Apps prometem quebrar rotina da vida sexual e esquentar relação


Quer apimentar a relação com o companheiro? Apps te ajudam a quebrar rotina sexual

“Pessoas buscam algo que lhes proporcione mais emoção e prazer”, comenta sexóloga

Por Roberta Tavares em Mulher

3 de julho de 2016 às 06:00

Há 4 anos
Aplicativos ajudam a apimentar a relação (FOTO: Divulgação)

Aplicativos ajudam a apimentar a relação (FOTO: Divulgação)

A maneira como as pessoas têm contatos, se encontram ou mantêm uma relação amorosa ou sexual nunca mais foi a mesma desde que a internet chegou. Os avanços tecnológicos permitiram a criação de aplicativos para celular, que oferecem vários serviços na palma da mão.

Segundo a sexóloga Carla Cecarello, quem se aventura pelos caminhos dos aplicativos de encontro está procurando, principalmente, diversão e prazer. “Poderíamos enumerar uma série de motivos que levam as pessoas na busca de aplicativos e sites de relacionamentos, mas, o que vemos são pessoas, na grande maioria das vezes, em busca de algo novo e diferente para suas vidas. Algo que lhes proporcione mais emoção e, consequentemente, mais prazer”, afirma.

Pensando nisso, o site C-date separou uma lista de aplicativos que podem te dar uma forcinha para apimentar o sexo. Confira:

C-date: O site de encontros casuais possui também uma versão mobile. O aplicativo está disponível em dispositivos Android e IOS e permite criar um perfil para encontrar pessoas que estão próximas ao usuário. Realizado o cadastro, é possível descrever quais as preferências sexuais para encontrar um par compatível para uma noite quente de sexo sem compromisso. O site possui cerca de 5 milhões de usuários no Brasil e está presente em 35 países.

Fuckbook: É uma rede social voltada para pessoas que querem apimentar as relações online. Ela funciona como o Facebook, ou seja, é possível postar vídeos, fotos ou frases para que outras pessoas acompanhem na linha do tempo. No entanto, nessa rede social todo o conteúdo tem um teor picante, e as curtidas significam que a outra pessoa sentiu tesão por você. No cadastro é possível escolher seus interesses na rede: amor, sexo, diversão. A plataforma possui mais de 7 milhões de usuários.

Jogo Sensual Livre: Para quem quer sair da rotina, esse aplicativo é um jogo que tornam o sexo mais instigante. Nele é possível selecionar uma música e funciona como a brincadeira dos dados. O aplicativo escolhe uma parte do corpo, o que deve ser feito e por quanto tempo.

Sexlog: É uma rede social voltada para troca de casais e sexo. O site funciona semelhante o Facebook, onde é possível encontrar parceiros interessados na prática do swing. Ménage ou até mesmo um relacionamento mais liberal. Também é possível compartilhar e ter acesso a imagens picantes. Além disso, a plataforma possui o Sex Messenger, que serve para os usuários trocaram mensagens, e salas com webcam.

Sexting/Snapchat: Para os que gostam de sexo por telefone, mas não arriscam mandar fotos mais picantes por medo de cair na rede, esse aplicativo pode ser a solução. Depois que a foto é visualizada ela desaparece e, caso a pessoa que recebe a foto tentar dar um print, você é avisado na hora. Carla Cecarello faz um alerta para quem quer compartilhar fotos e vídeos próprios “Para quem é adepto da prática do sexting precisa tomar cuidado para que o conteúdo não caia em mão erradas”, adianta. A principal dica da sexóloga é enviar conteúdos que não exponham o rosto, apenas o corpo ou parte dele. Imagens sugestivas, que não revelem nada por completo.

Uplust: Semelhante ao Instagram, nele é possível compartilhar imagens eróticas e criar hashtags excitantes. Assim como no Insta, dá para deixar a foto privada ou pública e receber curtidas. Para quem só quer acompanhar, pode apenas criar um perfil e escolher as pessoas a serem seguidas.

3nder: Para quem quer se aventurar ou apimentar a relação, o aplicativo 3nder é voltado para pessoas que procuram sexo a três. Basta criar um perfil indicando o que deseja e o app mostra pessoas que procuram pelo o mesmo. Assim como no Tinder, o aplicativo só revela se você se interessou se ela se interessar também.

69 Places: Já para quem gosta de se arriscar e fazer sexo em lugares inusitados esse é aplicativo certo. Ele sugere os lugares mais indicados para sexo. Mas é importante lembrar que no Brasil sexo em público é crime, então é melhor tomar cuidado.

Publicidade

Dê sua opinião

Quer apimentar a relação com o companheiro? Apps te ajudam a quebrar rotina sexual

“Pessoas buscam algo que lhes proporcione mais emoção e prazer”, comenta sexóloga

Por Roberta Tavares em Mulher

3 de julho de 2016 às 06:00

Há 4 anos
Aplicativos ajudam a apimentar a relação (FOTO: Divulgação)

Aplicativos ajudam a apimentar a relação (FOTO: Divulgação)

A maneira como as pessoas têm contatos, se encontram ou mantêm uma relação amorosa ou sexual nunca mais foi a mesma desde que a internet chegou. Os avanços tecnológicos permitiram a criação de aplicativos para celular, que oferecem vários serviços na palma da mão.

Segundo a sexóloga Carla Cecarello, quem se aventura pelos caminhos dos aplicativos de encontro está procurando, principalmente, diversão e prazer. “Poderíamos enumerar uma série de motivos que levam as pessoas na busca de aplicativos e sites de relacionamentos, mas, o que vemos são pessoas, na grande maioria das vezes, em busca de algo novo e diferente para suas vidas. Algo que lhes proporcione mais emoção e, consequentemente, mais prazer”, afirma.

Pensando nisso, o site C-date separou uma lista de aplicativos que podem te dar uma forcinha para apimentar o sexo. Confira:

C-date: O site de encontros casuais possui também uma versão mobile. O aplicativo está disponível em dispositivos Android e IOS e permite criar um perfil para encontrar pessoas que estão próximas ao usuário. Realizado o cadastro, é possível descrever quais as preferências sexuais para encontrar um par compatível para uma noite quente de sexo sem compromisso. O site possui cerca de 5 milhões de usuários no Brasil e está presente em 35 países.

Fuckbook: É uma rede social voltada para pessoas que querem apimentar as relações online. Ela funciona como o Facebook, ou seja, é possível postar vídeos, fotos ou frases para que outras pessoas acompanhem na linha do tempo. No entanto, nessa rede social todo o conteúdo tem um teor picante, e as curtidas significam que a outra pessoa sentiu tesão por você. No cadastro é possível escolher seus interesses na rede: amor, sexo, diversão. A plataforma possui mais de 7 milhões de usuários.

Jogo Sensual Livre: Para quem quer sair da rotina, esse aplicativo é um jogo que tornam o sexo mais instigante. Nele é possível selecionar uma música e funciona como a brincadeira dos dados. O aplicativo escolhe uma parte do corpo, o que deve ser feito e por quanto tempo.

Sexlog: É uma rede social voltada para troca de casais e sexo. O site funciona semelhante o Facebook, onde é possível encontrar parceiros interessados na prática do swing. Ménage ou até mesmo um relacionamento mais liberal. Também é possível compartilhar e ter acesso a imagens picantes. Além disso, a plataforma possui o Sex Messenger, que serve para os usuários trocaram mensagens, e salas com webcam.

Sexting/Snapchat: Para os que gostam de sexo por telefone, mas não arriscam mandar fotos mais picantes por medo de cair na rede, esse aplicativo pode ser a solução. Depois que a foto é visualizada ela desaparece e, caso a pessoa que recebe a foto tentar dar um print, você é avisado na hora. Carla Cecarello faz um alerta para quem quer compartilhar fotos e vídeos próprios “Para quem é adepto da prática do sexting precisa tomar cuidado para que o conteúdo não caia em mão erradas”, adianta. A principal dica da sexóloga é enviar conteúdos que não exponham o rosto, apenas o corpo ou parte dele. Imagens sugestivas, que não revelem nada por completo.

Uplust: Semelhante ao Instagram, nele é possível compartilhar imagens eróticas e criar hashtags excitantes. Assim como no Insta, dá para deixar a foto privada ou pública e receber curtidas. Para quem só quer acompanhar, pode apenas criar um perfil e escolher as pessoas a serem seguidas.

3nder: Para quem quer se aventurar ou apimentar a relação, o aplicativo 3nder é voltado para pessoas que procuram sexo a três. Basta criar um perfil indicando o que deseja e o app mostra pessoas que procuram pelo o mesmo. Assim como no Tinder, o aplicativo só revela se você se interessou se ela se interessar também.

69 Places: Já para quem gosta de se arriscar e fazer sexo em lugares inusitados esse é aplicativo certo. Ele sugere os lugares mais indicados para sexo. Mas é importante lembrar que no Brasil sexo em público é crime, então é melhor tomar cuidado.