Orquestra Filarmônica do Ceará homenageia Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras

TRIBUTO

Orquestra Filarmônica do Ceará homenageia Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras

O concerto homenageia Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras, e terá início às 20h desta quarta-feira. Os ingressos estão à venda

Por Tribuna do Ceará em Agenda Cultural

4 de agosto de 2019 às 07:00

Há 3 meses
Os homenageados: Carreras, Domingo e Pavarotti (FOTO: Divulgação)

Os homenageados: Carreras, Domingo e Pavarotti (FOTO: Divulgação)

A Orquestra Filarmônica do Ceará apresenta o espetáculo ‘Três Tenores In Concert’, nesta quarta-feira (7), no Teatro RioMar Fortaleza. O concerto, em homenagem a Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras, terá início às 20h, e os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro.

Além da Orquestra, o concerto terá a interpretação dos tenores internacionais Giorgi Gelashvili e Leonardo Botti, e do cearense Ricardo Máximo.

O tributo será regido pelo Maestro Gladson Carvalho, acompanhado por três cantores que vão interpretar clássicos do trio homenageado. Entre os intérpretes, o tenor internacional Leonardo Botti; italiano, estudou solfejo na cidade de Cremona (Itália) e canto e teatro no conservatório de Szeged (Hungria) com o barítono Gimesi Kalman.

Destaque também para Giorgi Gelashvili, tenor natural da Geórgia, bacharel e mestre em canto erudito pelo Conservatório Estadual de Tbilisi e na Itália integrou a “Accademia Lirica M.Binci”. Sua experiência em Ópera na Geórgia e Itália inclui papéis como Alfredo (L a Traviat – G.Verdi), Ernesto (Don Pasquale – G. Donizetti).

Também sobe ao palco do Teatro RioMar Fortaeza, o tenor cearense Ricardo Máximo, cantor lírico, natural de Fortaleza, Ricardo tem um vasto repertório erudito e popular. Canta profissionalmente há 13 anos e junto à Orquestra Filarmônica do Ceará há 9 anos. Estudou canto lírico com o professor austríaco Marcelo Okay. Em 2012, foi o único cearense a participar de um concurso de jovens tenores líricos em São Paulo, ficando entre as 6 melhores vozes do Brasil.

Orquestra Filarmônica do Ceará surgiu em maio de 1998, em reunião na casa da mãe de seu criador, o maestro Gladson Carvalho; com o intuito de reunir os melhores músicos do Ceará em um trabalho ousado, promovendo formação de plateias, laboratório profissionalizante, geração de trabalho e renda para cerca de 70 profissionais da música.

Serviço:

Ingressos a partir de R$ 25 (meia)
Vendas: Bilheteria do Teatro RioMar (
Funcionamento da bilheteria: Terça a Sábado das 12h às 21 | Domingos e feriados das 14h às 20h | Fechado às segundas-feiras)
Vendas online: www.teatroriomarfortaleza.com.br
Informações: (85) 3244.2688

Publicidade

Dê sua opinião

TRIBUTO

Orquestra Filarmônica do Ceará homenageia Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras

O concerto homenageia Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras, e terá início às 20h desta quarta-feira. Os ingressos estão à venda

Por Tribuna do Ceará em Agenda Cultural

4 de agosto de 2019 às 07:00

Há 3 meses
Os homenageados: Carreras, Domingo e Pavarotti (FOTO: Divulgação)

Os homenageados: Carreras, Domingo e Pavarotti (FOTO: Divulgação)

A Orquestra Filarmônica do Ceará apresenta o espetáculo ‘Três Tenores In Concert’, nesta quarta-feira (7), no Teatro RioMar Fortaleza. O concerto, em homenagem a Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras, terá início às 20h, e os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro.

Além da Orquestra, o concerto terá a interpretação dos tenores internacionais Giorgi Gelashvili e Leonardo Botti, e do cearense Ricardo Máximo.

O tributo será regido pelo Maestro Gladson Carvalho, acompanhado por três cantores que vão interpretar clássicos do trio homenageado. Entre os intérpretes, o tenor internacional Leonardo Botti; italiano, estudou solfejo na cidade de Cremona (Itália) e canto e teatro no conservatório de Szeged (Hungria) com o barítono Gimesi Kalman.

Destaque também para Giorgi Gelashvili, tenor natural da Geórgia, bacharel e mestre em canto erudito pelo Conservatório Estadual de Tbilisi e na Itália integrou a “Accademia Lirica M.Binci”. Sua experiência em Ópera na Geórgia e Itália inclui papéis como Alfredo (L a Traviat – G.Verdi), Ernesto (Don Pasquale – G. Donizetti).

Também sobe ao palco do Teatro RioMar Fortaeza, o tenor cearense Ricardo Máximo, cantor lírico, natural de Fortaleza, Ricardo tem um vasto repertório erudito e popular. Canta profissionalmente há 13 anos e junto à Orquestra Filarmônica do Ceará há 9 anos. Estudou canto lírico com o professor austríaco Marcelo Okay. Em 2012, foi o único cearense a participar de um concurso de jovens tenores líricos em São Paulo, ficando entre as 6 melhores vozes do Brasil.

Orquestra Filarmônica do Ceará surgiu em maio de 1998, em reunião na casa da mãe de seu criador, o maestro Gladson Carvalho; com o intuito de reunir os melhores músicos do Ceará em um trabalho ousado, promovendo formação de plateias, laboratório profissionalizante, geração de trabalho e renda para cerca de 70 profissionais da música.

Serviço:

Ingressos a partir de R$ 25 (meia)
Vendas: Bilheteria do Teatro RioMar (
Funcionamento da bilheteria: Terça a Sábado das 12h às 21 | Domingos e feriados das 14h às 20h | Fechado às segundas-feiras)
Vendas online: www.teatroriomarfortaleza.com.br
Informações: (85) 3244.2688