Marca recém-criada aposta em estampas com ícones da cultura cearense

VOCÊ USARIA?

Marca recém-criada aposta em estampas com ícones da cultura cearense

A Baba viralizou nas redes sociais com uma blusa da cajuína São Geraldo, que desfilou no Dragão Fashion Brasil, em Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Moda

27 de maio de 2019 às 07:00

Há 1 ano
As blusas já estão sendo vendidas (FOTO: Roberta Braga)

As blusas já estão sendo vendidas (FOTO: Roberta Braga)

Relembrar o passado é memorável para muitos cearenses. E, se forem ícones que fizeram parte da história e costumes da cidade, mais ainda. Uma marca cearense recém-lançada resolveu inovar e criar uma coleção completa inspirada em produtos que trazem memória afetiva local.

Uma das peças que mais chamou atenção nos últimos dias traz a marca da cajuína São Geraldo, de Juazeiro do Norte. De acordo com o diretor de criação da Baba, Gabriel Baquit, a ideia da coleção era resgatar o passado.

“Memória afetiva que a gente tem por algumas marcas, produtos. Eu sou publicitário por formação e o apelo visual de produtos e dos comerciais sempre me chamou muita atenção”.

A coleção é toda inspirada em grandes ícones da cultura cearense. “A gente tentou fazer uma volta no passado no gosto da cajuína, da embalagem da pipoca Luiza, as arte do sapateiro Alves, o carro do sorvete”.

A estreia da marca foi grande, nas passarelas do Dragão Fashion Brasil, em Fortaleza. “Surgimos faz dois meses e recebemos o convite. Foi nosso primeiro e grande desfile”.

A Baba ainda não tinha sido comercializada até a apresentação. “A gente focou muito desfile, que foi nosso primeiro. A produção de peças que fizemos foi pequena, mas a procura tá muito grande, principalmente as peças da São Geraldo, Fusquinha e sorveteiro”.

Gabriel comenta que desenvolveu uma família de roupas baseada na logo da Policar. “Com a cartela de cores da logo e claro que a gente não poderia deixar de fora o Sujinho e o Polidinho, os personagens clássicos da propaganda”. As blusas já estão sendo vendidas. Os valores são, em média, R$ 99 as t-shirts e R$ 169 as camisas.

Publicidade

Dê sua opinião

VOCÊ USARIA?

Marca recém-criada aposta em estampas com ícones da cultura cearense

A Baba viralizou nas redes sociais com uma blusa da cajuína São Geraldo, que desfilou no Dragão Fashion Brasil, em Fortaleza

Por Tribuna do Ceará em Moda

27 de maio de 2019 às 07:00

Há 1 ano
As blusas já estão sendo vendidas (FOTO: Roberta Braga)

As blusas já estão sendo vendidas (FOTO: Roberta Braga)

Relembrar o passado é memorável para muitos cearenses. E, se forem ícones que fizeram parte da história e costumes da cidade, mais ainda. Uma marca cearense recém-lançada resolveu inovar e criar uma coleção completa inspirada em produtos que trazem memória afetiva local.

Uma das peças que mais chamou atenção nos últimos dias traz a marca da cajuína São Geraldo, de Juazeiro do Norte. De acordo com o diretor de criação da Baba, Gabriel Baquit, a ideia da coleção era resgatar o passado.

“Memória afetiva que a gente tem por algumas marcas, produtos. Eu sou publicitário por formação e o apelo visual de produtos e dos comerciais sempre me chamou muita atenção”.

A coleção é toda inspirada em grandes ícones da cultura cearense. “A gente tentou fazer uma volta no passado no gosto da cajuína, da embalagem da pipoca Luiza, as arte do sapateiro Alves, o carro do sorvete”.

A estreia da marca foi grande, nas passarelas do Dragão Fashion Brasil, em Fortaleza. “Surgimos faz dois meses e recebemos o convite. Foi nosso primeiro e grande desfile”.

A Baba ainda não tinha sido comercializada até a apresentação. “A gente focou muito desfile, que foi nosso primeiro. A produção de peças que fizemos foi pequena, mas a procura tá muito grande, principalmente as peças da São Geraldo, Fusquinha e sorveteiro”.

Gabriel comenta que desenvolveu uma família de roupas baseada na logo da Policar. “Com a cartela de cores da logo e claro que a gente não poderia deixar de fora o Sujinho e o Polidinho, os personagens clássicos da propaganda”. As blusas já estão sendo vendidas. Os valores são, em média, R$ 99 as t-shirts e R$ 169 as camisas.