Estrelas da Série C: escalamos um time de velhos conhecidos do futebol brasileiro


Estrelas da Série C: escalamos um time de velhos conhecidos do futebol brasileiro

Com a competição já em andamento, algumas equipes apresentam atletas com vasto currículo em seus elencos

Por Lucas Catrib em Futebol

28 de abril de 2014 às 10:19

Há 5 anos

Há uns 5 anos atrás, mais ou menos, a equipe escalada pelo Tribuna do Ceará talvez alegraria um torcedor de um clube brasileiro. Montamos um time de jogadores com currículo positivo que disputam atualmente o Campeonato Brasileiro da Série C. A regra para entrar no grupo é ser conhecido.

A competição também conta com agremiações de tradição no esporte nacional. Fortaleza, Paysandu, Guarani, São Caetano e Juventude são algumas das espalhadas nos dois grupos.

LEIA MAIS>

Confira o time

O goleiro Luiz esteve afastado em boa parte de 2013 por conta de uma lesão (FOTO: Carlos Costa)

O goleiro Luiz esteve afastado em boa parte de 2013 por conta de uma lesão (FOTO: Carlos Costa)<strong></strong>

 

Luiz (goleiro – São Caetano)

O goleiro dessa equipe foi comandado por vários técnicos, encarou times com diferentes esquemas táticos e passou também por várias fases defendendo o mesmo clube, o São Caetano. Luiz, de 31 anos, está na agremiação do ABC Paulista desde 2004.

Disputou a Libertadores e foi campeão paulista no mesmo ano. Em 2007, foi 2º lugar também do Estadual. O atleta recebeu propostas do Atlético-PR e Santos, mas nunca chegou a sair do Azulão. O primeiro time na carreira do jogador foi o Mirassol.

Eder Sciola foi campeão brasileiro em 2008 pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

Eder Sciola foi campeão brasileiro em 2008 pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

 

Eder Sciola (lateral direito – Cuiabá)

Na lista também tem um campeão brasileiro. Eder, contratado pelo Cuiabá, iniciou a carreira como volante e depois foi deslocado para a lateral.

Ele participou da campanha vitoriosa do São Paulo em 2008. O jogador também tem passagens por: Grêmio Barueri, Fluminense, Inter de Limeira, Noroeste, Grêmio Prudente, Atlético-PR, Guaratinguetá, Ituano e Gil Vicente.

 

Aislan atuou durante 3 anos pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

Aislan atuou durante 3 anos pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

 

Aislan (zagueiro – Madureira)

O zagueiro de 1,93m era considerado o “Novo Lugano” nos tempos de São Paulo. Sem muitas chances no Tricolor Paulista, Aislan foi atuar no Guarani. Depois de duas temporadas no Bugre, o atleta acertou transferência para atuar no Sion, da Suíça.

Para esta temporada, o defensor de 26 anos, vai jogar no grupo B da Terceirona. Aislan é um dos reforços do Madureira para tentar o acesso.

 

Eduardo Luiz defendeu o Vasco em 2008 (FOTO: Divulgação)

Eduardo Luiz defendeu o Vasco em 2008 (FOTO: Divulgação)

 Eduardo Luiz (zagueiro – Fortaleza)

O jogador do Fortaleza participou de uma das campanhas mais negativas da história do Vasco da Gama. Em 2008, o Time da Colina foi rebaixado para a Série B.

No Tricolor do Pici, Eduardo disputará pela segunda vez consecutiva a Terceirona. No ano passado, o atleta chegou até atuar como lateral direito.

 

 

Fernandinho atuou também pelo Atlético-MG (FOTO: Divulgação)

Fernandinho atuou também pelo Atlético-MG (FOTO: Divulgação)

 

Fernandinho (lateral esquerdo – Fortaleza)

O atleta mais experiente da defesa tem 33 anos. Fernandinho teve destaque no Vasco em 2005 e depois foi contratado pelo Cruzeiro, onde ficou por 4 anos. Contudo, acertou com o Atlético-MG e não repetiu as boas atuações. Ainda atuou novamente por Joinville, Vitória, Paraná e São Caetano.

Para 2014, a missão é tentar levar o Leão para a Série B. Durante o Estadual, o atleta conquistou a titularidade, mas terminou no banco por conta de uma lesão.

 

Fabinho passou por Corinthians e passou por França e também Japão (FOTO: Divulgação)

Fabinho passou por Corinthians e passou por França e também Japão (FOTO: Divulgação)

Fabinho (volante – São Caetano)

Fábio Alves Félix continua atuando pelo clube onde iniciou a carreira profissional. Com 34 anos, Fabinho tem no currículo duas passagens pelo Corinthians. Atuou também no Santos, Cerezo Osaka-Japão, Toulouse-França, Cruzeiro, Yokohoma e Bahia.

Fabinho possui um título da Copa do Brasil, conquistado defendendo o Timão em 2008. O volante também ganhou três paulistas e um baiano.

 

Corrêa defendeu o time da Portuguesa no Brasileirão 2013 (FOTO: Divulgação)

Corrêa defendeu o time da Portuguesa no Brasileirão 2013 (FOTO: Divulgação)

 

 Corrêa (volante – Fortaleza)

O Tricolor do Pici buscou um jogador com boa saída de bola para disputar a Série C. Corrêa atuou no ano passado pela Portuguesa. Mas ganhou destaque de verdade no Palmeiras.

O volante de 33 anos foi para no futebol ucraniano depois das atuações pelo Verdão. No Dínamo de Kiev, o atleta foi campeão nacional. O jogador ainda teve passagens por Atlétic0-MG e Flamengo.

 

Lenílson já passou por 15 times na carreira (FOTO: Divulgação)

Lenílson já passou por 15 times na carreira (FOTO: Divulgação)

 

Lenílson (meia – Botafogo-PB)

O meia iniciou a carreira em 2001 sendo campeão da Terceira Divisão mineira pelo Paraisense. Em 2013, Lenílson ajudou o Botafogo-PB a ser campeão da Série D.

Canhoto, com chute forte, o jogador foi outro atleta que venceu o Campeonato Brasileiro pelo São Paulo, mas em 2006.Lenílson também jogou duas vezes no futebol mexicano: Jaguares.

 

Marcelinho Paraíba foi contratado para ser a principal estrela do Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Marcelinho Paraíba foi contratado para ser a principal estrela do Fortaleza (FOTO: Divulgação)

 

 Marcelinho Paraíba (meia – Fortaleza)

Para fechar a lista de jogadores do Leão no time de “medalhões” da Série C, tem um meia-atacante que ganhou muito destaque na Alemanha. Marcelinho Paraíba foi bicampeão da Copa da Liga da Alemanha defendendo o Hertha Berlim.

O “cara” do Fortaleza foi camisa 10 da seleção brasileira e ainda atuou com categoria por São Paulo e Grêmio. Sem contar com as passagens pelo Flamengo e Sport. Talvez, seja a principal referência dessa equipe montada pelo Tribuna.

 

Fernando Baiano foi artilheiro da Libertadores em 1999 e ainda ganhou o título do Mundial de Clubes de 2000 atuando pelo Corinthians (FOTO: Divulgação)

Fernando Baiano foi artilheiro da Libertadores em 1999  (FOTO: Divulgação)

 

Fernando Baiano (atacante – Mogi Mirim)

Ele surgiu no Corinthians como um furacão. Foi o artilheiro do time na Libertadores de 1999 e ainda foi campeão do Mundial, um ano depois, quando o Timão superou o Vasco na decisão por pênaltis.

Fernando Baiano passou também por grandes clubes antes de desembarcar no Mogi Mirim. O atacante é uma das armas da equipe paulista para tentar surpreender na Terceira Divisão.

 

 

Warley é um dos atacantes do Botafogo-PB para a Série C (FOTO: Divulgação)

Warley é um dos atacantes do Botafogo-PB para a Série C (FOTO: Divulgação)

 

Warley (atacante – Botafogo-PB)

O atacante candango está atuando pela terceira equipe paraibana diferente. Warley, de 36 anos, foi contratado pelo Udinese depois de ganhar relevância no São Paulo.

São Caetano, Brasiliense e Atlético-PR

 

 

 

O uruguaio Darío Pereyra é o comandante do Águia-PA na Série C (FOTO: Divulgação)

O uruguaio Darío Pereyra é o comandante do Águia-PA na Série C (FOTO: Divulgação)

 

Darío Pereyra (técnico – Águia de Marabá)

Zagueiro lendário e bicampeão brasileiro defendendo o Tricolor Paulista, Darío Pereyra prossegue como técnico de futebol. Como treinador, também acumula passagens por grandes clubes. O uruguaio já comandou, além do próprio São Paulo, Grêmio, Atlético-MG, Coritiba e Corinthians.

Publicidade

Dê sua opinião

Estrelas da Série C: escalamos um time de velhos conhecidos do futebol brasileiro

Com a competição já em andamento, algumas equipes apresentam atletas com vasto currículo em seus elencos

Por Lucas Catrib em Futebol

28 de abril de 2014 às 10:19

Há 5 anos

Há uns 5 anos atrás, mais ou menos, a equipe escalada pelo Tribuna do Ceará talvez alegraria um torcedor de um clube brasileiro. Montamos um time de jogadores com currículo positivo que disputam atualmente o Campeonato Brasileiro da Série C. A regra para entrar no grupo é ser conhecido.

A competição também conta com agremiações de tradição no esporte nacional. Fortaleza, Paysandu, Guarani, São Caetano e Juventude são algumas das espalhadas nos dois grupos.

LEIA MAIS>

Confira o time

O goleiro Luiz esteve afastado em boa parte de 2013 por conta de uma lesão (FOTO: Carlos Costa)

O goleiro Luiz esteve afastado em boa parte de 2013 por conta de uma lesão (FOTO: Carlos Costa)<strong></strong>

 

Luiz (goleiro – São Caetano)

O goleiro dessa equipe foi comandado por vários técnicos, encarou times com diferentes esquemas táticos e passou também por várias fases defendendo o mesmo clube, o São Caetano. Luiz, de 31 anos, está na agremiação do ABC Paulista desde 2004.

Disputou a Libertadores e foi campeão paulista no mesmo ano. Em 2007, foi 2º lugar também do Estadual. O atleta recebeu propostas do Atlético-PR e Santos, mas nunca chegou a sair do Azulão. O primeiro time na carreira do jogador foi o Mirassol.

Eder Sciola foi campeão brasileiro em 2008 pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

Eder Sciola foi campeão brasileiro em 2008 pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

 

Eder Sciola (lateral direito – Cuiabá)

Na lista também tem um campeão brasileiro. Eder, contratado pelo Cuiabá, iniciou a carreira como volante e depois foi deslocado para a lateral.

Ele participou da campanha vitoriosa do São Paulo em 2008. O jogador também tem passagens por: Grêmio Barueri, Fluminense, Inter de Limeira, Noroeste, Grêmio Prudente, Atlético-PR, Guaratinguetá, Ituano e Gil Vicente.

 

Aislan atuou durante 3 anos pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

Aislan atuou durante 3 anos pelo São Paulo (FOTO: Divulgação)

 

Aislan (zagueiro – Madureira)

O zagueiro de 1,93m era considerado o “Novo Lugano” nos tempos de São Paulo. Sem muitas chances no Tricolor Paulista, Aislan foi atuar no Guarani. Depois de duas temporadas no Bugre, o atleta acertou transferência para atuar no Sion, da Suíça.

Para esta temporada, o defensor de 26 anos, vai jogar no grupo B da Terceirona. Aislan é um dos reforços do Madureira para tentar o acesso.

 

Eduardo Luiz defendeu o Vasco em 2008 (FOTO: Divulgação)

Eduardo Luiz defendeu o Vasco em 2008 (FOTO: Divulgação)

 Eduardo Luiz (zagueiro – Fortaleza)

O jogador do Fortaleza participou de uma das campanhas mais negativas da história do Vasco da Gama. Em 2008, o Time da Colina foi rebaixado para a Série B.

No Tricolor do Pici, Eduardo disputará pela segunda vez consecutiva a Terceirona. No ano passado, o atleta chegou até atuar como lateral direito.

 

 

Fernandinho atuou também pelo Atlético-MG (FOTO: Divulgação)

Fernandinho atuou também pelo Atlético-MG (FOTO: Divulgação)

 

Fernandinho (lateral esquerdo – Fortaleza)

O atleta mais experiente da defesa tem 33 anos. Fernandinho teve destaque no Vasco em 2005 e depois foi contratado pelo Cruzeiro, onde ficou por 4 anos. Contudo, acertou com o Atlético-MG e não repetiu as boas atuações. Ainda atuou novamente por Joinville, Vitória, Paraná e São Caetano.

Para 2014, a missão é tentar levar o Leão para a Série B. Durante o Estadual, o atleta conquistou a titularidade, mas terminou no banco por conta de uma lesão.

 

Fabinho passou por Corinthians e passou por França e também Japão (FOTO: Divulgação)

Fabinho passou por Corinthians e passou por França e também Japão (FOTO: Divulgação)

Fabinho (volante – São Caetano)

Fábio Alves Félix continua atuando pelo clube onde iniciou a carreira profissional. Com 34 anos, Fabinho tem no currículo duas passagens pelo Corinthians. Atuou também no Santos, Cerezo Osaka-Japão, Toulouse-França, Cruzeiro, Yokohoma e Bahia.

Fabinho possui um título da Copa do Brasil, conquistado defendendo o Timão em 2008. O volante também ganhou três paulistas e um baiano.

 

Corrêa defendeu o time da Portuguesa no Brasileirão 2013 (FOTO: Divulgação)

Corrêa defendeu o time da Portuguesa no Brasileirão 2013 (FOTO: Divulgação)

 

 Corrêa (volante – Fortaleza)

O Tricolor do Pici buscou um jogador com boa saída de bola para disputar a Série C. Corrêa atuou no ano passado pela Portuguesa. Mas ganhou destaque de verdade no Palmeiras.

O volante de 33 anos foi para no futebol ucraniano depois das atuações pelo Verdão. No Dínamo de Kiev, o atleta foi campeão nacional. O jogador ainda teve passagens por Atlétic0-MG e Flamengo.

 

Lenílson já passou por 15 times na carreira (FOTO: Divulgação)

Lenílson já passou por 15 times na carreira (FOTO: Divulgação)

 

Lenílson (meia – Botafogo-PB)

O meia iniciou a carreira em 2001 sendo campeão da Terceira Divisão mineira pelo Paraisense. Em 2013, Lenílson ajudou o Botafogo-PB a ser campeão da Série D.

Canhoto, com chute forte, o jogador foi outro atleta que venceu o Campeonato Brasileiro pelo São Paulo, mas em 2006.Lenílson também jogou duas vezes no futebol mexicano: Jaguares.

 

Marcelinho Paraíba foi contratado para ser a principal estrela do Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Marcelinho Paraíba foi contratado para ser a principal estrela do Fortaleza (FOTO: Divulgação)

 

 Marcelinho Paraíba (meia – Fortaleza)

Para fechar a lista de jogadores do Leão no time de “medalhões” da Série C, tem um meia-atacante que ganhou muito destaque na Alemanha. Marcelinho Paraíba foi bicampeão da Copa da Liga da Alemanha defendendo o Hertha Berlim.

O “cara” do Fortaleza foi camisa 10 da seleção brasileira e ainda atuou com categoria por São Paulo e Grêmio. Sem contar com as passagens pelo Flamengo e Sport. Talvez, seja a principal referência dessa equipe montada pelo Tribuna.

 

Fernando Baiano foi artilheiro da Libertadores em 1999 e ainda ganhou o título do Mundial de Clubes de 2000 atuando pelo Corinthians (FOTO: Divulgação)

Fernando Baiano foi artilheiro da Libertadores em 1999  (FOTO: Divulgação)

 

Fernando Baiano (atacante – Mogi Mirim)

Ele surgiu no Corinthians como um furacão. Foi o artilheiro do time na Libertadores de 1999 e ainda foi campeão do Mundial, um ano depois, quando o Timão superou o Vasco na decisão por pênaltis.

Fernando Baiano passou também por grandes clubes antes de desembarcar no Mogi Mirim. O atacante é uma das armas da equipe paulista para tentar surpreender na Terceira Divisão.

 

 

Warley é um dos atacantes do Botafogo-PB para a Série C (FOTO: Divulgação)

Warley é um dos atacantes do Botafogo-PB para a Série C (FOTO: Divulgação)

 

Warley (atacante – Botafogo-PB)

O atacante candango está atuando pela terceira equipe paraibana diferente. Warley, de 36 anos, foi contratado pelo Udinese depois de ganhar relevância no São Paulo.

São Caetano, Brasiliense e Atlético-PR

 

 

 

O uruguaio Darío Pereyra é o comandante do Águia-PA na Série C (FOTO: Divulgação)

O uruguaio Darío Pereyra é o comandante do Águia-PA na Série C (FOTO: Divulgação)

 

Darío Pereyra (técnico – Águia de Marabá)

Zagueiro lendário e bicampeão brasileiro defendendo o Tricolor Paulista, Darío Pereyra prossegue como técnico de futebol. Como treinador, também acumula passagens por grandes clubes. O uruguaio já comandou, além do próprio São Paulo, Grêmio, Atlético-MG, Coritiba e Corinthians.