Dupla se apresenta ao som de vinil em espaços públicos e privados de Fortaleza

DISCOTECAGEM

Dupla se apresenta ao som de vinil em espaços públicos e privados de Fortaleza

O projeto “2 na Radiola” surgiu em 2017, por dois amigos que uniram o gosto em comum pela música e as coleções de discos LPs

Por Vitória Barbosa em Música

13 de agosto de 2019 às 07:00

Há 5 dias

Magnun e Rogério discotecam em espaços públicos e privados da cidade (FOTO: Arquivo Pessoal)

Na era em que as músicas são ouvidas em plataformas streamings na internet, um projeto volta a usar vitrola e vinis. O “2 na Radiola” surgiu em 2017, por dois amigos que uniram o gosto em comum pela música e as coleções de discos. Magnun e Rogério Montenegro são bancários e discotecam em espaços públicos e privados de Fortaleza.

Tudo começou em um bar no bairro Benfica. Os dois amigos frequentavam o estabelecimento, que até então estava sem DJ. Com isso, o dono do bar pediu para que a dupla assumisse a música do local.

“Começamos sem muita pretensão. O público gostou e faz mais de dois anos que estamos residentes no Cantinho Acadêmico. Depois vieram os convites para eventos particulares, como clube da Caixa na Messejana, Botequim dos Bancários”, explicou.

Eles começaram com uma radiola profissional e uma amadora. Com o tempo, foram investindo em equipamentos de som e luz. Também passaram a usar vitrola profissional e adquiriram mais discos.

No início, a ideia dos dois era tocar apenas samba, mas as pessoas começaram a pedir música e escolher os discos. Hoje, samba, axé, brega, rock nacional e internacional, discoteca e MPB estão entre os estilos musicais dos 350 LPs que os artistas levam para as apresentações.

Ao todo, a dupla possui um acervo de 6 mil discos e as pessoas podem escolher as músicas diretamente no acervo. “Quando o cliente pede uma música e não temos na hora, fazemos o máximo possível para no próximo encontro atender o pedido”, destacou.

Mercado dos Pinhões e Passeio Público

Vitrolas e vinis fazem o som no projeto “2 na Radiola” (FOTO: Arquivo Pessoal)

A partir do desejo de expandir o trabalho e divulgar o vinil, Magnun e Rogério se inscreveram no II Edital das Artes, da Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor). O 2 na Radiola foi contemplado pelo Edital e Magnum e Rogério, agora, se apresentam no Mercado dos Pinhões e no Passeio Público.

A iniciativa prevê investimento financeiro para projetos inscritos em diferentes categorias de artes, como Música, Teatro e Literatura. Em troca, os artistas se apresentam em aparelhos públicos.

Sobre o projeto, Magnum relata que as pessoas gostam muito do tipo de música e relembram do passado delas. “Muitas pessoas passam e tem aquele sentimento de nostalgia. Pegar um LP e lembrar que tinha, que dançou”.

Publicidade

Dê sua opinião

DISCOTECAGEM

Dupla se apresenta ao som de vinil em espaços públicos e privados de Fortaleza

O projeto “2 na Radiola” surgiu em 2017, por dois amigos que uniram o gosto em comum pela música e as coleções de discos LPs

Por Vitória Barbosa em Música

13 de agosto de 2019 às 07:00

Há 5 dias

Magnun e Rogério discotecam em espaços públicos e privados da cidade (FOTO: Arquivo Pessoal)

Na era em que as músicas são ouvidas em plataformas streamings na internet, um projeto volta a usar vitrola e vinis. O “2 na Radiola” surgiu em 2017, por dois amigos que uniram o gosto em comum pela música e as coleções de discos. Magnun e Rogério Montenegro são bancários e discotecam em espaços públicos e privados de Fortaleza.

Tudo começou em um bar no bairro Benfica. Os dois amigos frequentavam o estabelecimento, que até então estava sem DJ. Com isso, o dono do bar pediu para que a dupla assumisse a música do local.

“Começamos sem muita pretensão. O público gostou e faz mais de dois anos que estamos residentes no Cantinho Acadêmico. Depois vieram os convites para eventos particulares, como clube da Caixa na Messejana, Botequim dos Bancários”, explicou.

Eles começaram com uma radiola profissional e uma amadora. Com o tempo, foram investindo em equipamentos de som e luz. Também passaram a usar vitrola profissional e adquiriram mais discos.

No início, a ideia dos dois era tocar apenas samba, mas as pessoas começaram a pedir música e escolher os discos. Hoje, samba, axé, brega, rock nacional e internacional, discoteca e MPB estão entre os estilos musicais dos 350 LPs que os artistas levam para as apresentações.

Ao todo, a dupla possui um acervo de 6 mil discos e as pessoas podem escolher as músicas diretamente no acervo. “Quando o cliente pede uma música e não temos na hora, fazemos o máximo possível para no próximo encontro atender o pedido”, destacou.

Mercado dos Pinhões e Passeio Público

Vitrolas e vinis fazem o som no projeto “2 na Radiola” (FOTO: Arquivo Pessoal)

A partir do desejo de expandir o trabalho e divulgar o vinil, Magnun e Rogério se inscreveram no II Edital das Artes, da Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor). O 2 na Radiola foi contemplado pelo Edital e Magnum e Rogério, agora, se apresentam no Mercado dos Pinhões e no Passeio Público.

A iniciativa prevê investimento financeiro para projetos inscritos em diferentes categorias de artes, como Música, Teatro e Literatura. Em troca, os artistas se apresentam em aparelhos públicos.

Sobre o projeto, Magnum relata que as pessoas gostam muito do tipo de música e relembram do passado delas. “Muitas pessoas passam e tem aquele sentimento de nostalgia. Pegar um LP e lembrar que tinha, que dançou”.