Saber dar e receber feedbacks deve ser uma das habilidades do gestor


Saber dar e receber feedbacks deve ser uma das habilidades do gestor

Para Renato Mendes, consultor de carreiras da plataforma de empregos Job1, o feedback eficaz é uma parceria

Por Tribuna do Ceará em Carreira

18 de junho de 2015 às 07:00

Há 5 anos
O feedback revela os pontos positivos e negativos da atividade executada, tendo em vista sua melhoria (FOTO: Divulgação)

O feedback revela os pontos positivos e negativos da atividade executada, tendo em vista sua melhoria (FOTO: Divulgação)

Quando se trabalha em equipe, tão importante quanto o bom desempenho das funções é ter uma comunicação eficaz entre os envolvidos no dia a dia da organização. Quando o funcionário não sabe se atendeu às expectativas de seus gestores ou as necessidades dos colegas de trabalho, não tem ferramentas para avaliar e corrigir possíveis equívocos e alterar o que for necessário. Para que o trabalho tenha um bom desempenho e os resultados esperados sejam alcançados, é fundamental que todos os envolvidos saibam dar e receber feedbacks.

Feedback é uma palavra inglesa que significa resposta ou reação. O termo é utilizado quando é dado um parecer sobre uma pessoa ou grupo de pessoas na realização de um trabalho, com o intuito de avaliar o seu desempenho. A ferramenta revela os pontos positivos e negativos da atividade executada, tendo em vista sua melhoria.

Para Renato Mendes, consultor de carreiras da plataforma de empregos Job1, o feedback eficaz é uma parceria. “A qualidade do feedback oferecido é tão importante quanto a postura de envolvimento de quem recebe, no aproveitamento e aplicação das informações transmitidas”. Para o especialista, saber dar e receber feedbacks no trabalho é uma competência que precisa ser desenvolvida tanto por gestores quanto por subordinados.

Renato ressalta que a forma de dar feedback muda de acordo com a relação hierárquica existente entre os envolvidos. Para não errar na hora de dar e receber retornos para chefia, subordinados e colegas, o especialista explica como agir em cada uma das situações.

Confira dicas:

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/4/2015/06/info dicas sobre feedback

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/4/2015/06/info dicas sobre feedback

Publicidade

Dê sua opinião

Saber dar e receber feedbacks deve ser uma das habilidades do gestor

Para Renato Mendes, consultor de carreiras da plataforma de empregos Job1, o feedback eficaz é uma parceria

Por Tribuna do Ceará em Carreira

18 de junho de 2015 às 07:00

Há 5 anos
O feedback revela os pontos positivos e negativos da atividade executada, tendo em vista sua melhoria (FOTO: Divulgação)

O feedback revela os pontos positivos e negativos da atividade executada, tendo em vista sua melhoria (FOTO: Divulgação)

Quando se trabalha em equipe, tão importante quanto o bom desempenho das funções é ter uma comunicação eficaz entre os envolvidos no dia a dia da organização. Quando o funcionário não sabe se atendeu às expectativas de seus gestores ou as necessidades dos colegas de trabalho, não tem ferramentas para avaliar e corrigir possíveis equívocos e alterar o que for necessário. Para que o trabalho tenha um bom desempenho e os resultados esperados sejam alcançados, é fundamental que todos os envolvidos saibam dar e receber feedbacks.

Feedback é uma palavra inglesa que significa resposta ou reação. O termo é utilizado quando é dado um parecer sobre uma pessoa ou grupo de pessoas na realização de um trabalho, com o intuito de avaliar o seu desempenho. A ferramenta revela os pontos positivos e negativos da atividade executada, tendo em vista sua melhoria.

Para Renato Mendes, consultor de carreiras da plataforma de empregos Job1, o feedback eficaz é uma parceria. “A qualidade do feedback oferecido é tão importante quanto a postura de envolvimento de quem recebe, no aproveitamento e aplicação das informações transmitidas”. Para o especialista, saber dar e receber feedbacks no trabalho é uma competência que precisa ser desenvolvida tanto por gestores quanto por subordinados.

Renato ressalta que a forma de dar feedback muda de acordo com a relação hierárquica existente entre os envolvidos. Para não errar na hora de dar e receber retornos para chefia, subordinados e colegas, o especialista explica como agir em cada uma das situações.

Confira dicas:

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/4/2015/06/info dicas sobre feedback

/home/tribu/public html/wp content/uploads/sites/4/2015/06/info dicas sobre feedback