingador do Futuro” em 1990

É notório que a indústria hollywoodiana há anos vive uma crise criativa, apelando exaustivamente para adaptações de livros, séries, histórias em quadrinhos, remakes e continuações. Acontece que a prática de refazer filmes que não acrescentaram muito à História do cinema já está fugindo do controle.

Se tratando do gênero terror, não há mais nem o que dizer, já que quase todo filme lançado nos anos 80 ganhou depois uma remake ou uma produção oriental ganhou uma versão estadunidense. Quer uma lista? Aí vai: “O Chamado”, “O Grito”, “Água Negra”, “A Casa de Cera”, “O Massacre da Serra Elétrica”, “A Hora do Pesadelo”, “Horror em Amityville”, “Piranha”, “A Hora do Espanto”…a lista é imensa. Agora são os filmes de ação quem estão sendo visados para serem reconstruídos.

Leia mais

Publicidade

“Os Vingadores” estão chegando…

Por Thiago Sampaio em Cinema

10 de Abril de 2012

Heróis reunidos em “Os Vingadores” – Foto: Divulgação

Já estão à venda os ingressos para uma das produções mais esperadas dos últimos anos, “Os Vingadores (The Avengers)”, com estreia marcada para o dia 27 de abril. Quem é fã de histórias em quadrinhos e filmes de super heróis, sabe que tamanha expectativa é mais do que justificável.

Criado pela editora Marvel, a primeira reunião de diferentes heróis surgiu em 1963, como uma espécie de resposta à “Liga da Justiça”, lançada pela rival DC Comics. O grupo mudou de formação diversas vezes e virou um dos mais populares da chamada “nona arte”. Mas desde que a Marvel assumiu também a produção de suas adaptações para o cinema, a ansiosidade no público foi sendo muito bem trabalhada, até mesmo em quem nunca leu uma página de HQ.

Durante quatro anos, foram lançados cinco filmes – dois do Homem de Ferro, um do Thor, um do Capitão América e um do Hulk –  apresentando-os individualmente, mas sempre com “informativos” de que aqueles longas eram apenas partes de um projeto maior. Fora os personagens citados, soma-se a Viúva Negra (que teve participação no segundo Homem de Ferro) e o Gavião Arqueiro (ponta rápida no filme do Thor), além de Nick Fury e o agente Coulson, que sempre apareciam rodeando aquelas películas, temos agora esse “produto grandioso”. Os heróis finalmente aparecerão juntos. São “Os Vingadores” materializados na telona!

Leia mais

Publicidade

Nossos jovens precisam de um novo John Hughes

Por Thiago Sampaio em Cinema

06 de Abril de 2012

John Hughes faleceu no dia 6 de agosto de 2009, vítima de um ataque cardíaco

Certas celebridades que já se foram certamente terão seus nomes imortalizados na História do Cinema. Chega a ser clichê citar Stanley Kubrick, Alfred Hitchcock ou Akira Kurosawa. Há um outro ser, cujo nome não chega a ser tão famoso com o grande público como esses citados, mas suas obras certamente inspiraram sentimentos em muitos jovens que cresceram durante a década de 80. Trata-se de John Hughes (1950-2009).

Pode-se dizer que Hughes é um diretor cujo estilo se encontra em decadência nos dias atuais. Não só pela limitação de muitos cineastas da nova geração (sem generalização, já que existe muita gente boa), mas pela mudança natural das gerações. Hughes sabia traçar um diálogo entre seus personagens jovens e o seu espectador, também jovem, de modo que cada um que estivesse do outro lado da tela se imaginasse dentro de seus filmes.

Começamos pelo seu “ícone” mais famoso: Ferris Bueller, personagem de “Curtindo a Vida Adoidado”. Quem nunca se imaginou na pele do garoto que resolve matar um dia de aula para viver um dia intenso? Não que faltar a aulas fosse algo correto, mas andar pela cidade com uma Ferrari, parar uma avenida inteira ao som de The Beatles, rir dos figurões da bolsa de valores, ou simplesmente apreciar a beleza da cidade do alto da Estátua da Liberdade, são sensações de liberdade únicas!

Leia mais

Publicidade

Nossos jovens precisam de um novo John Hughes

Por Thiago Sampaio em Cinema

06 de Abril de 2012

John Hughes faleceu no dia 6 de agosto de 2009, vítima de um ataque cardíaco

Certas celebridades que já se foram certamente terão seus nomes imortalizados na História do Cinema. Chega a ser clichê citar Stanley Kubrick, Alfred Hitchcock ou Akira Kurosawa. Há um outro ser, cujo nome não chega a ser tão famoso com o grande público como esses citados, mas suas obras certamente inspiraram sentimentos em muitos jovens que cresceram durante a década de 80. Trata-se de John Hughes (1950-2009).

Pode-se dizer que Hughes é um diretor cujo estilo se encontra em decadência nos dias atuais. Não só pela limitação de muitos cineastas da nova geração (sem generalização, já que existe muita gente boa), mas pela mudança natural das gerações. Hughes sabia traçar um diálogo entre seus personagens jovens e o seu espectador, também jovem, de modo que cada um que estivesse do outro lado da tela se imaginasse dentro de seus filmes.

Começamos pelo seu “ícone” mais famoso: Ferris Bueller, personagem de “Curtindo a Vida Adoidado”. Quem nunca se imaginou na pele do garoto que resolve matar um dia de aula para viver um dia intenso? Não que faltar a aulas fosse algo correto, mas andar pela cidade com uma Ferrari, parar uma avenida inteira ao som de The Beatles, rir dos figurões da bolsa de valores, ou simplesmente apreciar a beleza da cidade do alto da Estátua da Liberdade, são sensações de liberdade únicas!

(mais…)