Warning: Use of undefined constant S3_URL - assumed 'S3_URL' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/tribu/public_html/blogs/wp-content/themes/2016_tribuna_blogs/functions.php on line 11
Maio 2020 - Vagas Online 
Publicidade

Vagas Online

por Márcia Catunda

Maio 2020

Vagas Clínica Immune

Por Márcia Catunda em Administração, Ciências Contábeis, Recursos Humanos

31 de Maio de 2020

Publicidade

Auxiliar Administrativo

Por Márcia Catunda em Ensino Médio

31 de Maio de 2020

leia tudo sobre

Publicidade

Analista de Atendimento

Por Márcia Catunda em Logística

31 de Maio de 2020

leia tudo sobre

Publicidade

Gestor de RH

Por Márcia Catunda em Administração, Recursos Humanos

31 de Maio de 2020

Publicidade

Engenheiro(a) Químico(a)

Por Márcia Catunda em Engenharia Química

31 de Maio de 2020

leia tudo sobre

Publicidade

Psicóloga sugere 5 formas de tornar reuniões de trabalho online mais divertidas

Por Márcia Catunda em Artigo

31 de Maio de 2020

            Psicóloga Sabrina Amaral

 

Em uma época em que muitas empresas se viram na necessidade de adotar o home office, é possível que as equipes se sintam sozinhas. Ao trabalhar de casa, os funcionários, geralmente, estão focados em seu universo particular. As interações que antes existiam no escritório, como o bate-papo durante o cafezinho, somem e isso tende a deixar a convivência distante e, às vezes, seca.

Porém, há como amenizar esses efeitos. Sabrina Amaral, psicóloga e hipnoterapeuta da Epopéia Desenvolvimento Humano, explica que implementar algumas dinâmicas mesmo a distância pode reverter um pouco esse cenário: “Embora a proposta de interações virtuais mais leves não traga o mesmo efeito do ‘face to face’, elas podem ter um efeito positivo na moral e entrosamento da equipe fortalecendo os vínculos e sinergia entre os membros”.

São várias as práticas que podem ser utilizadas pelas equipes para tornar o home office mais lúdico, igualmente produtivo e, principalmente, com um sentimento de coletividade. Então, a Sabrina Amaral listou, logo abaixo, 5 formas de criar essa interação entre os colaboradores.

Quebra-gelos Promova pequenas atividades no início de cada reunião ou evento pelo facilitador, descontraindo o time e melhorando o entrosamento. Confira algumas opções:

  • Good News: Cada participante deve dizer uma boa notícia do seu dia/semana.
  • Fatos ou fotos: Contar uma novidade recente ou trazer uma foto de algo que fez para compartilhar com os demais membros do grupo.
  • 3 verdades, 1 mentira: Cada participante deverá escrever 3 verdades e 1 mentira sobre si e os demais membros terão que adivinhar.
  • Perguntas irreverentes: Tenha um repositório com perguntas inusitadas que cada membro da reunião terá que responder. Por exemplo: “qual super herói você seria por um dia?”.
  • Complete: Inicie uma frase e peça para as pessoas da reunião completarem com as seis palavras sugeridas pelo teclado do seu celular. Exemplo: “Hoje de manhã eu fui…”.
  • Aquela foto: Peça para as pessoas compartilharem a primeira foto que elas têm no celular dando uma diretriz: “mostre a primeira foto que tenha algo cor de rosa da sua galeria”.

Saindo do comum A ideia deste pilar é o de quebrar a formalidade corporativa, deixando a interação mais descontraída. Pode ser usada tanto no começo quanto no final da reunião. Alguns exemplos:

  • Me representa: Cada participante pode escolher objetos, símbolos, bichinhos, cenas e fotos da família para personalizar sua foto de perfil na videoconferência.
  • Quem é este? Uma variação da ideia acima, porém usando fotos da infância.
  • Reunião temática: Previamente acorde o dress code diferente do usual para reunião, por exemplo, todos devem usar uma camisa da mesma cor, ou uma camiseta de super herói, parte de cima do pijama ou até mesmo fantasias.
  • Pet Meeting: Faça uma reunião em que os participantes possam apresentar os seus pets para os demais membros da equipe.
  • Coleção de gifs e memes: Peça para as pessoas trazerem um GIF ou um meme que represente o momento que elas estão vivendo ou que tenham achado engraçado.

Eventos online Proponha temas que não são abordados nas reuniões de trabalho. As variações podem ser feitas de acordo com o perfil da equipe:

  • Dia do filho: Lembra quando você levava seu filho na empresa no Dia dos Pais ou no Dia das Mães? A ideia aqui é a mesma, gerar orgulho nos pequenos sobre o trabalho de seus pais. Para isso, procure enaltecer, fazer elogios e até mesmo deixar o pequeno ajudar na reunião.
  • Happy Hour: Combine um happy hour virtual com o time para descontrair.
  • Compartilhe um hobby: Peça para as pessoas compartilharem um hobby e, se gostarem de colecionar algo, trazerem curiosidades sobre sua coleção.
  • Sessão pipoca: Você pode propor a todos que assistam um filme ou que façam uma maratona de uma série. Depois, juntem-se virtualmente para conversar sobre o que foi assistido.

Campeonatos e competições Os jogos online podem ser uma ótima opção também para descontrair os ânimos. É possível montar alguns tipos de campeonatos próprios ou buscar jogos que existem na rede para serem jogados com várias pessoas.

  • Corporate Quiz Bowl: Faça um repositório de perguntas sobre um tema específico, pode ser algo da rotina da empresa ou até conteúdos gerais. A cada reunião, lance uma pergunta e vá anotando o placar para depois de um período anunciar o vencedor. Como prêmio, você pode mandar uma cesta de café da manhã ou mesmo uma pizza para o funcionário e sua família, certificando-se, claro, de quantas pessoas moram na casa.
  • Torneio online: Existem muitos aplicativos e plataformas que permitem isso hoje em dia, desde jogo de cartas como truco, poker, buraco até outros tipos de games.

Qualidade de vida Cuidar da saúde física e mental também é importante, principalmente, em um período de isolamento social. O ideal é encontrar maneiras de proporcionar momentos de bem-estar para a equipe:

  • Mexa-se: Contrate um profissional e peça para transmitir uma ginástica laboral online para toda a equipe
  • Fala que eu te escuto: Contrate um psicólogo e proponha sessões de terapias online para profissionais que necessitarem

As ideias apresentadas pela psicóloga Sabrina Amaral podem funcionar muito bem entre as equipes, porém, a profissional chama a atenção na hora de escolher quais atividades realizar. “É preciso ter alguns cuidados importantes antes de implantar uma ideia para não correr o risco de as coisas darem errado”, explica. Suas recomendações são:

  • Analise: Entenda o contexto da reunião, os participantes e a cultura da empresa para avaliar se a atividade lúdica é adequada ou não.
  • Faça de forma breve: A última coisa que alguém quer é ter uma reunião longa ou improdutiva devido a um longo quebra-gelo. Uma atividade de abertura não deve tomar tempo ou desviar o objetivo principal da reunião.
  • Etiqueta empresarial: Lembre-se, mesmo que você esteja em uma teleconferência ou bate-papo por vídeo, ainda está em um ambiente profissional. Você quer incentivar a descontração, mas não quer causar desconfortos.
  • Seja democrático: Nunca coloque alguém no centro da situação ou force-o a participar ou divulgar qualquer informação que não esteja confortável para compartilhar.
    Diversidade: cuidado com brincadeiras inadequadas que desrespeitem questão de raça, etnia, sexo, gênero e religião.

Aproveite a inspiração para deixar seus colaboradores mais motivados, tranquilos e engajados, mesmo que a distância.

leia tudo sobre

Publicidade

5 dicas fundamentais para não sair no prejuízo financeiro durante a quarentena

Por Márcia Catunda em Artigo

31 de Maio de 2020

A pandemia do novo coronavírus tem como principal prejuízo a perda de vidas humanas. Hospitais pelo mundo estão sobrecarregados e, nesse contexto, o isolamento social é maior ferramenta da sociedade contra a disseminação da doença.

Outra preocupação que afeta a população no Brasil e no mundo é a Economia. Mas segundo Mauro Rodrigues, economista do Por quê?, plataforma da BEI Educação, as duas questões estão atreladas. “A quarentena é a resposta necessária para evitar o desastre em termos de saúde pública, mas se ela não ocorresse, teríamos repercussões ainda mais negativas sobre a economia”, afirma.

A Bei Educação desenvolve projetos pedagógicos de educação financeira para crianças e jovens e Rodrigues afirma que a introdução a essa área desde cedo faz toda a diferença. “Um comportamento responsável nesse sentido garante uma condição mais estável à pessoa, incluindo uma proteção a choques de renda negativos, como o que estamos vivenciando”.

O especialista também ressalta a importância das pessoas tentarem poupar, mesmo que o emprego e a renda estejam estáveis. “É importante tentar economizar, pois a pessoa pode ter uma perda de renda no futuro próximo. Sei que é difícil, mas na medida do possível é importante para se preparar, já que a possibilidade de um choque negativo é alta”, diz Rodrigues.

Para que os prejuízos sejam menores e seja possível equilibrar a vida financeira, existem algumas dicas fundamentais que podem ser adotadas. Confira:

Nada de pânico

Evite o “pânico” ao fazer compras. Não saia comprando de tudo, sem planejamento, apenas porque as outras pessoas estão fazendo isso. É crucial planejar antes de sair de casa, pois do contrário você corre o risco de comprar itens que não precisa.

Evite gastos desnecessários

Independentemente de ter sofrido uma perda significativa da sua renda, é importante poupar e evitar gastos supérfluos. São recursos que podem fazer a diferença depois.

Organização

Fazer uma lista de compras antes de ir ao supermercado e saber os itens que realmente precisa consumir reduz as chances de você adquirir um produto que não fará diferença nesse momento ou que é desnecessário no seu dia a dia.

Prioridades

Planeje compras de acordo com as necessidades mais urgentes. E não se esqueça de atentar-se ao espaço disponível na sua casa, principalmente na sua geladeira. Sem esse cuidado, existe a possibilidade de você perder produtos e, consequentemente, dinheiro.

Cuidados extras

Como as compras precisam ser pouco frequentes, é importante pensar a longo prazo e organizar o que será de fato consumido. Além disso, fique atento aos produtos perecíveis e fuja de desperdícios.

Sobre a BEĨ Educação

A BEĨ Educação desenvolve projetos pedagógicos voltados para estudantes do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. A empresa conta hoje com três frentes de atuação: introdução à educação financeira; vida urbana e noções de cidadania; a importância da arte indígena na construção do Brasil. Atuando desde 2018 ela nasceu a partir da BEĨ Editora, que apresenta um catálogo com livros sobre arte, arquitetura, design, atualidades, ciências sociais e uma série de outros temas relevantes para a vida em sociedade.

leia tudo sobre

Publicidade

Líder de Depósito

Por Márcia Catunda em Ensino Médio

29 de Maio de 2020

leia tudo sobre

Publicidade

Vagas no Instituto Atlântico

Por Márcia Catunda em Tecnologia da Informação

29 de Maio de 2020

leia tudo sobre

Publicidade

Estoquista

Por Márcia Catunda em Ensino Médio

29 de Maio de 2020

leia tudo sobre

Publicidade

Estoquista

Por Márcia Catunda em Ensino Médio

29 de Maio de 2020