Praias paradisíacas e frio da serra são dicas de turismo no Ceará


Praias paradisíacas e frio da serra são dicas de turismo no Ceará

Selecionamos lugares que você não pode deixar de conhecer no estado; confira

Por Renatta Pimentel em Cultura

14 de junho de 2013 às 19:35

Há 6 anos

Fortaleza está entre as cidades brasileiras mais procuradas para turismo, mas não é somente a capital cearense que dispõe de atrativos, praias mais distantes como Jericoacora e serras como Guaramiranga são destinos bastante procurados por visitantes.

Separamos opções os turistas irem além da capital aproveitarem as maravilhas das demais regiões durante ou após a Copa das Confederações – para o período, Fortaleza deve receber 265 mil turistas, segundo estimativa da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur). Ainda de acordo com a secretaria, este número 30% maior do que o índice de visitantes em um mês de junho, sem o evento da Fifa.

Beach Park

Insano tem 41 metros de altura e proporciona 5 segundos de pura aventura (Foto: Reprodução/FacebooK)

Insano tem 41 metros de altura e proporciona 5 segundos aventura (Foto: Reprodução/FacebooK)

Vamos começar o nosso passeio pelo Beach Park, um dos maiores parques aquáticos da América Latina.  O complexo fica localizado a 16 quilômetros de Fortaleza, na praia de Porto das Dunas, no município de Aquiraz e conta com uma estrutura composta pelo parque aquático, quatro Resorts, além de restaurantes e serviços.

São mais de 18 atrações para você desfrutar. Entre os brinquedos, o destaque vai para o Insano – com 41 metros de altura, o equivalente a um prédio de 14 andares, o toboágua proporciona 5 segundos de sensação de queda livre a 105 km/h. É a atração mais radical do parque.

Cumbuco

Kitesurf é o esporte mais praticado no Cumbuco (Foto: Casa Cohiba/Divulgação)

A praia do Cumbuco está localizada na Costa Oeste do Ceará, inserida na região Metropolitana de Fortaleza e  distante aproximadamente apenas 30 kn do Centro da capital cearense.

Sua posição privilegiada é muito procurada por esportistas do mundo todo, já oque os melhores vents passam por essa região. Windsurf e Kitesurf são os mais praticados. Para viajar desde Fortaleza tem ônibus que faz o trajeto Beira Mar – Cumbuco (R$ 5 aproximadamente).

Atrativo

Uma das principais atrações é a Lagoa do Cauipe, de água limpa e plana, tem uma área muito boa para decolar e aterrizar o kite, sem obstáculos. As melhores horas para curtir a lagoa  são: cedo de 8h às 11h e depois de 16h às 17h quando as pessoas começam a ir ( e o vento também).

O clima é bom durante o ano todo com ventos constantes e temperaturas que oscilam entre 27º C e 32º C. Os melhores ventos são a partir de julho e janeiro, mais forte a meados de setembro. Como chegar: De Cumbuco existem três maneiras de chegar, pela praia com um buggy, através do caminho que cruza as dunas, mas a pavimentação não é boa, ou pela estrada na bifurcação ( não sinalizada).

Jericoacoara

Lagoa Azul disponibiliza de redes e espreguiçadeiras (Foto: Amo o Nordeste/Divulgação)

Lagoa Azul disponibiliza de redes e espreguiçadeiras (Foto: Amo o Nordeste/Divulgação)

A parada agora é em uma das praia mais paradisíacas do estado: Jericoacoara. A cidade ficou famosa por ser uma das praias mais belas e longas do mundo, cercada por dunas e lagoas de água doce – levando pessoas de todo o mundo a suas margens.

Jeri, como é carinhosamente chamada, fica a  300 quilômetros de Fortaleza – essa distância pode percorrida em um veículo 4×4 em cerca de quatro horas. Ou, mais recentemente, de ônibus: são cinco horas até a cidade de Jijoca de Jericoacoara e mais uma corcoveando pelas estradas de areia a bordo de um veículo adaptado (no jargão popular, jardineira) até a pequenina vila.

Nos últimos anos, o turismo se tornou a principal atividade deste antigo vilarejo de pescadores. Na larga faixa de areia da praia principal, confortáveis espreguiçadeiras os aguardam desde o amanhecer, em frente aos bares e restaurantes que ali estão para servir os tradicionais aperitivos de frutos do mar. O mais concorrido deles é o ClubVentos, um lugar multilíngue, onde italianos, ingleses e outros estrangeiros são maioria.

Atrações

O local é visto como um dos melhores do mundo para a prática destas atividades graças aos poderosos ventos alísios, que são capazes de criar ondas onde elas não existem. Por causa disso, a alta temporada lá difere dos outros destinos praianos: começa em julho e vai até dezembro.

Um dos principais cartões postais é a Pedra Furada, um arco natural de quase 5 metros de altura – é preciso aproveitar a maré baixa. Há como chegar lá a pé – caminhando uma hora pelas areias e debaixo de sol fortíssimo – ou de bugue, que vai até bem perto dela. Se puder, marque sua viagem entre junho e agosto, que é quando o sol se “encaixa” perfeitamente na pedra ao entardecer.

Outro ponto atraente é a Lagoa Azul. Redes e espreguiçadeiras são colocadas na lagoa para os turistas relaxarem e  saborearem os mais diversos petiscos e disfrutando de uma das belas paisagens deste país.

Canoa Quebrada

As Falésias são um dos atrativos de Canoa Quebrada (Foto: Divulgação)

As Falésias são um dos atrativos de Canoa Quebrada (Foto: Divulgação)

Localizada no município de Aracati, Canoa Quebrada fica a 166 quilômetros de distância de Fortaleza. As praias desta região são abençoadas com magníficos coqueiros, falésias e lagoas que surpreendem entre as enormes dunas de areia.

Transformou-se num ponto turístico em meados dos anos 70, por um grupo de hippies que se apaixonou pela beleza paradisíaca e a hospitalidade dos nativos que habitavam a vila. Hoje, além da paisagem única e exuberante, as atrações mais procuradas para aproveitar o sol forte são os mais de 80 hotéis em Canoa Quebrada e as excursões pelos pontos turísticos da região e pelas praias vizinhas, entre elas se encontram: Ponta Grossa, Garganta do Diabo, Rio Jaguaribe e o Parque de Dunas e Lagoas.

Atrativos

Canoa Quebrada possui características geográficas particulares. Além de ter temperatura estável (entre 27 e 30ºC) o ano todo, correntes ascendentes de ar quente, nas falésias, cria um ambiente ideal para prática de vôo com parapente e ventos vindos do leste de até 30 nós com águas calmas são perfeitos para prática e aprendizagem de Kitesurf, uma modalidade que vem crescendo rapidamente na região.

Se durante o dia o prato principal gira em torno de lagostas, peixes, arraias, camarões, ostras e caranguejos, à noite, além de todos estes frutos do mar, muitas outras delícias estão fumegando nas panelas, que em breve estarão à postos para o seu bel-prazer. Para isso, a Broadway será quase sempre o seu destino.

Se está doido para cair na gandaia, não fuja da Broadway e entre no ritmo do forró, reggae, dance, rock e axé nas boates, que ficam abertas até às 5 h da manhã.

Guaramiranga

Mirante do Pico Alto é destaque em Guaramiranga (Foto: Divulgação)

Mirante do Pico Alto é destaque em Guaramiranga (Foto: Divulgação)

Situada a 110 quilômetros Fortaleza, o município serrano encontra-se a 865 metrosde altitude, totalmente inserido na Área de Proteção Ambiental do Maciço de Baturité, com temperatura que varia entre 18 e 25ºC.

A paisagem proporciona um clima úmido e vegetação típica de mata atlântica intensificada pelas cores das flores nativas da região, surpreende seus visitantes com uma visão diferente do Ceará. Com uma população acolhedora a cidade tem se destacado no cenário nacional principalmente pela realização de diversos eventos de cunho cultural e turístico. É o local ideal para um convívio mais próximo à natureza.

Atrativos

De vários locais da cidade é possível ver o Mirante do Pico Alto (13 km do centro), ponto culminante do Maciço de Baturité, com 1.115 metros de altitude o 2º maior do Ceara e 3º do Nordeste. Do Pico, pode-se avistar a transição da serra com o sertão cearense, além de parte do rio Pacoti. O acesso ao local pode ser feito através de trilhas ecológicas ou por estradas de asfalto.

Cultura

Dentre as expressões culturais do Município, destacam-se as edificações religiosas, chácaras, capelas e sobrados; o artesanato; grupos de teatro, música e coral; a gastronomia; eventos como o Arte e Flor, o festival Nordestino de Teatro e o Festival de Jazz & Blues.

As flores que fazem o cenário de Guaramiranga também podem ser consideradas atrativos naturais. O município é hoje o maior exportador de flores do Brasil. Além disso, ainda existem o Parque Ecológico de Guaramiranga, uma área de proteção ambiental, as cachoeiras de São Paulo e do Urubu.

Publicidade

Dê sua opinião

Praias paradisíacas e frio da serra são dicas de turismo no Ceará

Selecionamos lugares que você não pode deixar de conhecer no estado; confira

Por Renatta Pimentel em Cultura

14 de junho de 2013 às 19:35

Há 6 anos

Fortaleza está entre as cidades brasileiras mais procuradas para turismo, mas não é somente a capital cearense que dispõe de atrativos, praias mais distantes como Jericoacora e serras como Guaramiranga são destinos bastante procurados por visitantes.

Separamos opções os turistas irem além da capital aproveitarem as maravilhas das demais regiões durante ou após a Copa das Confederações – para o período, Fortaleza deve receber 265 mil turistas, segundo estimativa da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur). Ainda de acordo com a secretaria, este número 30% maior do que o índice de visitantes em um mês de junho, sem o evento da Fifa.

Beach Park

Insano tem 41 metros de altura e proporciona 5 segundos de pura aventura (Foto: Reprodução/FacebooK)

Insano tem 41 metros de altura e proporciona 5 segundos aventura (Foto: Reprodução/FacebooK)

Vamos começar o nosso passeio pelo Beach Park, um dos maiores parques aquáticos da América Latina.  O complexo fica localizado a 16 quilômetros de Fortaleza, na praia de Porto das Dunas, no município de Aquiraz e conta com uma estrutura composta pelo parque aquático, quatro Resorts, além de restaurantes e serviços.

São mais de 18 atrações para você desfrutar. Entre os brinquedos, o destaque vai para o Insano – com 41 metros de altura, o equivalente a um prédio de 14 andares, o toboágua proporciona 5 segundos de sensação de queda livre a 105 km/h. É a atração mais radical do parque.

Cumbuco

Kitesurf é o esporte mais praticado no Cumbuco (Foto: Casa Cohiba/Divulgação)

A praia do Cumbuco está localizada na Costa Oeste do Ceará, inserida na região Metropolitana de Fortaleza e  distante aproximadamente apenas 30 kn do Centro da capital cearense.

Sua posição privilegiada é muito procurada por esportistas do mundo todo, já oque os melhores vents passam por essa região. Windsurf e Kitesurf são os mais praticados. Para viajar desde Fortaleza tem ônibus que faz o trajeto Beira Mar – Cumbuco (R$ 5 aproximadamente).

Atrativo

Uma das principais atrações é a Lagoa do Cauipe, de água limpa e plana, tem uma área muito boa para decolar e aterrizar o kite, sem obstáculos. As melhores horas para curtir a lagoa  são: cedo de 8h às 11h e depois de 16h às 17h quando as pessoas começam a ir ( e o vento também).

O clima é bom durante o ano todo com ventos constantes e temperaturas que oscilam entre 27º C e 32º C. Os melhores ventos são a partir de julho e janeiro, mais forte a meados de setembro. Como chegar: De Cumbuco existem três maneiras de chegar, pela praia com um buggy, através do caminho que cruza as dunas, mas a pavimentação não é boa, ou pela estrada na bifurcação ( não sinalizada).

Jericoacoara

Lagoa Azul disponibiliza de redes e espreguiçadeiras (Foto: Amo o Nordeste/Divulgação)

Lagoa Azul disponibiliza de redes e espreguiçadeiras (Foto: Amo o Nordeste/Divulgação)

A parada agora é em uma das praia mais paradisíacas do estado: Jericoacoara. A cidade ficou famosa por ser uma das praias mais belas e longas do mundo, cercada por dunas e lagoas de água doce – levando pessoas de todo o mundo a suas margens.

Jeri, como é carinhosamente chamada, fica a  300 quilômetros de Fortaleza – essa distância pode percorrida em um veículo 4×4 em cerca de quatro horas. Ou, mais recentemente, de ônibus: são cinco horas até a cidade de Jijoca de Jericoacoara e mais uma corcoveando pelas estradas de areia a bordo de um veículo adaptado (no jargão popular, jardineira) até a pequenina vila.

Nos últimos anos, o turismo se tornou a principal atividade deste antigo vilarejo de pescadores. Na larga faixa de areia da praia principal, confortáveis espreguiçadeiras os aguardam desde o amanhecer, em frente aos bares e restaurantes que ali estão para servir os tradicionais aperitivos de frutos do mar. O mais concorrido deles é o ClubVentos, um lugar multilíngue, onde italianos, ingleses e outros estrangeiros são maioria.

Atrações

O local é visto como um dos melhores do mundo para a prática destas atividades graças aos poderosos ventos alísios, que são capazes de criar ondas onde elas não existem. Por causa disso, a alta temporada lá difere dos outros destinos praianos: começa em julho e vai até dezembro.

Um dos principais cartões postais é a Pedra Furada, um arco natural de quase 5 metros de altura – é preciso aproveitar a maré baixa. Há como chegar lá a pé – caminhando uma hora pelas areias e debaixo de sol fortíssimo – ou de bugue, que vai até bem perto dela. Se puder, marque sua viagem entre junho e agosto, que é quando o sol se “encaixa” perfeitamente na pedra ao entardecer.

Outro ponto atraente é a Lagoa Azul. Redes e espreguiçadeiras são colocadas na lagoa para os turistas relaxarem e  saborearem os mais diversos petiscos e disfrutando de uma das belas paisagens deste país.

Canoa Quebrada

As Falésias são um dos atrativos de Canoa Quebrada (Foto: Divulgação)

As Falésias são um dos atrativos de Canoa Quebrada (Foto: Divulgação)

Localizada no município de Aracati, Canoa Quebrada fica a 166 quilômetros de distância de Fortaleza. As praias desta região são abençoadas com magníficos coqueiros, falésias e lagoas que surpreendem entre as enormes dunas de areia.

Transformou-se num ponto turístico em meados dos anos 70, por um grupo de hippies que se apaixonou pela beleza paradisíaca e a hospitalidade dos nativos que habitavam a vila. Hoje, além da paisagem única e exuberante, as atrações mais procuradas para aproveitar o sol forte são os mais de 80 hotéis em Canoa Quebrada e as excursões pelos pontos turísticos da região e pelas praias vizinhas, entre elas se encontram: Ponta Grossa, Garganta do Diabo, Rio Jaguaribe e o Parque de Dunas e Lagoas.

Atrativos

Canoa Quebrada possui características geográficas particulares. Além de ter temperatura estável (entre 27 e 30ºC) o ano todo, correntes ascendentes de ar quente, nas falésias, cria um ambiente ideal para prática de vôo com parapente e ventos vindos do leste de até 30 nós com águas calmas são perfeitos para prática e aprendizagem de Kitesurf, uma modalidade que vem crescendo rapidamente na região.

Se durante o dia o prato principal gira em torno de lagostas, peixes, arraias, camarões, ostras e caranguejos, à noite, além de todos estes frutos do mar, muitas outras delícias estão fumegando nas panelas, que em breve estarão à postos para o seu bel-prazer. Para isso, a Broadway será quase sempre o seu destino.

Se está doido para cair na gandaia, não fuja da Broadway e entre no ritmo do forró, reggae, dance, rock e axé nas boates, que ficam abertas até às 5 h da manhã.

Guaramiranga

Mirante do Pico Alto é destaque em Guaramiranga (Foto: Divulgação)

Mirante do Pico Alto é destaque em Guaramiranga (Foto: Divulgação)

Situada a 110 quilômetros Fortaleza, o município serrano encontra-se a 865 metrosde altitude, totalmente inserido na Área de Proteção Ambiental do Maciço de Baturité, com temperatura que varia entre 18 e 25ºC.

A paisagem proporciona um clima úmido e vegetação típica de mata atlântica intensificada pelas cores das flores nativas da região, surpreende seus visitantes com uma visão diferente do Ceará. Com uma população acolhedora a cidade tem se destacado no cenário nacional principalmente pela realização de diversos eventos de cunho cultural e turístico. É o local ideal para um convívio mais próximo à natureza.

Atrativos

De vários locais da cidade é possível ver o Mirante do Pico Alto (13 km do centro), ponto culminante do Maciço de Baturité, com 1.115 metros de altitude o 2º maior do Ceara e 3º do Nordeste. Do Pico, pode-se avistar a transição da serra com o sertão cearense, além de parte do rio Pacoti. O acesso ao local pode ser feito através de trilhas ecológicas ou por estradas de asfalto.

Cultura

Dentre as expressões culturais do Município, destacam-se as edificações religiosas, chácaras, capelas e sobrados; o artesanato; grupos de teatro, música e coral; a gastronomia; eventos como o Arte e Flor, o festival Nordestino de Teatro e o Festival de Jazz & Blues.

As flores que fazem o cenário de Guaramiranga também podem ser consideradas atrativos naturais. O município é hoje o maior exportador de flores do Brasil. Além disso, ainda existem o Parque Ecológico de Guaramiranga, uma área de proteção ambiental, as cachoeiras de São Paulo e do Urubu.