Confira 7 motivos para fazer um curso de extensão universitária

ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL

Confira 7 motivos para fazer um curso de extensão universitária

A extensão universitária permite a atualização profissional em curto espaço de tempo e uma participação mais ativa, com mais troca de experiências entre os alunos e os docentes

Por Tribuna do Ceará em Carreira

15 de dezembro de 2019 às 06:48

Há 7 meses
(FOTO: Freepik)

A  modalidade é destinada para profissionais graduados em nível superior, ou que ainda vão se formar, mas que já pensam em uma especialização que agregue valor ao currículo (FOTO: Freepik)

A extensão universitária permite a atualização profissional em curto espaço de tempo e uma participação mais ativa, com mais troca de experiências entre os alunos e os docentes.

“O importante é buscar sempre uma atualização profissional, aliando o conhecimento aos anos de experiência. Os cursos ajudam a preparar o profissional para enfrentar os desafios que ele encontra no dia a dia, aperfeiçoando as suas habilidades”, destaca Rafael Souza Coelho, coordenador de extensão universitária do Senac EAD.

Confira, a seguir, sete dicas do especialista do Senac sobre as qualidades dos cursos de extensão universitária:

1 – Objetivo: curso de extensão é focado em uma determinada abordagem e oferece a possibilidade do aluno de combinar a participação em outros cursos simultaneamente, ampliando, assim, as competências em outras áreas do conhecimento.

2 – Dinâmica pedagógica: participação dos alunos dos cursos de extensão é costumeiramente mais ativa se comparada a cursos de longa duração, o que contribui para discussões e ampliação do conhecimento baseado na troca de experiências entre alunos e docentes.

3 – Carga horária: é possível encontrar cursos de extensão com 32, 40, 60 e até 90 horas. Os cursos de extensão universitária devem contar com, no mínimo, 30 horas, não computado o tempo de estudo individual e em grupo sem assistência docente, ou de atividades extraclasse, de acordo com norma do Conselho Nacional de Educação (CNE).

4 – Atualização em curto espaço de tempo: se o profissional participar ao menos de um curso de extensão por semestre, terá um efeito oxigenante para o seu currículo. Em outras palavras, a extensão universitária movimenta a vida acadêmica do profissional, pois combina teoria e prática, vivência do ensino superior e mantém atualizado o currículo e o profissional em um curto espaço de tempo. Qualquer profissional que participa de cursos regularmente e se atualiza, o mercado receberá bem. E por ser de nível superior, a extensão universitária oferece algo a mais do que os cursos livres, por exemplo.

5 – Pré-requisitos: a modalidade é destinada para profissionais graduados em nível superior, ou que ainda vão se formar, mas que já pensam em uma especialização que agregue valor ao currículo. É sempre importante verificar se há pré-requisitos específicos de cada curso.

6 – O curso de extensão universitária substitui a pós-graduação? apesar dos inúmeros benefícios da extensão universitária, a modalidade não substitui uma pós-graduação. No entanto, se combinada e planejada pelo aluno, a extensão pode potencializar suas competências pessoais e profissionais.

7 – Acesso ao mercado de trabalho: tanto a extensão quanto a pós-graduação valoriza o currículo e aumenta as chances de ingressar no mercado de trabalho. Nos dois casos, tudo depende do esforço do aluno. A extensão potencializa as competências e amplia os horizontes. Já em relação à pós-graduação, muitas empresas consideram como pré-requisito em processos de triagem de currículos.

Publicidade

Dê sua opinião

ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL

Confira 7 motivos para fazer um curso de extensão universitária

A extensão universitária permite a atualização profissional em curto espaço de tempo e uma participação mais ativa, com mais troca de experiências entre os alunos e os docentes

Por Tribuna do Ceará em Carreira

15 de dezembro de 2019 às 06:48

Há 7 meses
(FOTO: Freepik)

A  modalidade é destinada para profissionais graduados em nível superior, ou que ainda vão se formar, mas que já pensam em uma especialização que agregue valor ao currículo (FOTO: Freepik)

A extensão universitária permite a atualização profissional em curto espaço de tempo e uma participação mais ativa, com mais troca de experiências entre os alunos e os docentes.

“O importante é buscar sempre uma atualização profissional, aliando o conhecimento aos anos de experiência. Os cursos ajudam a preparar o profissional para enfrentar os desafios que ele encontra no dia a dia, aperfeiçoando as suas habilidades”, destaca Rafael Souza Coelho, coordenador de extensão universitária do Senac EAD.

Confira, a seguir, sete dicas do especialista do Senac sobre as qualidades dos cursos de extensão universitária:

1 – Objetivo: curso de extensão é focado em uma determinada abordagem e oferece a possibilidade do aluno de combinar a participação em outros cursos simultaneamente, ampliando, assim, as competências em outras áreas do conhecimento.

2 – Dinâmica pedagógica: participação dos alunos dos cursos de extensão é costumeiramente mais ativa se comparada a cursos de longa duração, o que contribui para discussões e ampliação do conhecimento baseado na troca de experiências entre alunos e docentes.

3 – Carga horária: é possível encontrar cursos de extensão com 32, 40, 60 e até 90 horas. Os cursos de extensão universitária devem contar com, no mínimo, 30 horas, não computado o tempo de estudo individual e em grupo sem assistência docente, ou de atividades extraclasse, de acordo com norma do Conselho Nacional de Educação (CNE).

4 – Atualização em curto espaço de tempo: se o profissional participar ao menos de um curso de extensão por semestre, terá um efeito oxigenante para o seu currículo. Em outras palavras, a extensão universitária movimenta a vida acadêmica do profissional, pois combina teoria e prática, vivência do ensino superior e mantém atualizado o currículo e o profissional em um curto espaço de tempo. Qualquer profissional que participa de cursos regularmente e se atualiza, o mercado receberá bem. E por ser de nível superior, a extensão universitária oferece algo a mais do que os cursos livres, por exemplo.

5 – Pré-requisitos: a modalidade é destinada para profissionais graduados em nível superior, ou que ainda vão se formar, mas que já pensam em uma especialização que agregue valor ao currículo. É sempre importante verificar se há pré-requisitos específicos de cada curso.

6 – O curso de extensão universitária substitui a pós-graduação? apesar dos inúmeros benefícios da extensão universitária, a modalidade não substitui uma pós-graduação. No entanto, se combinada e planejada pelo aluno, a extensão pode potencializar suas competências pessoais e profissionais.

7 – Acesso ao mercado de trabalho: tanto a extensão quanto a pós-graduação valoriza o currículo e aumenta as chances de ingressar no mercado de trabalho. Nos dois casos, tudo depende do esforço do aluno. A extensão potencializa as competências e amplia os horizontes. Já em relação à pós-graduação, muitas empresas consideram como pré-requisito em processos de triagem de currículos.