mel gibson Archives - Cinema Sinergia 
Publicidade

Cinema Sinergia

por Thiago Sampaio

mel gibson

Crítica: “Até o Último Homem” é o melhor Mel Gibson desde “Coração Valente”

Por Thiago Sampaio em Crítica

14 de Fevereiro de 2017

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Mel Gibson é aquele cara cujo potencial tem sido confundido ao longo dos anos com a sua vida pessoal, de modo que nem ele próprio parecia saber ao certo o que queria para a carreira. Consagrado pelas franquias de ação “Mad Max” (1979, 1981, 1985) e “Máquina Mortífera” (1987, 1989, 1992, 1998), vencedor do Oscar de melhor Filme e Diretor por “Coração Valente” (Braveheart, 1995), se viu em meio a polêmicas envolvendo fanatismo religioso, alcoolismo e agressão à ex-esposa, Oksana Grigorieva.

Ele até voltou a atuar em algumas produções como “Os Mercenários 3” (The Expendables 3, 2014) e “Herança de Sangue” (Blood Father, 2016), mas bem longe do destaque de outrora. Em “Até o Último Homem” (Hacksaw Ridge, 2016), indicado a seis Oscars (Filme, Diretor, Ator, Montagem, Mixagem de Som e Edição de Som), Gibson volta a direção 10 anos depois do polêmico “Apocalypto” (idem, 2006), no que parece ser o seu renascimento como artista, unindo talento por trás das câmeras, religião e a característica dose de loucura.

Leia mais

Publicidade

La La Land, A Chegada e Moonlight puxam as principais indicações ao Oscar 2017

Por Thiago Sampaio em Oscar

24 de Janeiro de 2017

La La Land: 14 indicações - Foto: Divulgação

La La Land: 14 indicações – Foto: Divulgação

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou na manhã desta terça-feira (24), os indicados à 89ª edição do Oscar. Sem maiores surpresas, “La La Land – Cantando Estações” foi o que recebeu mais indicações, 14 no total, igualando os recordes de “A Malvada” (1950) e “Titanic” (1997). É o franco favorito a levar nas principais categorias. Em seguida, estão empatados “A Chegada” e “Moonlight”, com oito indicações cada.

Na lista, algumas peculiaridades: Amy Adams, que estava cotada tanto por “A Chegada” como por “Animais Noturnos”, ficou de fora. Enquanto isso, Meryl Streep foi indicada pela 20ª vez, ampliando o recorde pessoal. Aaron Taylor-Johnson, que venceu o Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante por “Animais Noturnos”, sequer foi indicado, enquanto Michael Shannon, que não estava indicado no Globo de Ouro pelo mesmo filme, figura entre os cotados a levar o Oscar. Mel Gibson, vencedor da estatueta de Melhor Diretor em 1996 por “Coração Valente”, volta a ser indicado mais de duas décadas depois por “Até o Último Homem”.

Muito se esperava uma possível indicação de “Deadpool” na categoria Melhor Filme, mas não foi dessa vez que vimos um longa-metragem de herói figurando nas principais categorias. Enquanto isso, “Doutor Estranho” está indicado entre os melhores Efeitos Visuais e, acreditem se quiser, o tão criticado “Esquadrão Suicida” está indicado na categoria Melhor Maquiagem e Cabelo.

A cerimônia de entrega acontece em 26 de fevereiro, com apresentação de Jimmy Kimmel.

Confira a lista completa dos indicados:

Leia mais

Publicidade

Cinco filmes de ação essenciais para quem aprecia cinema

Por Thiago Sampaio em Cinema

24 de Maio de 2012

Todo mundo conhece algum amigo metido a cult que adora bater no peito e falar que só gosta de filmes “de arte” ou com roteiro complexo, cheio de lições de vida ou reflexões filosóficas. Mas uma verdade nua e crua da humanidade é que não exista alguém que não aprecie, mesmo que esporadicamente, um bom filme de ação.

Em meio a estresses da rotina diária, é simplesmente impossível não relaxar e esvaziar a cabeça ao entrar em mundo repleto de cenas que fogem os padrões da realidade, com tiros, explosões, perseguições. Trago aqui uma seleção de cinco longas metragens de ação essenciais para qualquer um que se considera apreciador do cinema.

Como se trata de um gênero bastante amplo, optei por deixar de fora clássicos enraizados na ficção científica, como “O Exterminador do Futuro 2” e a franquia “Matrix” (esses ficam para uma próxima lista). Aqui, o foco são aventuras cujos protagonistas são policias onipresentes lidando, na maioria dos casos, com vilões igualmente calculistas.

Confira:

Leia mais

Publicidade

Plano de Fuga e O Corvo são estreias do cinema de 18 de maio

Por Thiago Sampaio em Cinema

18 de Maio de 2012

Aproveitando que as salas de cinema começam a desafogar após o “boom” de “Os Vingadores”, duas boas opções estreiam nesta sexta-feira (18): o thriller de ação “Plano de Fuga“, estrelado por Mel Gibson, e o suspense “O Corvo“, com John Cusack.

No primeiro, Gibson interpreta Driver, um homem que é capturado pela polícia do México quando fugia da polícia americana na fronteira. Ele é jogado em uma das prisões mais violentas do mundo. Lá, ele recebe a ajuda de um garoto de nove anos que lhe passará informações vitais para a sua sobrevivência. Confira os horários.

Dirigido pelo estreante Steven Rosenblum, trata-se de uma obra curiosa por conferir o astro, beirando os anos 60, e continuando a investir em filmes de ação. Após estrelar longas icônicos do gênero, como a franquia “Máquina Mortífera” e “Mad Max”, durante anos passou a trabalhar em obras mais sérias e como diretor, como “Coração Valente”, “Apocalypto” e “Paixão de Cristo”. Essa nova empreitada claramente é uma diversão para Mel Gibson, vertente que deve ser transposta ao espectador.

Leia mais

Publicidade

Plano de Fuga e O Corvo são estreias do cinema de 18 de maio

Por Thiago Sampaio em Cinema

18 de Maio de 2012

Aproveitando que as salas de cinema começam a desafogar após o “boom” de “Os Vingadores”, duas boas opções estreiam nesta sexta-feira (18): o thriller de ação “Plano de Fuga“, estrelado por Mel Gibson, e o suspense “O Corvo“, com John Cusack.

No primeiro, Gibson interpreta Driver, um homem que é capturado pela polícia do México quando fugia da polícia americana na fronteira. Ele é jogado em uma das prisões mais violentas do mundo. Lá, ele recebe a ajuda de um garoto de nove anos que lhe passará informações vitais para a sua sobrevivência. Confira os horários.

Dirigido pelo estreante Steven Rosenblum, trata-se de uma obra curiosa por conferir o astro, beirando os anos 60, e continuando a investir em filmes de ação. Após estrelar longas icônicos do gênero, como a franquia “Máquina Mortífera” e “Mad Max”, durante anos passou a trabalhar em obras mais sérias e como diretor, como “Coração Valente”, “Apocalypto” e “Paixão de Cristo”. Essa nova empreitada claramente é uma diversão para Mel Gibson, vertente que deve ser transposta ao espectador.

(mais…)