Warning: Use of undefined constant S3_URL - assumed 'S3_URL' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/tribu/public_html/blogs/wp-content/themes/2016_tribuna_blogs/functions.php on line 11
Janeiro 2020 - Top Music 
Publicidade

Top Music

por Greyce Matias

Janeiro 2020

Marcos Lessa sobe ao palco para o espetáculo “Tantas Palavras” hoje (23)

Por Greyce Matias em Eventos

23 de Janeiro de 2020

Show é uma homenagem ao cantor carioca Emílio Santiago, considerado o dono de uma das vozes mais perfeitas do país

 

Em apresentação única, Marcos Lessa sobe ao palco do Teatro RioMar (Shopping RioMar Papicu), com o show “Tantas Palavras”, no dia 23/01, às 21h. Além de passear por canções gravadas pelo artista carioca, Lessa também dedica um bloco do espetáculo para homenagear outros compositores nacionais, com destaque para Gonzaguinha.

 

As vozes aveludadas de ambos sempre geraram boas comparações, o que para Marcos é um orgulho. “Desde o início de minha carreira, muitas pessoas associam minha voz a de Emílio. Por tanto falarem, me debrucei sobre a discografia dele, que hoje é uma grande referência no meu trabalho.”

 

No repertório, compõem a lista de sucessos canções como “Saigon”, “Verdade Chinesa”, “Pelo Amor de Deus”, “Coisas da Paixão”, dentre outros que contemplam principalmente o período da discografia de Emílio marcado pelas “Aquarelas Brasileiras”.

 

O show será acompanhado por uma grande banda composta por Otto Júnior, na percussão;  Adriano Azevedo, na bateria; Miqueias dos Santos no contrabaixo; Thiago Rocha, no saxofone e Ricardinho Abreu, no trompete. O próprio Lessa conduz a direção musical do espetáculo e conta com Eduardo Holanda e Tito Abreu, músico que acompanhou Emílio por mais de 10 anos em turnês internacionais, na direção geral.

 

Serviço

Tantas Palavras: Marcos Lessa canta Emílio Santiago

Data: 23/01

Horário: às 21h

Local: Teatro RioMar (Shopping RioMar Papicu)

Ingressos: uhuu.com ou na bilheteria do Teatro

Informações: (85) 3066-2000

leia tudo sobre

Publicidade

TBT do Safadão” se consolida com turnê de sucesso e pioneirismo em projeto musical retrô na história do forró

Por Greyce Matias em Eventos

23 de Janeiro de 2020

Sucesso desde o anúncio da gravação, o “TBT do Safadão” já é um dos principais projetos nacionais em que artistas revisitam os principais sucessos da carreira. Além do registro audiovisual feito por Wesley Safadão em maio de 2019, o TBT também se tornou uma da label da WS Shows, produtora de entretenimento comandado pelo artista e sua família, e tem feito milhares de fãs do Norte e Nordeste se emocionarem em um evento exclusivo tendo o repertório do TBT como ponto chave.

Com uma das edições mais aguardadas do projeto agendada para este sábado (25), em Fortaleza, capital onde Wesley reside, o TBT do Safadão já passou por Aracaju (SE), Natal (RN), Belém (PA), Mossoró (RN) e Campina Grande (PB). Sempre realizadas em arenas e locais de grande porte, a festa é uma verdadeira viagem no tempo para fãs de que acompanham o anfitrião. Logo na entrada, eles já se deparam com uma galeria de fotos que mostra vários projetos de Wesley desde o início da carreira até os dias de hoje. O palco é uma releitura ampliada do cenário de gravação do projeto, no Restaurante Rancho do Poço, em Fortaleza, também administrado pela família do artista.

Seleção criteriosa

Além do cuidadoso trabalho de escolha dos hits – foram 19, escolhidos minunciosamente pela equipe e também a partir da sugestões de fãs (confira relação completa abaixo) – Wesley também caprichou na escolha do casting de bandas em cada edição da festa. Tratam-se de artistas que também fazem parte da história do forró eletrônico dos anos 2000 – Dorgival Dantas, Calcinha Preta, Forró Real, Walkyria Santos, Taty Girl, dentre outros. Tudo para o público viver momentos inesquecíveis na megaestrutura que já é conhecida quando se trata de um evento assinado pela WS Shows.

Sucesso na WEB

O sucesso nos palcos reflete o fenômeno do projeto nas redes sociais e pricipais plataformas de streaming. Públicos de todas as idades já tornaram tradição se reunir entre amigos para curtir e contemplar as músicas do TBT. Só no Youtube, já são mais de 168 MILHÕES de visualizações em todas as faixas – uma média de 785 mil acessos por dia desde o lançamento. O projeto também se mostrou pioneiro no resgate de sucessos do forró e o sucesso inspirou outros artistas a fazerem coletâneas com a mesma pegada, com rótulos de “baú”, “playlist”, entre outros. Para este ano, o TBT segue em turnê e em breve deve anunciar novas datas.

Repertório TBT do Safadão

– Juras de Amor (Vai Chorar)

– Pra Você Voltar Pra Mim

– Eu Ainda Vou Ver (Coração de Pedra)

– Absurdos

– Coca-Cola (Se Não Quer Me Amar)

– Amor Transparente

– Nossa História

– Amor Sem Amar (Dói Dói Dói)

– Volta Me Abraça

– Por Causa de Você (Cego, Surdo e Mudo)

– Vai Esperar

– Lágrimas Vão e Vem

– Despedida

– Só Verdades

– Sem Rumo ao Léu

– Eu Não Choro

– Pourt Porri: Escravo do Amor, Tentativas em Vão, Onde Está Você (Meu Amanhecer) e Menino Bobo

– Pourt Porri: Vou Pagar Pra Ver, Disco Voador, Chá Pra Relaxar, Cerveja Pra Lavar

– Pourt Porri: Alô, o Final De Semana Chegou, Rei da Farra e Estilo Namorador

leia tudo sobre

Publicidade

Grandes nomes nos palcos do 21º Festival Jazz & Blues

Por Greyce Matias em Eventos

23 de Janeiro de 2020

Com entrada gratuita para a maior parte da programação, o Festival acontece em Guaramiranga, Aquiraz, Fortaleza e realiza uma atividade também em Maracanaú.

 

Shows, ensaios abertos, bate-papos e oficinas de música marcam a programação do tradicional Festival Jazz & Blues, que em 2020 festeja a maioridade absoluta com os bons sons ecoando no Ceará. A 21ª edição acontece de 22 a 29 de fevereiro, com atrações locais, nacionais e internacionais.

O 21º Festival Jazz & Blues começa com quatro dias de programação em Guaramiranga, 22 a 25 de fevereiro. Antes disso, de 18 a 20, o músico e professor Edson Távora ministra o minicurso “História do Jazz”, no Auditório do IFCE Campus Guaramiranga. A exemplo da última edição, Aquiraz, no Litoral Leste, também recebe esta edição, com shows nos dias 22 e 23. Depois da quarta-feira de cinzas, o Jazz & Blues aporta em Fortaleza com atividades de quinta a sábado, 27 a 29, e segue também para Maracanaú, na Região Metropolitana, com uma oficina de música no dia 27.

EM GUARAMIRANGA

Na cidade serrana localizada no Maciço de Baturité, a cerca de 100 Km de Fortaleza, a programação nos quatro dias conta com uma série de ações além dos palcos. Na sede da AGUA – Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga, acontecem oficinas abertas de guitarra e gaita, palestra e palestra-concerto para músicos de todas as idades e apreciadores. De domingo a terça-feira, às 9h30 tem atividades lúdicas no Espaço Dó Ré Mi Atividades Infantis, na Cidade Jazz & Blues.

O finalzinho da manhã nos quatro dias, às 11h, é marcado pelo tradicional Café no Tom, que é um bate-papo com uma das atrações do Festival, conduzido pelo jornalista Dalwton Moura no Restaurante Basílico, na Praça do Teatro Rachel de Queiroz. É um momento descontraído, marcado pela proximidade do artista com o público. De sábado a segunda-feira às 16h, na Cidade Jazz & Blues, tem o concorrido Ensaio Aberto, onde o público pode conferir um pouco do que vai ser o Show das Nove.

No fim da tarde já começam os espetáculos do Festival. A sessão Show das Cinco apresenta duas atrações por dia, de sábado a segunda-feira. Depois tem o Show das Nove, que é a única programação não gratuita do Festival na serra. No palco, a atração que fez o Ensaio Aberto. E para fechar os três primeiros dias, mais uma grande atração no Show das Onze. Todas as apresentações acontecem na Cidade Jazz & Blues, espaço erguido anualmente pelo Festival.

Na terça-feira a programação é diferente com a Maratona Jazz & Blues. É uma festa aberta, gratuita, para encerrar com muita música a etapa serrana desta edição. São quatro shows seguidos em uma única sessão que começa às 16h30.

AÇÕES AMBIENTAIS

Os primeiros quatro dias do Festival acontecem em uma das cidades do Maciço de Baturité que são privilegiadas pela riqueza e a beleza da fauna e da flora da Mata Atlântica. Preservar é preciso. Por isso, anualmente o Jazz & Blues se une a instituições para realizar ações de conscientização sobre a importância de cuidar deste paraíso ecológico do Estado.

Em parceria com a Cagece e a Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (SEMA), o Festival dá as boas-vindas aos visitantes e veranistas, no sábado, 22, às 8 horas da manhã, com uma Blitz Ecológica na entrada de Guaramiranga.

No domingo, também em parceria com a SEMA, acontecem duas atividades. Às 7h30 da manhã haverá Observação de Pássaros e Trilha Ecológica no Refúgio da Vida Silvestre Periquito Cara Suja, no Campo do Batalha Guaramiranga. Na Cidade Jazz & Blues a produção do Festival dará as informações necessárias para quem quiser participar desta programação. No fim da tarde, a partir das 16 horas, mais uma Blitz Ecológica, dessa vez, no Pico Alto, no distrito de Pernambuquinho, em Guaramiranga, um dos principais pontos turísticos da região.

NOS PALCOS DO FESTIVAL

Atrações renomadas da música instrumental sobem aos palcos do Festival nesta edição; algumas já conhecidas do público cativo. É o caso do paulista Trio Corrente, um dos grupos mais inventivos da cena de jazz brasileira. Em um show comemorativo de 20 anos de carreira, faz um apanhado dos seis álbuns lançados, com novos arranjos. Formado por Edu Ribeiro, Fábio Torres e Paulo Paulelli, o Trio Corrente participou em 2010 do Jazz & Blues em uma parceria até então inédita com Paquito D’Rivera que ganhou o mundo.

Uma das cantoras mais importantes da cena brasileira das últimas décadas, a carioca Zélia Duncan sobe ao palco do Festival muito bem acompanhada pelo violoncelista Jaques Morelenbaum. Eles apresentam o show “Invento +”, fruto do elogiado disco que lançaram juntos em 2017, com o qual Zélia ganhou, no ano seguinte, o prêmio de melhor cantora de MPB no 29º Prêmio da Música Brasileira. O disco é uma viagem no cancioneiro de Milton Nascimento, com músicas presentes na memória afetiva de ambos, em especial da década de 70.

A banda Black Flower, da Bélgica, aporta no Festival pela primeira vez. Formado pelo compositor e instrumentista Nathan Daems (saxofone e flauta), Simon Segers (baterista), Jon Birdsong (cornet), Wouter Haest (teclado) e Filip Vandebril (baixo), o quinteto apresenta repertório de seu terceiro álbum, Future Flora, marcado pelo jazz híbrido, baseado em sons africanos, melodias orientais e batidas psicodélicas, criando uma atmosfera onde sons antigos e modernos se fundem de forma poderosa e envolvente.

Da Argentina vem Yamile Burich & Ladies Jazz, um dos grupos mais atuantes na efervescente cena jazz de Buenos Aires. O quinteto feminino capitaneado pela saxofonista Yamile Burich acrescenta à sonoridade do bebop diferentes ritmos latino-americanos. No Festival apresenta o show “Alegría”, título do terceiro álbum, lançado em 2019. A vinda do grupo é resultado da convocatória “Ajuda a festivais e encontros para a circulação de músicas e músicos” do Ibermúsicas – Programa de Fomento das Músicas Ibero-Americanas, de 2019, no qual o Festival Jazz & Blues foi contemplado.

De Minas Gerais vem o Duo Mitre, formado pelas irmãs Luísa Mitre, pianista e compositora, e Natália Mitre, vibrafonista, nomes da nova cena instrumental brasileira. Elas apresentam o show “Chegada”, celebrando a parceria musical da vida e dos palcos. No repertório, passeiam por temas de grandes nomes da música instrumental brasileira, além de obras autorais.

Dois pernambucanos são atrações em 2020. Um deles é o renomado Nando Cordel, compositor incansável, com mais de 500 músicas gravadas por grandes intérpretes do país, tendo entre os parceiros nomes como Dominguinhos, Fausto Nilo e Geraldo Azevedo. O outro é o pianista e compositor Amaro Freitas, uma das revelações do jazz brasileiro recente. Com Jean Elton (baixo acústico) e Hugo Medeiros (bateria) formam o Amaro Freitas Trio, que apresenta o show “Rasif”. O grupo traduz ritmos como frevo, baião, maracatu e ciranda para a linguagem do jazz.

Com o brasiliense Pablo Fagundes, um dos grandes gaitistas brasileiros, vem Felix Júnior (violão 7 cordas) e Pedro Almeida (bateria). Eles formam o Trinca Brasília, grupo que em 2018 foi vencedor do CCBC Jazz Fest, festival realizado em Toronto, Canadá, concorrendo com 120 bandas de vários países. Também de Brasília, onde vive há mais de 30 anos, vem o pianista mineiro Antônio Carlos Bigonha, na companhia de mais dois grandes instrumentistas que já estiveram no Festival em outros Carnavais: o baixista Jorge Helder e o baterista Jurim Moreira. Eles apresentam o show do disco Anathema, que gravaram juntos, com músicas autorais.

O cearense Quinteto Aqualtune, criado especialmente para esta edição, faz um tributo a Joyce e João Donato no show “Elas, o Brasil e o Jazz”. As integrantes são Luiza Nobel (maior revelação das vozes femininas na capital cearense em 2019), Lu Basile (professora universitária, nos teclados e na direção musical), Bárbara Sena (musicista que se formou na cena do choro e hoje se destaca também com shows e composições próprios), Mirele Alencar (contrabaixista que atua com vários grupos em Fortaleza) e Ayla Lemos (jovem baterista que também trabalha com diversos artistas e coletivos da cena cearense).

Uma parceria que promete uma mistura bem temperada no Festival é de Nonato Lima e Sérgio Groove, com o show “Coisas do Brasil”. Nonato é um jovem instrumentista cearense que vem despontando entre os acordeonistas do Nordeste; Groove, do Rio Grande do Norte, é um contrabaixista de grande notoriedade, com mais de 25 anos de carreira e atuação dentro e fora do país. Além dos palcos, lecionou na Berklee College Of Music, renomada escola de música americana. Ambos transitam com desenvoltura em vários segmentos, do forró ao jazz.

Por falar em parceria, dois dos mais respeitados guitarristas da cena musical cearense, com trabalhos de distintas vertentes, vão estar juntos em um show que promete aquecer esta edição. São eles Cristiano Pinho, com sua sonoridade inconfundível que já compartilhou com grandes nomes da música brasileira, e Felipe Cazauxbluesman dos mais renomados no Estado, com trabalhos autorais apresentados Brasil afora. O título do show já dá ideia do que vai ser: “Guitarras”.

Cazaux também vai estar na apresentação que marcará os 10 anos do Casa do Blues, projeto que reúne as principais bandas e grandes intérpretes do gênero no Ceará, sendo um grande responsável pela difusão do blues na noite de Fortaleza. Estarão também no palco dessa festa os guitarristas Anderson Camello Gabriel Yang, a cantora Marília Lima e a banda Blues Label, formada por Roberto Lessa (guitarra e voz), Leonardo Vasconcelos (teclado e voz), Renato Cazzolli (contrabaixo) e Marcelo Holanda (bateria).

Uma das referências deste gênero no Ceará é De Blues em Quando, que vai encerrar a programação serrana do 21º Festival Jazz & Blues. Com 16 anos de carreira, a banda formada por Alvim (guitarra, lapsteel, cigarbox e vocal), Diogo Farias (gaita e vocal), Thiago Vieira (guitarra), Miquéias dos Santos (baixo) e Denilson Lopes (bateria) lança nesta edição o seu terceiro álbum, intitulado Do Baú, com composições autorais inéditas.

O time feminino do Festival tem ainda a cantora e instrumentista cearense Lidia Maria que apresenta repertório do álbum Viva, seu segundo trabalho, com composições autorais que passeiam por sonoridades da música brasileira e universal, como bossa nova, samba-rock e soul.

É de composições autorais também o show “Avessa Manhã”, do instrumentista, cantor e compositor maranhense Tutuca Viana, apresentando repertório do disco homônimo lançado em 2018. Tutuca é nome de referência no seu Estado, sendo um grande responsável pela difusão do jazz, como realizador do Lençóis Jazz & Blues Festival. Todas as atrações, com exceção de Tutuca Viana, que estará somente na programação de Fortaleza, se apresentam em Guaramiranga e algumas também em Aquiraz e na Capital.

Apresentado pelo Ministério da Cidadania e Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, com apoio institucional do Theatro José de Alencar, Cineteatro São Luiz, Instituto Dragão do Mar, Instituto Federal do Ceará, Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga, Prefeitura Municipal de Guaramiranga, Prefeitura Municipal de Aquiraz e TV Ceará, o 21º Festival Jazz & Blues tem como patrocinadores o Banco do Nordeste do Brasil, a Cagece e a Cegás. Agradecimento: Enel. Apoio cultural: Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, Casa Pio, Funarte, Ibermúsicas e Mercadinho São Luiz. Realização: Ministério da Cidadania/Secretaria Especial da Cultura e Via de Comunicação e Cultura.

SERVIÇO

Festival Jazz & Blues 2020 – De 22 a 29 de fevereiro com programação em Guaramiranga, Aquiraz, Maracanaú e Fortaleza. Informações: www.jazzeblues.com.br Instagram: @festivaljazzeblues. Facebook: Festival Jazz & Blues (CE). Tel: (85)3114-7878.

IngressosShow das Nove na Cidade Jazz & Blues, em Guaramiranga: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia). Show no Cineteatro São Luiz:  R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia). Show no Theatro José de Alencar: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). O restante da programação tem acesso gratuito. Informações sobre venda de ingressos no site do Festival.

Endereços:

Em GUARAMIRANGA: De 22 a 25 de fevereiro. Locais: Shows – Cidade Jazz & Blues (Rua Joaquim Alves Nogueira, s/n – Centro, no Estádio Municipal Jean Bardawil); Café no Tom –Restaurante Basílico (Rua Joaquim Alves Nogueira, s/n – Centro, Praça do Teatro Rachel de Queiroz); Oficinas – AGUA – Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (Rua Joaquim Alves Nogueira, s/n – Centro, ao lado do Teatro Rachel de Queiroz); Minicursos – IFCE Campus Guaramiranga (Sítio Guaramiranga, s/n, Centro).

Em AQUIRAZ: Dias 22 e 23 de fevereiro. Local: Shows e oficina – Teatro Tapera das Artes (Rua Antônio Gomes dos Santos, s/n – Centro).

Em MARACANAÚ: Dia 27 de fevereiro. Local: Oficina – Teatro Municipal Dorian Sampaio (Rua Edson Queirós, s/n – Centro).

Em FORTALEZA: De 27 a 29 de fevereiro. Locais: Shows – Cineteatro São Luiz (Rua Major Facundo, 500 – Centro), Centro Cultural Bando do Nordeste (Rua Conde d’Eu, 560 – Centro) e Theatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525 – Centro); Oficina-concerto – Espaço CEGÁS de Cultura (Av. Washington Soares, 6475 – José de Alencar), Centro Cultural Banco do Nordeste e Casa de Vovó Dedé (Rua Jerônimo de Albuquerque, 445 – Barra do Ceará).

leia tudo sobre

Publicidade

Somente nesta quinta-feira, ingresso promocional do I’Music custa R$ 70

Por Greyce Matias em Eventos

23 de Janeiro de 2020

Quer saber da última novidade? Na quinta-feira, dia 23 de janeiro, o I’Music realizará uma promoção relâmpago para quem ainda não comprou os ingressos do festival de música do Shopping Iguatemi Fortaleza para os dias 31/1 e 02/02. Até às 23h59, o ingresso individual pode ser comprado por apenas R$ 70 (sem necessidade de apresentação dos cupons fiscais de compras no mall) e o combo duplo por R$ 110 (os dois ingressos para o mesmo dia). Os preços promocionais valem tanto para as compras no quiosque e na loja do I´Music no Iguatemi quanto para o site e aplicativo da Bilheteria Virtual.

 

Como os ingressos de sábado estão esgotados, esta promoção é válida apenas para a sexta e o domingo do I’Music 2020. O evento traz no dia 31/01 os cantores Giulia Be, Silva e Marisa Monte. Já no dia 02/02, sobem ao palco principal Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos cantando Legião Urbana, Paralamas do Sucesso e Jota Quest.

 

O evento tem como patrocinadores oficiais o Grupo Petrópolis Itaipava, Coca-Cola, Gran Marquise Hotel, Unimed Fortaleza e Crystal.

leia tudo sobre

Publicidade

Somente nesta quinta-feira, ingresso promocional do I’Music custa R$ 70

Por Greyce Matias em Eventos

23 de Janeiro de 2020

Quer saber da última novidade? Na quinta-feira, dia 23 de janeiro, o I’Music realizará uma promoção relâmpago para quem ainda não comprou os ingressos do festival de música do Shopping Iguatemi Fortaleza para os dias 31/1 e 02/02. Até às 23h59, o ingresso individual pode ser comprado por apenas R$ 70 (sem necessidade de apresentação dos cupons fiscais de compras no mall) e o combo duplo por R$ 110 (os dois ingressos para o mesmo dia). Os preços promocionais valem tanto para as compras no quiosque e na loja do I´Music no Iguatemi quanto para o site e aplicativo da Bilheteria Virtual.

 

Como os ingressos de sábado estão esgotados, esta promoção é válida apenas para a sexta e o domingo do I’Music 2020. O evento traz no dia 31/01 os cantores Giulia Be, Silva e Marisa Monte. Já no dia 02/02, sobem ao palco principal Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos cantando Legião Urbana, Paralamas do Sucesso e Jota Quest.

 

O evento tem como patrocinadores oficiais o Grupo Petrópolis Itaipava, Coca-Cola, Gran Marquise Hotel, Unimed Fortaleza e Crystal.