Fortaleza recebe cinema ao ar livre gratuito até o fim de dezembro

COM PIPOCA E CACHORRO-QUENTE

Fortaleza recebe cinema ao ar livre gratuito até o fim de dezembro

O projeto chega ao Parque do Cocó neste sábado (30), com três filmes que olham para o mundo a partir da perspectiva infantil. A iniciativa é gratuita

Por Tribuna do Ceará em Cinema

29 de novembro de 2019 às 07:00

Há 1 semana
Até 21 de dezembro, o projeto percorrerá 8 bairros de Fortaleza (FOTO: Taissuke/Divulgação)

Até 21 de dezembro, o projeto percorrerá 8 bairros de Fortaleza (FOTO: Taissuke/Divulgação)

A mostra Cine Ar Livre percorrerá oito bairros de Fortaleza até 21 de dezembro. Neste sábado (30), às 18h, o projeto chega ao Parque do Cocó, com três filmes que olham para o mundo a partir da perspectiva infantil. A iniciativa é gratuita. A noite promete muita emoção com os curtas Josué e o Pé de Macaxeira e Luiz e o longa Turma da Mônica – Laços.

O primeiro deles é o premiado curta-metragem Josué e o Pé de Macaxeira. A animação dirigida por Diogo Viegas faz uma leitura regional para o conto de fadas clássico João e o Pé de Feijão. Ao trocar seu burro por uma “macaxeira mágica”, Josué descobre que não são apenas feijões que podem nos levar a uma aventura fantástica.

A adaptação foi tão bem sucedida que acumulou prêmios em alguns dos mais importantes festivais de cinema, como os de Melhor Curta pelo Júri Popular nos Festivais de Gramado e Vitória; Melhor Animação Brasileira, também pelo Júri Popular, no Anima Mundi; Prêmio Brasil de Cinema Infantil e Melhor animação no Festival Internacional de Cinema Infantil, além do Children Choice Silver Award no Sapporo Short Fest, no Japão, entre outros.

O segundo curta da noite vem de São Paulo. É a ficção Luiz, de Alexandre Estevanato. Também com bela carreira no circuito de festivais nacionais, o curta traz no elenco a atriz Nicette Bruno e convida os espectadores a se aventurar numa jornada na companhia do protagonista e de seu amigo imaginário.

Falar mais da trama seria antecipar reviravoltas importantes. Mas é possível assegurar que há uma bela mensagem no filme, tanto sobre a importância do resgate da infância e suas experiências, como sobre lidar com perdas.

E o longa que fecha a noite dispensa apresentações. A Turma da Mônica – Laços, dirigido por Daniel Rezende, é um dos maiores sucessos do cinema brasileiro deste ano, ultrapassando a marca de dois milhões de espectadores e R$ 29 milhões de arrecadação em bilheteria.

O filme, que levou para a tela grande os inesquecíveis personagens criados por Maurício de Souza, estreou em junho de 2019 e fez tanto sucesso que uma continuação está planejada para ser lançada no próximo ano. A novidade desta exibição é a inclusão de acessibilidade, com a LSE – Legenda para surdos e ensurdecidos. Além de apresentar as falas contidas no produto audiovisual, ela exibe informações adicionais como indicação da personagem falante e efeitos sonoros, que geralmente acontece entre colchetes.

O longa que será projetado no Parque do Cocó começa com o desaparecimento de Floquinho, o cachorro do Cebolinha. O menino desenvolve então um plano infalível para resgatar o cãozinho, mas para isso vai precisar da ajuda de seus fiéis amigos Mônica, Magali e Cascão. Juntos, eles irão enfrentar grandes desafios e viver grandes aventuras para levar o cão de volta para casa.

Como funciona

Durante as sessões, os espectadores têm à disposição pufes e espreguiçadeiras. Um lanche com pipoca e cachorro-quente também será servido. A sessão começa às 18h, e o acesso é gratuito.

A programação segue até 21 de dezembro com apresentações nos Cucas Jangurussu, Barra e Mondubim, a Areninha Pirambu, a Lagoa de Messejana, a Praça do HapVida, no Meireles, o Cocó e a Praia de Iracema.

Confira a programação completa no Instagram; Facebook ou no link

Datas
30/11 – Cocó
6 e 7/12 – Cuca Barra
12 e 13/12 – Cuca Mondubim
14 e 15/12 – Areninha Pirambu
20 e 21/12 – Calçada da Praia do Lido

Publicidade

Dê sua opinião

COM PIPOCA E CACHORRO-QUENTE

Fortaleza recebe cinema ao ar livre gratuito até o fim de dezembro

O projeto chega ao Parque do Cocó neste sábado (30), com três filmes que olham para o mundo a partir da perspectiva infantil. A iniciativa é gratuita

Por Tribuna do Ceará em Cinema

29 de novembro de 2019 às 07:00

Há 1 semana
Até 21 de dezembro, o projeto percorrerá 8 bairros de Fortaleza (FOTO: Taissuke/Divulgação)

Até 21 de dezembro, o projeto percorrerá 8 bairros de Fortaleza (FOTO: Taissuke/Divulgação)

A mostra Cine Ar Livre percorrerá oito bairros de Fortaleza até 21 de dezembro. Neste sábado (30), às 18h, o projeto chega ao Parque do Cocó, com três filmes que olham para o mundo a partir da perspectiva infantil. A iniciativa é gratuita. A noite promete muita emoção com os curtas Josué e o Pé de Macaxeira e Luiz e o longa Turma da Mônica – Laços.

O primeiro deles é o premiado curta-metragem Josué e o Pé de Macaxeira. A animação dirigida por Diogo Viegas faz uma leitura regional para o conto de fadas clássico João e o Pé de Feijão. Ao trocar seu burro por uma “macaxeira mágica”, Josué descobre que não são apenas feijões que podem nos levar a uma aventura fantástica.

A adaptação foi tão bem sucedida que acumulou prêmios em alguns dos mais importantes festivais de cinema, como os de Melhor Curta pelo Júri Popular nos Festivais de Gramado e Vitória; Melhor Animação Brasileira, também pelo Júri Popular, no Anima Mundi; Prêmio Brasil de Cinema Infantil e Melhor animação no Festival Internacional de Cinema Infantil, além do Children Choice Silver Award no Sapporo Short Fest, no Japão, entre outros.

O segundo curta da noite vem de São Paulo. É a ficção Luiz, de Alexandre Estevanato. Também com bela carreira no circuito de festivais nacionais, o curta traz no elenco a atriz Nicette Bruno e convida os espectadores a se aventurar numa jornada na companhia do protagonista e de seu amigo imaginário.

Falar mais da trama seria antecipar reviravoltas importantes. Mas é possível assegurar que há uma bela mensagem no filme, tanto sobre a importância do resgate da infância e suas experiências, como sobre lidar com perdas.

E o longa que fecha a noite dispensa apresentações. A Turma da Mônica – Laços, dirigido por Daniel Rezende, é um dos maiores sucessos do cinema brasileiro deste ano, ultrapassando a marca de dois milhões de espectadores e R$ 29 milhões de arrecadação em bilheteria.

O filme, que levou para a tela grande os inesquecíveis personagens criados por Maurício de Souza, estreou em junho de 2019 e fez tanto sucesso que uma continuação está planejada para ser lançada no próximo ano. A novidade desta exibição é a inclusão de acessibilidade, com a LSE – Legenda para surdos e ensurdecidos. Além de apresentar as falas contidas no produto audiovisual, ela exibe informações adicionais como indicação da personagem falante e efeitos sonoros, que geralmente acontece entre colchetes.

O longa que será projetado no Parque do Cocó começa com o desaparecimento de Floquinho, o cachorro do Cebolinha. O menino desenvolve então um plano infalível para resgatar o cãozinho, mas para isso vai precisar da ajuda de seus fiéis amigos Mônica, Magali e Cascão. Juntos, eles irão enfrentar grandes desafios e viver grandes aventuras para levar o cão de volta para casa.

Como funciona

Durante as sessões, os espectadores têm à disposição pufes e espreguiçadeiras. Um lanche com pipoca e cachorro-quente também será servido. A sessão começa às 18h, e o acesso é gratuito.

A programação segue até 21 de dezembro com apresentações nos Cucas Jangurussu, Barra e Mondubim, a Areninha Pirambu, a Lagoa de Messejana, a Praça do HapVida, no Meireles, o Cocó e a Praia de Iracema.

Confira a programação completa no Instagram; Facebook ou no link

Datas
30/11 – Cocó
6 e 7/12 – Cuca Barra
12 e 13/12 – Cuca Mondubim
14 e 15/12 – Areninha Pirambu
20 e 21/12 – Calçada da Praia do Lido