dicas Archives - Vagas Online 
Publicidade

Vagas Online

por Márcia Catunda

dicas

Dicas aumentam chances de recolocação no mercado de trabalho

Por Márcia Catunda em Artigo

25 de dezembro de 2019

Analista de Recursos Humanos da UNINASSAU dá conselhos para se sair bem em seleções de emprego

 

Se recolocar no mercado de trabalho ou conseguir o tão sonhado primeiro emprego não foi uma tarefa fácil no ano de 2019. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE) apontam que, no estado do Ceará, no último trimestre deste ano, houve aumento na taxa de desemprego, saindo de 10,9% para 11,3%. Mas, e para 2020? Quais as perspectivas de trabalho e como se destacar para alcançar um emprego?

 

A analista de Recursos Humanos da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Fortaleza, Kilvia Lima, dá dicas de como se sair bem em entrevistas de emprego. A primeira delas se refere a sempre manter o currículo atualizado, retificando o documento sempre que houver algo relevante para a carreira. “Palestras, congressos, capacitações profissionais, trabalhos voluntários, tudo isso é válido e conta a favor do indivíduo”, afirmou.

 

Além disso, Kilvia orienta não enviar currículos para todas as vagas. “O profissional precisa ter a ciência da sua aptidão para a vaga de trabalho que está se candidatando. Enviar currículos aleatoriamente não é bem visto no mercado”, ressalta. Outro ponto comentado pela gestora de RH é que o candidato busque empresas que ele se identifique, com missão, visão e valores que se conectem com o procurado pelo profissional para sua carreira.

 

Segundo a analista, as redes sociais também são essenciais para quem busca a primeira oportunidade no mercado de trabalho. “O LinkedIn, por exemplo, é uma rede exclusiva para contatos profissionais. Nele, o indivíduo consegue interagir com outras pessoas da mesma área, ou não, visualizar vagas e até participar de processos seletivos”, comentou.

 

E o que fazer quando o RH chama para uma entrevista? Kilvia relata que o nervosismo pode atrapalhar, mas o candidato precisa manter a calma e transparecer as informações de forma mais objetiva possível. “Muitos candidatos chegam no processo de entrevistas sem conhecer os produtos da empresa. O profissional precisa conhecer, mesmo que minimamente, com o que a empresa trabalha e o que ela oferece no mercado. Além disso, deve-se cuidar da higiene pessoal e, principalmente, não mentir”, completou, ressaltando ainda que esse é um dos principais motivos para desclassificação de um candidato.

leia tudo sobre

Publicidade

Aumente as chances de seu currículo ser selecionado

Por Márcia Catunda em Artigo

17 de setembro de 2019

contato@crismoutella.com.br

 

Seu currículo é a sua chave para ser selecionado em um banco de talentos, uma pasta de e-mails, por recrutadores ou headhunters.

 

Além de ter o perfil adequado para a vaga, você precisa saber apresentar suas qualificações e competências. Em alguns segundos, tem que convencer o recrutador de que você é, possivelmente, a pessoa certa para aquela função.  Valorize seu currículo, mostre quem você é e do que é capaz.

 

CABEÇALHO

 

Comece seu CV com seu nome destacado, seguido de seu objetivo. Se estiver respondendo a uma vaga, seu objetivo deve ser o nome da vaga em questão. Se não for para uma vaga específica, escreva o nome dos cargos e funções do seu interesse.

 

Em seguida, informe telefone com ddd, cidade e estado.  Inclua seu e-mail e seu perfil LinkedIn, se tiver. Endereço completo e documentos só depois, quando pedirem. E nada de estado civil, data de nascimento, idade ou foto, a não ser que sua profissão exija.

 

Exemplo:

Cristina Moutella

Treinamentos / Palestras / Meets up

(99) 99999-9999 – Fortaleza, CE

contato@crismoutella.com.br  

br.linkedin.com/in/crismoutella

 

RESUMO

 

Uma das partes mais importantes do seu currículo é o Resumo. Fica logo no início e apresenta as informações mais relevantes sobre você.  Se quem estiver lendo não gostar, grande chance de seu currículo ser descartado sem ser lido até o final.

 

Resuma suas principais experiências profissionais. Foque nos resultados entregues, o que você fez pelas empresas e que foram pontos altos na sua carreira.

 

Destaque ações, projetos e resultados numéricos. Não perca tempo detalhando tarefas ou responsabilidades.

 

Destaque também as habilidades que possui e utilizou para alcançar esses resultados.

 

Dê exemplos de projetos, conquistas e prêmios.

 

Não esqueça dos seus talentos, conhecimentos técnicos, de informática e idiomas que domina.

 

Se tiver alguma experiência no exterior, inclua também.

 

Seu Resumo tem que ser atraente e engajado!

 

Utilize palavras relacionadas à sua carreira, profissão e trabalho, bem como às suas habilidades e competências. Você é encontrado através das buscas por palavras chave que empresas, recrutadores e headhunters utilizam para encontrar você. Quanto mais palavras chave você utilizar, maior sua chance de ser encontrado.

 

FORMAÇÃO

 

Relacione sua Formação (ensino médio ou técnico, graduação, especialização, pós-graduação, MBA, mestrado, doutorado), da mais recente para a mais antiga, informando o título, local e ano de conclusão. Se estiver cursando, coloque o ano previsto de conclusão.  Informe o ensino médio somente se essa for sua única formação.

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

 

Detalhe sua experiência profissional, da mais recente para a mais antiga, colocando o cargo em destaque, o período e o nome da empresa. Descreva sua experiência e atividades, sempre focando nos resultados e nas entregas. Destaque os projetos em cada empresa.

 

Elencar tarefas não é um diferencial e não vai vender os seus talentos.

 

Não esqueça de utilizar as palavras chave relacionadas à sua profissão e às competências necessárias para exercê-la.

 

Pode se limitar aos últimos 3 cargos ou aos últimos 10 anos. Isso não é obrigatório, mas uma sugestão, para que seu currículo não vire uma tripa de experiências de muitos e muitos anos, muitas vezes nem relevante para a função que quer exercer no momento. Em outros casos, passa a ser relevante quando conta uma história assertiva de crescimento profissional.

 

CURSOS

 

Relacione cursos extracurriculares, workshops e palestras, em ordem decrescente de data, informando nome do curso, instituição onde fez e ano. Procure listar aqueles relacionados ao cargo desejado, deixando de lado aqueles que não agregam valor ao seu currículo ou à vaga que pretende ocupar (p. ex.: curso de kitesurf em currículo só justifica se a função a ser exercida tiver relação, direta ou indireta, com essa atividade esportiva).

 

Algumas certificações são importantes e devem ser destacadas em separado, de acordo com sua profissão e exigência do mercado, como o registro na OAB de um advogado, o CRM de um médico ou uma certificação SCRUM de um Gerente de Projetos. Nesse caso, cria-se o item Certificações, logo após a Formação, para dar o devido destaque.

 

OUTRAS EXPERIÊNCIAS

 

Se você tiver outras experiências relevantes, como intercâmbio, viagens, voluntariado ou atividades paralelas que possam agregar valor ao seu currículo, aqui é o lugar de contar.

 

ATENÇÃO!

  • Se você não possui experiência ou é recém-formado, baseie seu currículo na sua formação, habilidades e competências. Mostre o seu potencial!
  • Se você tiver interesse em áreas/profissões distintas, faça currículos separados. Para se alcançar um objetivo, é preciso FOCO.
  • Enviar seu CV sem ter as qualificações exigidas pela vaga é perda de tempo!
  • Tente não passar de 2 folhas, no máximo 3.
  • Não minta. Jamais!
  • Não erre. Erros de português são imperdoáveis.
  • Revise tudo, até o número do seu telefone. Informações erradas são fatais!
  • Envie seu currículo sempre em pdf. Mais elegante e seguro!

 

SUCESSO!

leia tudo sobre

Publicidade

Aumente as chances de seu currículo ser selecionado

Por Márcia Catunda em Artigo

17 de setembro de 2019

contato@crismoutella.com.br

 

Seu currículo é a sua chave para ser selecionado em um banco de talentos, uma pasta de e-mails, por recrutadores ou headhunters.

 

Além de ter o perfil adequado para a vaga, você precisa saber apresentar suas qualificações e competências. Em alguns segundos, tem que convencer o recrutador de que você é, possivelmente, a pessoa certa para aquela função.  Valorize seu currículo, mostre quem você é e do que é capaz.

 

CABEÇALHO

 

Comece seu CV com seu nome destacado, seguido de seu objetivo. Se estiver respondendo a uma vaga, seu objetivo deve ser o nome da vaga em questão. Se não for para uma vaga específica, escreva o nome dos cargos e funções do seu interesse.

 

Em seguida, informe telefone com ddd, cidade e estado.  Inclua seu e-mail e seu perfil LinkedIn, se tiver. Endereço completo e documentos só depois, quando pedirem. E nada de estado civil, data de nascimento, idade ou foto, a não ser que sua profissão exija.

 

Exemplo:

Cristina Moutella

Treinamentos / Palestras / Meets up

(99) 99999-9999 – Fortaleza, CE

contato@crismoutella.com.br  

br.linkedin.com/in/crismoutella

 

RESUMO

 

Uma das partes mais importantes do seu currículo é o Resumo. Fica logo no início e apresenta as informações mais relevantes sobre você.  Se quem estiver lendo não gostar, grande chance de seu currículo ser descartado sem ser lido até o final.

 

Resuma suas principais experiências profissionais. Foque nos resultados entregues, o que você fez pelas empresas e que foram pontos altos na sua carreira.

 

Destaque ações, projetos e resultados numéricos. Não perca tempo detalhando tarefas ou responsabilidades.

 

Destaque também as habilidades que possui e utilizou para alcançar esses resultados.

 

Dê exemplos de projetos, conquistas e prêmios.

 

Não esqueça dos seus talentos, conhecimentos técnicos, de informática e idiomas que domina.

 

Se tiver alguma experiência no exterior, inclua também.

 

Seu Resumo tem que ser atraente e engajado!

 

Utilize palavras relacionadas à sua carreira, profissão e trabalho, bem como às suas habilidades e competências. Você é encontrado através das buscas por palavras chave que empresas, recrutadores e headhunters utilizam para encontrar você. Quanto mais palavras chave você utilizar, maior sua chance de ser encontrado.

 

FORMAÇÃO

 

Relacione sua Formação (ensino médio ou técnico, graduação, especialização, pós-graduação, MBA, mestrado, doutorado), da mais recente para a mais antiga, informando o título, local e ano de conclusão. Se estiver cursando, coloque o ano previsto de conclusão.  Informe o ensino médio somente se essa for sua única formação.

 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

 

Detalhe sua experiência profissional, da mais recente para a mais antiga, colocando o cargo em destaque, o período e o nome da empresa. Descreva sua experiência e atividades, sempre focando nos resultados e nas entregas. Destaque os projetos em cada empresa.

 

Elencar tarefas não é um diferencial e não vai vender os seus talentos.

 

Não esqueça de utilizar as palavras chave relacionadas à sua profissão e às competências necessárias para exercê-la.

 

Pode se limitar aos últimos 3 cargos ou aos últimos 10 anos. Isso não é obrigatório, mas uma sugestão, para que seu currículo não vire uma tripa de experiências de muitos e muitos anos, muitas vezes nem relevante para a função que quer exercer no momento. Em outros casos, passa a ser relevante quando conta uma história assertiva de crescimento profissional.

 

CURSOS

 

Relacione cursos extracurriculares, workshops e palestras, em ordem decrescente de data, informando nome do curso, instituição onde fez e ano. Procure listar aqueles relacionados ao cargo desejado, deixando de lado aqueles que não agregam valor ao seu currículo ou à vaga que pretende ocupar (p. ex.: curso de kitesurf em currículo só justifica se a função a ser exercida tiver relação, direta ou indireta, com essa atividade esportiva).

 

Algumas certificações são importantes e devem ser destacadas em separado, de acordo com sua profissão e exigência do mercado, como o registro na OAB de um advogado, o CRM de um médico ou uma certificação SCRUM de um Gerente de Projetos. Nesse caso, cria-se o item Certificações, logo após a Formação, para dar o devido destaque.

 

OUTRAS EXPERIÊNCIAS

 

Se você tiver outras experiências relevantes, como intercâmbio, viagens, voluntariado ou atividades paralelas que possam agregar valor ao seu currículo, aqui é o lugar de contar.

 

ATENÇÃO!

  • Se você não possui experiência ou é recém-formado, baseie seu currículo na sua formação, habilidades e competências. Mostre o seu potencial!
  • Se você tiver interesse em áreas/profissões distintas, faça currículos separados. Para se alcançar um objetivo, é preciso FOCO.
  • Enviar seu CV sem ter as qualificações exigidas pela vaga é perda de tempo!
  • Tente não passar de 2 folhas, no máximo 3.
  • Não minta. Jamais!
  • Não erre. Erros de português são imperdoáveis.
  • Revise tudo, até o número do seu telefone. Informações erradas são fatais!
  • Envie seu currículo sempre em pdf. Mais elegante e seguro!

 

SUCESSO!