Exposição “Mondrian Orgânico” tem início nesta quarta-feira


Exposição “Mondrian Orgânico” tem início nesta quarta-feira

“Olhei meu reflexo no espelho, deu vontade de bagunçar, misturar, fundir tudo que estivesse ao meu alcance”, conta a fotógrafa Clara Capelo

Por Roberta Tavares em Agenda Cultural

5 de junho de 2013 às 07:04

Há 6 anos

O grupo Arnóia lança, a partir desta quarta-feira (5), em Fortaleza, a exposição fotográfica do projeto Mondrian Orgânico. O objetivo é expandir as simetrias e cores das obras do holandês Piet Mondrian.

A livre inspiração em Mondrian cria um organismo vivo formado a partir de tiras pretas, manchas de cores primárias, um corpo ativador e um olho que capta, mistura e reenquadra Mondrian.

“Olhei bem as obras e fiquei com uma vontade de flexionar o que não era flexível, expandir o que estava contido, movimentar o que estava parado. Tentar encaixotar o que não é ‘encaixotável’. Olhei meu reflexo no espelho, deu vontade de bagunçar, misturar, fundir tudo que estivesse ao meu alcance. Ou ainda, nem misturar, apenas admitir que já está tudo misturado ou tudo é passível de mistura”, conta a fotógrafa Clara Capelo.

O grupo Arnóia lança, a partir desta quarta-feira (5), em Fortaleza, a exposição fotográfica do projeto Mondrian Orgânico

Grupo Arnóia é formado por três cearenses que moram em São Paulo (FOTO: Divulgação)

Para a exposição, as fotografias de Clara Capelo são colocadas em prismas espalhados pelo salão, de forma que o reenquadrado volta a ganhar dimensões e integrar o espaço organicamente. A abertura da exposição conta com uma performance sonora de Rodrigo Colares e Bruno Rafael, em parceria com o grupo.

Arnóia

O Arnóia é formado por três cearenses que moram em São Paulo: a fotógrafa Clara Capelo e as psicólogas Mariana Domingues, mestranda em Psicologia Clínica na PUC-SP, e Caroline D’ávila, mestranda em Artes na UFF-RJ.

Dias de exposição

A exposição, que é o primeiro evento ligado às artes visuais do restô e casa de arte Mambembe – Comida e Outras Artes, segue até o dia 30 de junho, aberta para visitação de quarta a domingo, das 18h às 23h.

Serviço
Abertura da exposição Mondrian Orgânico, do grupo Arnóia, com performance sonora de Rodrigo Colares e Bruno Rafael
Data: Dia 5 de junho
Horário: às 19h
Local: Mambembe Comida e Outras Artes (Rua dos Tabajaras, 368, Praia de Iracema).

Publicidade

Dê sua opinião

Exposição “Mondrian Orgânico” tem início nesta quarta-feira

“Olhei meu reflexo no espelho, deu vontade de bagunçar, misturar, fundir tudo que estivesse ao meu alcance”, conta a fotógrafa Clara Capelo

Por Roberta Tavares em Agenda Cultural

5 de junho de 2013 às 07:04

Há 6 anos

O grupo Arnóia lança, a partir desta quarta-feira (5), em Fortaleza, a exposição fotográfica do projeto Mondrian Orgânico. O objetivo é expandir as simetrias e cores das obras do holandês Piet Mondrian.

A livre inspiração em Mondrian cria um organismo vivo formado a partir de tiras pretas, manchas de cores primárias, um corpo ativador e um olho que capta, mistura e reenquadra Mondrian.

“Olhei bem as obras e fiquei com uma vontade de flexionar o que não era flexível, expandir o que estava contido, movimentar o que estava parado. Tentar encaixotar o que não é ‘encaixotável’. Olhei meu reflexo no espelho, deu vontade de bagunçar, misturar, fundir tudo que estivesse ao meu alcance. Ou ainda, nem misturar, apenas admitir que já está tudo misturado ou tudo é passível de mistura”, conta a fotógrafa Clara Capelo.

O grupo Arnóia lança, a partir desta quarta-feira (5), em Fortaleza, a exposição fotográfica do projeto Mondrian Orgânico

Grupo Arnóia é formado por três cearenses que moram em São Paulo (FOTO: Divulgação)

Para a exposição, as fotografias de Clara Capelo são colocadas em prismas espalhados pelo salão, de forma que o reenquadrado volta a ganhar dimensões e integrar o espaço organicamente. A abertura da exposição conta com uma performance sonora de Rodrigo Colares e Bruno Rafael, em parceria com o grupo.

Arnóia

O Arnóia é formado por três cearenses que moram em São Paulo: a fotógrafa Clara Capelo e as psicólogas Mariana Domingues, mestranda em Psicologia Clínica na PUC-SP, e Caroline D’ávila, mestranda em Artes na UFF-RJ.

Dias de exposição

A exposição, que é o primeiro evento ligado às artes visuais do restô e casa de arte Mambembe – Comida e Outras Artes, segue até o dia 30 de junho, aberta para visitação de quarta a domingo, das 18h às 23h.

Serviço
Abertura da exposição Mondrian Orgânico, do grupo Arnóia, com performance sonora de Rodrigo Colares e Bruno Rafael
Data: Dia 5 de junho
Horário: às 19h
Local: Mambembe Comida e Outras Artes (Rua dos Tabajaras, 368, Praia de Iracema).