Como liderar uma equipe à distância com eficiência - Vagas Online 
Publicidade

Vagas Online

por Márcia Catunda

Como liderar uma equipe à distância com eficiência

Por Márcia Catunda em Artigo

30 de Março de 2020

Tathiane Deândhela, autora  do best-seller “Faça o tempo trabalhar para você”

Com a recomendação para ficar em casa e evitar o contato com outras pessoas para prevenir a propagação da Covid-19, as empresas adotaram o Home Office, mas para muitas ainda é um desafio esse novo modelo de trabalho. Os líderes têm o papel de dar a direção e mostrar se todos estão no caminho certo, alinhados com as expectativas da empresa. Mas como fazer isso à distância?

Nessa hora todos passam pela adaptação a uma outra forma de trabalho e gestão. A liderança precisa garantir que todos saibam das suas atribuições, das metas e consigam produzir sem ninguém estar olhando. Muito diferente do modelo tradicional de trabalho com controle de horários para chegar e sair. Segundo Tathiane Deândhela, especialista em produtividade, é possível até que a equipe se torne mais produtiva sabendo que o que importa é a entrega de resultados e não o tempo trabalhado. “Se a pessoa trabalhou mais ou menos não importa tanto se no final o que todo líder quer é a entrega de resultados”, comenta Deândhela.

Confira os três conselhos da especialista, que já liderou uma equipe de 200 pessoas em sua carreira.

1 – Clareza da comunicação

Manter a comunicação entre gestor e equipe e até entre os integrantes é um ponto muito importante. Um aplicativo que ajuda muito nisso é o Trello. Todo o alinhamento fica organizado em um único lugar e evita que o líder precise cobrar pequenos passos. É possível ter uma visão geral de cada projeto e de cada um da equipe. Tudo o que puder ser feito para evitar o micro gerenciamento é importante.

2 – Ter uma rotina de reuniões periódicas

Reuniões são importantes para ajudar no foco e alinhamento de metas e expectativas de toda a equipe e dos gestores. Para reuniões eu recomento o Zoom, aplicativo para videoconferências. A dica é que tenha pauta e não seja muito extensa. Por exemplo, toda segunda-feira fazemos uma reunião para discussão das MCD (Metas Crucialmente Definitivas) para que o colaborador traga o que ele definiu como as três metas importantes dele para a semana e alinhamos juntos esse trabalho. Também revemos a semana anterior e o que cada um cumpriu do que havia sido definido. Isso nos ajuda muito, pois todos sabem o que está acontecendo e se comprometem.

3 – Manter a motivação e o incentivo

Sugiro sempre, nem que sejam 10 ou 15 minutinhos pela manhã, uma reunião de alinhamento. E o líder pode levar alguma história, metáfora, uma palavra de incentivo, uma boa notícia, um grito de guerra. Enfim, um começo positivo faz do dia mais produtivo.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Como liderar uma equipe à distância com eficiência

Por Márcia Catunda em Artigo

30 de Março de 2020

Tathiane Deândhela, autora  do best-seller “Faça o tempo trabalhar para você”

Com a recomendação para ficar em casa e evitar o contato com outras pessoas para prevenir a propagação da Covid-19, as empresas adotaram o Home Office, mas para muitas ainda é um desafio esse novo modelo de trabalho. Os líderes têm o papel de dar a direção e mostrar se todos estão no caminho certo, alinhados com as expectativas da empresa. Mas como fazer isso à distância?

Nessa hora todos passam pela adaptação a uma outra forma de trabalho e gestão. A liderança precisa garantir que todos saibam das suas atribuições, das metas e consigam produzir sem ninguém estar olhando. Muito diferente do modelo tradicional de trabalho com controle de horários para chegar e sair. Segundo Tathiane Deândhela, especialista em produtividade, é possível até que a equipe se torne mais produtiva sabendo que o que importa é a entrega de resultados e não o tempo trabalhado. “Se a pessoa trabalhou mais ou menos não importa tanto se no final o que todo líder quer é a entrega de resultados”, comenta Deândhela.

Confira os três conselhos da especialista, que já liderou uma equipe de 200 pessoas em sua carreira.

1 – Clareza da comunicação

Manter a comunicação entre gestor e equipe e até entre os integrantes é um ponto muito importante. Um aplicativo que ajuda muito nisso é o Trello. Todo o alinhamento fica organizado em um único lugar e evita que o líder precise cobrar pequenos passos. É possível ter uma visão geral de cada projeto e de cada um da equipe. Tudo o que puder ser feito para evitar o micro gerenciamento é importante.

2 – Ter uma rotina de reuniões periódicas

Reuniões são importantes para ajudar no foco e alinhamento de metas e expectativas de toda a equipe e dos gestores. Para reuniões eu recomento o Zoom, aplicativo para videoconferências. A dica é que tenha pauta e não seja muito extensa. Por exemplo, toda segunda-feira fazemos uma reunião para discussão das MCD (Metas Crucialmente Definitivas) para que o colaborador traga o que ele definiu como as três metas importantes dele para a semana e alinhamos juntos esse trabalho. Também revemos a semana anterior e o que cada um cumpriu do que havia sido definido. Isso nos ajuda muito, pois todos sabem o que está acontecendo e se comprometem.

3 – Manter a motivação e o incentivo

Sugiro sempre, nem que sejam 10 ou 15 minutinhos pela manhã, uma reunião de alinhamento. E o líder pode levar alguma história, metáfora, uma palavra de incentivo, uma boa notícia, um grito de guerra. Enfim, um começo positivo faz do dia mais produtivo.