Bolsas de Ensino à Distância são ofertadas para mães de crianças com doenças raras - Carreiras & Educação


Bolsas de Ensino à Distância são ofertadas para mães de crianças com doenças raras

O projeto foi criado para levar a qualificação profissional para essas mães, que não podem fazer aulas presenciais, pois são cuidadoras dos filhos

Por Lyvia Rocha em Bolsas

7 de abril de 2016 às 06:00

Há 4 anos
Mães podem fazer faculdade a distância (FOTO: Beto Almeida/ Divulgação)

Mães podem fazer faculdade a distância (FOTO: Beto Almeida/ Divulgação)

Em sete estados do Brasil, mães de crianças com doenças raras vão receber bolsas para cursos de graduação e especialização via educação a distância (EAD). Os benefícios fazem parte do projeto Mães Produtivas, idealizado pela Aliança de Mães e Famílias Raras (AMAR) e pelo Grupo Ser Educacional – um dos maiores do país e o maior do Norte e Nordeste na área -, por meio do Instituto Ser Educacional.

O projeto foi criado para levar a qualificação profissional para essas mães, que não podem fazer aulas presenciais, pois são cuidadoras dos filhos. Várias instituições de ensino do grupo oferecerão oportunidades, 50 ao todo.  Além do Ceará, as mães serão recebidas em Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Já os campi Atibaia, Bragança, Guarulhos, Itaquaquecetuba e Dutra, da Universidade UNG, serão os polos no estado de São Paulo.

O primeiro lugar a desenvolver o projeto é Pernambuco, com 15 bolsas. Devido à alta incidência de casos de microcefalia no estado, cerca de metade das oportunidades foram destinadas a mães com tal patologia. Elas realizaram as matrículas; agora, já são estudantes do ensino superior.

Mais informações:
Faculdade Maurício de Nassau em Fortaleza: Av. Aguanambi, 251 – Fátima
Telefone: (85) 3201-2400

Publicidade

Dê sua opinião

Bolsas de Ensino à Distância são ofertadas para mães de crianças com doenças raras

O projeto foi criado para levar a qualificação profissional para essas mães, que não podem fazer aulas presenciais, pois são cuidadoras dos filhos

Por Lyvia Rocha em Bolsas

7 de abril de 2016 às 06:00

Há 4 anos
Mães podem fazer faculdade a distância (FOTO: Beto Almeida/ Divulgação)

Mães podem fazer faculdade a distância (FOTO: Beto Almeida/ Divulgação)

Em sete estados do Brasil, mães de crianças com doenças raras vão receber bolsas para cursos de graduação e especialização via educação a distância (EAD). Os benefícios fazem parte do projeto Mães Produtivas, idealizado pela Aliança de Mães e Famílias Raras (AMAR) e pelo Grupo Ser Educacional – um dos maiores do país e o maior do Norte e Nordeste na área -, por meio do Instituto Ser Educacional.

O projeto foi criado para levar a qualificação profissional para essas mães, que não podem fazer aulas presenciais, pois são cuidadoras dos filhos. Várias instituições de ensino do grupo oferecerão oportunidades, 50 ao todo.  Além do Ceará, as mães serão recebidas em Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Já os campi Atibaia, Bragança, Guarulhos, Itaquaquecetuba e Dutra, da Universidade UNG, serão os polos no estado de São Paulo.

O primeiro lugar a desenvolver o projeto é Pernambuco, com 15 bolsas. Devido à alta incidência de casos de microcefalia no estado, cerca de metade das oportunidades foram destinadas a mães com tal patologia. Elas realizaram as matrículas; agora, já são estudantes do ensino superior.

Mais informações:
Faculdade Maurício de Nassau em Fortaleza: Av. Aguanambi, 251 – Fátima
Telefone: (85) 3201-2400