Fortaleza ganha sua primeira Biblioteca Popular Aberta


Fortaleza ganha sua primeira Biblioteca Popular Aberta

Lema do projeto é “o prazer é seu, o livro é de todos”, lembrando aos leitores que a experimentação envolve o ato de pegar emprestado, devolver e doar

Por Arimatéia Moura em Cultura

14 de junho de 2013 às 08:55

Há 6 anos
Parada Cultural, em Brasília, projeto funciona baseado na troca solidária e consciente de livros. (FOTO: Divulgação)

Parada Cultural, em Brasília. Projeto funciona baseado na troca solidária e consciente de livros.  Idealizador vem à Fortaleza palestrar durante inauguração da primeira Biblioteca Aberta da cidade (FOTO: Divulgação)

 

Já pensou encontrar livros para empréstimo gratuito em calçadas, pontos de ônibus ou até em, sei lá, um açougue? A ideia já existe em outras cidades do mundo, do país e chega agora à Fortaleza. Nossa cidade vai ganhar a sua primeira Biblioteca Popular e Aberta, baseada na troca solidária e consciente de livros, e a inauguração acontece neste sexta-feira (14), a partir das 14h, na Casa Vermelha.

O lema do projeto é “o prazer é seu, o livro é de todos”, lembrando aos leitores que a experimentação envolve o ato de pegar emprestado, devolver e até doar publicações. Um acervo inicial, composto por 100 títulos, vai ficar exposto na calçada da Casa, todos os dias, em horário comercial, facilitando o livre empréstimo.

Durante a inauguração do equipamento, o criador do Açougue Cultural de Brasília, Luiz Amorim, vem à Fortaleza proferir palestra sobre sua experiência no Distrito Federal. Amorim é reconhecido internacionalmente, pela iniciativa que promove fornecimento e circulação de livros gratuitamente num açougue e em pontos de ônibus da capital federal.

A Casa Vermelha fica na Rua Osvaldo Cruz, 1318. Quase esquina com Torres Câmara, vizinho ao Açaizeiro.

Publicidade

Dê sua opinião

Fortaleza ganha sua primeira Biblioteca Popular Aberta

Lema do projeto é “o prazer é seu, o livro é de todos”, lembrando aos leitores que a experimentação envolve o ato de pegar emprestado, devolver e doar

Por Arimatéia Moura em Cultura

14 de junho de 2013 às 08:55

Há 6 anos
Parada Cultural, em Brasília, projeto funciona baseado na troca solidária e consciente de livros. (FOTO: Divulgação)

Parada Cultural, em Brasília. Projeto funciona baseado na troca solidária e consciente de livros.  Idealizador vem à Fortaleza palestrar durante inauguração da primeira Biblioteca Aberta da cidade (FOTO: Divulgação)

 

Já pensou encontrar livros para empréstimo gratuito em calçadas, pontos de ônibus ou até em, sei lá, um açougue? A ideia já existe em outras cidades do mundo, do país e chega agora à Fortaleza. Nossa cidade vai ganhar a sua primeira Biblioteca Popular e Aberta, baseada na troca solidária e consciente de livros, e a inauguração acontece neste sexta-feira (14), a partir das 14h, na Casa Vermelha.

O lema do projeto é “o prazer é seu, o livro é de todos”, lembrando aos leitores que a experimentação envolve o ato de pegar emprestado, devolver e até doar publicações. Um acervo inicial, composto por 100 títulos, vai ficar exposto na calçada da Casa, todos os dias, em horário comercial, facilitando o livre empréstimo.

Durante a inauguração do equipamento, o criador do Açougue Cultural de Brasília, Luiz Amorim, vem à Fortaleza proferir palestra sobre sua experiência no Distrito Federal. Amorim é reconhecido internacionalmente, pela iniciativa que promove fornecimento e circulação de livros gratuitamente num açougue e em pontos de ônibus da capital federal.

A Casa Vermelha fica na Rua Osvaldo Cruz, 1318. Quase esquina com Torres Câmara, vizinho ao Açaizeiro.