Músicas com nomes de pessoas têm histórias de bullying e brincadeiras


Músicas com nomes de pessoas têm histórias de bullying e brincadeiras

Seja Janaína, Anna Júlia, Alejandro, Renata, Juliana, Natasha ou Camila, a notoriedade dessas canções geraram – e ainda geram – muita galhofa e zombaria entre amigos

Por Wolney Batista em Música

26 de abril de 2014 às 13:00

Há 5 anos
anna julia

Anna Júlia foi responsável por lançar a banda Los Hermanos ao sucesso, em 1999 (FOTO: Reprodução clipe)

O desejo de qualquer cantor é que uma música sua se transforme em um sucesso e caia na “boca do povo”. Quando essas composições são intituladas com nomes de pessoas, o alcance popular pode interferir na vida de cidadãos comuns. Janaínas, Anna Júlias, Terezas, Alejandros…A notoriedade dessas canções geraram brincadeira entre conhecidos.

A adolescência da operadora de Turismo Ana Julia Teixeira foi marcada por situações cômicas após o sucesso de  “Anna Júlia” da banda Los Hermanos.  Ela tinha 16 anos na época do boom e conviveu quase diariamente com as “homenagens” dos colegas de escola.

A brincadeira crescia de acordo com o número de amigos no grupo. “Quando a música tocava as pessoas faziam uma rodinha ao meu redor e cantavam pra mim. Pediam pra eu mostrar o RG”, recorda. 15 anos depois do sucesso, do grupo ter se negado a tocar a música em apresentações e terem se separados para seguir em projetos paralelos, a canção ainda é lembrada. “Até hoje, se eu vou em algum lugar que chamam meu nome, as pessoas falam”.

A assessora de comunicação Carolina Nogueira confessa que a experiência de ter seu nome estampado no samba de Seu Jorge e na composição de Chico Buarque é divertida e gera uma atenção gratuita das outras pessoas. “A música não é pra você especificamente, mas tem gente que sempre lembra de você quando escuta, ou que acaba lembrando da música quando te vê”, reflete.  Ela conta que se identifica com os versos dos dois artistas, dependendo do estado de espírito.  Quando está introspectiva, vive a Carolina de Chico Buarque, quando está animada, prefere ser a Carolina de Seu Jorge.

Apesar de ter uma relação positiva com as composições, ela pondera que músicas com nomes de pessoas podem ser objeto de constrangimento.  “Não é toda música que tem a letra bacana. Às vezes a música já faz bullying“. A jornalista Renatta Pimentel sabe bem o que é isso desde 2004, ano em que o cantor Latino lançou o hit “Renata, ingrata”. Na letra da música, o funkeiro lamenta ser abandonado pela amada.

“Até hoje cantam pra mim, mas só de brincadeira mesmo. Nunca tive problemas com isso, era só por zoação. Até porque na época não existia a palavra bullying, então era só frescura”, brinca a Renatta cearense. Ela ressalta que existe uma outra Renata famosa na música brasileira, a de Chico Buarque “mas essa ninguém lembra”, diverte-se.

Los Hermanos
1/10

Los Hermanos

Los Hermanos

Seu Jorge
2/10

Seu Jorge

Seu Jorge

Lady Gaga
3/10

Lady Gaga

Lady Gaga

Latino
4/10

Latino

Latino

Biquíni Cavadão
5/10

Biquíni Cavadão

Biquíni Cavadão

Capital Inicial
6/10

Capital Inicial

Capital Inicial

Cazuza
7/10

Cazuza

Cazuza

Jorge Ben
8/10

Jorge Ben

Jorge Ben

Legião Urbana
9/10

Legião Urbana

Legião Urbana

Fausto Fawcett
10/10

Fausto Fawcett

Fausto Fawcett

Quem não teve uma amiga chamada Tereza e imediatamente veio à mente um trecho da música de Jorge Ben homônima? A pergunta “Cadê Tereza? lá lá lá lá”, repetida pelo cantor no refrão do samba não incomodou a publicitária Tereza Soares. Ela conta que conhecidos já cantaram para ela algumas vezes, mas que isso nunca chegou a incomodar.

A agente de aeroporto Daniele Pinheiro viveu uma relação intensa com as músicas que levam o seu nome. Na década de 1990 a cantora Xuxa lançou a música “Jogo da Rima”, na qual canta o trecho “Dani, Daniela o balanço é com ela o swing é de arrasar”. Ela conta que apesar da variação do nome, a composição acompanhou boa parte da sua vida quando criança. “Eu passei minha infância ouvindo essa”, admira-se.

Anos mais tarde, o rock do Biquíni Cavadão tomou lugar de Xuxa com a música “Dani”. “A ‘Dani’ do Biquíni foi melhor porque é como as pessoas me chamam e eu adoro a colocação ‘Dani-se o mundo'”, relembra. Ela conta que na época era bastante fã da banda e foi a vários shows dos roqueiros no Ceará.

Confira lista com músicas/nomes famosos:

Janaína (Biquíni Cavadão)
Daniela (Biquíni Cavadão)
Cátia Cachaça (Latino)
Renata (Latino)
Anna Júlia (Los Hermanos)
Camila, Camila (Nenhum de Nós)
Carla (LS Jack)
Carolina (Seu Jorge)
Carolina (Chico Buarque)
Natasha (Capital Inicial)
Fátima (Capital Inicial)
Eduardo e Mônica (Legião Urbana)
Florentina (Tiririca)
Juliana (Raça Pura)
Sandra Rosa Madalena (Sidney Magal)
Cadê Dalila (Ivete Sangalo)
Emílio (Timbalada)
Lady Laura (Roberto Carlos)
Cadê Tereza? (Jorge Ben)
Maria Chiquinha (Sandy & Júnior)
Bete Balanço (Cazuza)
Marvin (Titãs)
Monalisa (Jorge Vercilo)
Sou Stefhanie/Crossfox (Stefhanie)
Jackie Tequila (Skank)
Sam (Skank)
Madalena (Martinho da Villa)
Maria, Maria (Milton Nascimento)
Kátia Flávia (Fausto Fawcett/Fernanda Abreu)

Música internacional:

Ruby (Kaiser Chiefs)
Alejandro (Lady Gaga)
Billie Jean (Michael Jackson)
Roberta (Pepinno DiCapri)
Daniel (Elton John)
Iris (Goo Goo Dolls)
Maria, Maria (Santana)
Maria (Ricky Martin)
Ben (Jackson 5)
Layla (Eric Clapton)
Valerie (Amy Winehouse)

Publicidade

Dê sua opinião

Músicas com nomes de pessoas têm histórias de bullying e brincadeiras

Seja Janaína, Anna Júlia, Alejandro, Renata, Juliana, Natasha ou Camila, a notoriedade dessas canções geraram – e ainda geram – muita galhofa e zombaria entre amigos

Por Wolney Batista em Música

26 de abril de 2014 às 13:00

Há 5 anos
anna julia

Anna Júlia foi responsável por lançar a banda Los Hermanos ao sucesso, em 1999 (FOTO: Reprodução clipe)

O desejo de qualquer cantor é que uma música sua se transforme em um sucesso e caia na “boca do povo”. Quando essas composições são intituladas com nomes de pessoas, o alcance popular pode interferir na vida de cidadãos comuns. Janaínas, Anna Júlias, Terezas, Alejandros…A notoriedade dessas canções geraram brincadeira entre conhecidos.

A adolescência da operadora de Turismo Ana Julia Teixeira foi marcada por situações cômicas após o sucesso de  “Anna Júlia” da banda Los Hermanos.  Ela tinha 16 anos na época do boom e conviveu quase diariamente com as “homenagens” dos colegas de escola.

A brincadeira crescia de acordo com o número de amigos no grupo. “Quando a música tocava as pessoas faziam uma rodinha ao meu redor e cantavam pra mim. Pediam pra eu mostrar o RG”, recorda. 15 anos depois do sucesso, do grupo ter se negado a tocar a música em apresentações e terem se separados para seguir em projetos paralelos, a canção ainda é lembrada. “Até hoje, se eu vou em algum lugar que chamam meu nome, as pessoas falam”.

A assessora de comunicação Carolina Nogueira confessa que a experiência de ter seu nome estampado no samba de Seu Jorge e na composição de Chico Buarque é divertida e gera uma atenção gratuita das outras pessoas. “A música não é pra você especificamente, mas tem gente que sempre lembra de você quando escuta, ou que acaba lembrando da música quando te vê”, reflete.  Ela conta que se identifica com os versos dos dois artistas, dependendo do estado de espírito.  Quando está introspectiva, vive a Carolina de Chico Buarque, quando está animada, prefere ser a Carolina de Seu Jorge.

Apesar de ter uma relação positiva com as composições, ela pondera que músicas com nomes de pessoas podem ser objeto de constrangimento.  “Não é toda música que tem a letra bacana. Às vezes a música já faz bullying“. A jornalista Renatta Pimentel sabe bem o que é isso desde 2004, ano em que o cantor Latino lançou o hit “Renata, ingrata”. Na letra da música, o funkeiro lamenta ser abandonado pela amada.

“Até hoje cantam pra mim, mas só de brincadeira mesmo. Nunca tive problemas com isso, era só por zoação. Até porque na época não existia a palavra bullying, então era só frescura”, brinca a Renatta cearense. Ela ressalta que existe uma outra Renata famosa na música brasileira, a de Chico Buarque “mas essa ninguém lembra”, diverte-se.

Los Hermanos
1/10

Los Hermanos

Los Hermanos

Seu Jorge
2/10

Seu Jorge

Seu Jorge

Lady Gaga
3/10

Lady Gaga

Lady Gaga

Latino
4/10

Latino

Latino

Biquíni Cavadão
5/10

Biquíni Cavadão

Biquíni Cavadão

Capital Inicial
6/10

Capital Inicial

Capital Inicial

Cazuza
7/10

Cazuza

Cazuza

Jorge Ben
8/10

Jorge Ben

Jorge Ben

Legião Urbana
9/10

Legião Urbana

Legião Urbana

Fausto Fawcett
10/10

Fausto Fawcett

Fausto Fawcett

Quem não teve uma amiga chamada Tereza e imediatamente veio à mente um trecho da música de Jorge Ben homônima? A pergunta “Cadê Tereza? lá lá lá lá”, repetida pelo cantor no refrão do samba não incomodou a publicitária Tereza Soares. Ela conta que conhecidos já cantaram para ela algumas vezes, mas que isso nunca chegou a incomodar.

A agente de aeroporto Daniele Pinheiro viveu uma relação intensa com as músicas que levam o seu nome. Na década de 1990 a cantora Xuxa lançou a música “Jogo da Rima”, na qual canta o trecho “Dani, Daniela o balanço é com ela o swing é de arrasar”. Ela conta que apesar da variação do nome, a composição acompanhou boa parte da sua vida quando criança. “Eu passei minha infância ouvindo essa”, admira-se.

Anos mais tarde, o rock do Biquíni Cavadão tomou lugar de Xuxa com a música “Dani”. “A ‘Dani’ do Biquíni foi melhor porque é como as pessoas me chamam e eu adoro a colocação ‘Dani-se o mundo'”, relembra. Ela conta que na época era bastante fã da banda e foi a vários shows dos roqueiros no Ceará.

Confira lista com músicas/nomes famosos:

Janaína (Biquíni Cavadão)
Daniela (Biquíni Cavadão)
Cátia Cachaça (Latino)
Renata (Latino)
Anna Júlia (Los Hermanos)
Camila, Camila (Nenhum de Nós)
Carla (LS Jack)
Carolina (Seu Jorge)
Carolina (Chico Buarque)
Natasha (Capital Inicial)
Fátima (Capital Inicial)
Eduardo e Mônica (Legião Urbana)
Florentina (Tiririca)
Juliana (Raça Pura)
Sandra Rosa Madalena (Sidney Magal)
Cadê Dalila (Ivete Sangalo)
Emílio (Timbalada)
Lady Laura (Roberto Carlos)
Cadê Tereza? (Jorge Ben)
Maria Chiquinha (Sandy & Júnior)
Bete Balanço (Cazuza)
Marvin (Titãs)
Monalisa (Jorge Vercilo)
Sou Stefhanie/Crossfox (Stefhanie)
Jackie Tequila (Skank)
Sam (Skank)
Madalena (Martinho da Villa)
Maria, Maria (Milton Nascimento)
Kátia Flávia (Fausto Fawcett/Fernanda Abreu)

Música internacional:

Ruby (Kaiser Chiefs)
Alejandro (Lady Gaga)
Billie Jean (Michael Jackson)
Roberta (Pepinno DiCapri)
Daniel (Elton John)
Iris (Goo Goo Dolls)
Maria, Maria (Santana)
Maria (Ricky Martin)
Ben (Jackson 5)
Layla (Eric Clapton)
Valerie (Amy Winehouse)