14 de julho de 2017 - Vagas Online 
Publicidade

Vagas Online

por Márcia Catunda

14 de julho de 2017

Dicas para se destacar em uma entrevista de emprego

Por Márcia Catunda em Sem categoria

14 de julho de 2017

Antônio Dionatas é profissional de Recursos Humanos e idealizador do grupo ” Centro de Empregos”. Neste espaço ele revela os erros mais comuns dos candidatos e  dá dicas para  ter destaque em uma entrevista de emprego, etapa de suma importância em qualquer processo seletivo. Confira:

I. ATRASO EM PROCESSOS

Tornou-se cada vez mais comum os candidatos chegarem após o horário.
Comprometer-se com horários indica compromisso e responsabilidade.
Atrasar-se deixa má impressão, podendo gerar um pré-julgamento.

II. MARKETING PESSOAL

Uma entrevista de emprego não é mais que uma “campanha” em que o candidato se autopromove através do chamado marketing pessoal.
Não se esqueça de usar o bom senso na hora de escolher a vestimenta para a ocasião.
Alguns tipos de roupas podem comprometer a imagem de um candidato, tais como: roupas justas, curtas, decotadas, sujas, amassadas, rasgadas, ou até mesmo, com cores e formatos extravagantes. Lembre-se:  “a primeira impressão é a que fica”.

III. TIMIDEZ

O primeiro ponto para vencer isto é admitir que pode melhorar.
Em um processo seletivo é necessário arriscar-se.
Portanto, não admita pensamentos negativos de medo, de “eu não consigo” ou “ele é melhor que eu”.
Focalize sua autoconfiança, reforce pensamentos de superação, como  “eu posso” ou “eu sou capaz”.
Seja uma pessoa autoconfiante, você pode vencer!

Em processos seletivos é necessário FALAR!

IV. CRIATIVIDADE

Entrevista, teste, redação. Tudo isso faz parte de um processo de seleção tradicional.

As dinâmicas de grupo são determinantes em muitos processos.
O importante é que você entenda a dinâmica proposta e participe dela.

– Participe e envolva-se
– Mostre seu potencial
– Seja você mesmo
– Fique tranquilo

É hora de reinventar!
Seja criativo!

Não tenha medo de arriscar.

V. DESISTIR

É sempre mais fácil desistir.

Qual o sentido de participar do processo seletivo ser for para desistir?
Em tempos de crise como o atual, gastar dinheiro com impressão de currículo e passagens para desistir não tem sentido.
Persista! Se tudo fosse fácil, qualquer um conseguiria.

Não torne-se refém de si mesmo, “o não você já tem, agora corra atrás do sim.”

Se for pra desistir, desista de ser fraco.

VI. CURRÍCULO

Um currículo bem elaborado pode ser o diferencial que o profissional precisa.
Mencione o nome da empresa e o período em que atuou.
Não adianta encher linguiça e fazer um currículo grande e cansativo.
O ideal é que o documento tenha, no máximo, duas folhas.
Foto: Sua foto deve refletir seu engajamento e postura profissional, por isso, nada de fotos ousadas ou com bebidas na mão.
Evite e-mails como “sougato@xxxx.com ou lindinhagatinha@xxxx.com”.
O currículo não deve estar sujo, amassado ou dobrado.

VII. REDE SOCIAL

Cuide da sua imagem nas redes sociais.
Muitos recrutadores utilizam os perfis nas redes sociais como critério de avaliação dos candidatos.
Um comportamento comum é os candidatos falarem mal e reclamarem do antigo chefe, empresas e processo seletivo.

Um simples post na rede social pode dizer sobre você muito mais do que você mesmo pensa.

Você é o que você posta!

leia tudo sobre

Publicidade

Dicas para se destacar em uma entrevista de emprego

Por Márcia Catunda em Sem categoria

14 de julho de 2017

Antônio Dionatas é profissional de Recursos Humanos e idealizador do grupo ” Centro de Empregos”. Neste espaço ele revela os erros mais comuns dos candidatos e  dá dicas para  ter destaque em uma entrevista de emprego, etapa de suma importância em qualquer processo seletivo. Confira:

I. ATRASO EM PROCESSOS

Tornou-se cada vez mais comum os candidatos chegarem após o horário.
Comprometer-se com horários indica compromisso e responsabilidade.
Atrasar-se deixa má impressão, podendo gerar um pré-julgamento.

II. MARKETING PESSOAL

Uma entrevista de emprego não é mais que uma “campanha” em que o candidato se autopromove através do chamado marketing pessoal.
Não se esqueça de usar o bom senso na hora de escolher a vestimenta para a ocasião.
Alguns tipos de roupas podem comprometer a imagem de um candidato, tais como: roupas justas, curtas, decotadas, sujas, amassadas, rasgadas, ou até mesmo, com cores e formatos extravagantes. Lembre-se:  “a primeira impressão é a que fica”.

III. TIMIDEZ

O primeiro ponto para vencer isto é admitir que pode melhorar.
Em um processo seletivo é necessário arriscar-se.
Portanto, não admita pensamentos negativos de medo, de “eu não consigo” ou “ele é melhor que eu”.
Focalize sua autoconfiança, reforce pensamentos de superação, como  “eu posso” ou “eu sou capaz”.
Seja uma pessoa autoconfiante, você pode vencer!

Em processos seletivos é necessário FALAR!

IV. CRIATIVIDADE

Entrevista, teste, redação. Tudo isso faz parte de um processo de seleção tradicional.

As dinâmicas de grupo são determinantes em muitos processos.
O importante é que você entenda a dinâmica proposta e participe dela.

– Participe e envolva-se
– Mostre seu potencial
– Seja você mesmo
– Fique tranquilo

É hora de reinventar!
Seja criativo!

Não tenha medo de arriscar.

V. DESISTIR

É sempre mais fácil desistir.

Qual o sentido de participar do processo seletivo ser for para desistir?
Em tempos de crise como o atual, gastar dinheiro com impressão de currículo e passagens para desistir não tem sentido.
Persista! Se tudo fosse fácil, qualquer um conseguiria.

Não torne-se refém de si mesmo, “o não você já tem, agora corra atrás do sim.”

Se for pra desistir, desista de ser fraco.

VI. CURRÍCULO

Um currículo bem elaborado pode ser o diferencial que o profissional precisa.
Mencione o nome da empresa e o período em que atuou.
Não adianta encher linguiça e fazer um currículo grande e cansativo.
O ideal é que o documento tenha, no máximo, duas folhas.
Foto: Sua foto deve refletir seu engajamento e postura profissional, por isso, nada de fotos ousadas ou com bebidas na mão.
Evite e-mails como “sougato@xxxx.com ou lindinhagatinha@xxxx.com”.
O currículo não deve estar sujo, amassado ou dobrado.

VII. REDE SOCIAL

Cuide da sua imagem nas redes sociais.
Muitos recrutadores utilizam os perfis nas redes sociais como critério de avaliação dos candidatos.
Um comportamento comum é os candidatos falarem mal e reclamarem do antigo chefe, empresas e processo seletivo.

Um simples post na rede social pode dizer sobre você muito mais do que você mesmo pensa.

Você é o que você posta!