Fortaleza

Com gols perdidos e uma expulsão para cada lado, Independiente vence Fortaleza por placar mínimo

As equipes se reencontram pela Sul-Americana no dia 27 de fevereiro

As equipes se reencontram pela Sul-Americana no dia 27 de fevereiro. (FOTO: Jussie Cunha/Futebolês)
As equipes se reencontram pela Sul-Americana no dia 27 de fevereiro. (FOTO: Jussie Cunha/Futebolês)

Os dois clubes chegaram ao duelo modificados em relação às escalações anteriores. O Independiente treinou, durante a semana, com Martin Benitez no lugar e Braian Romero e com Alan Soñora substituindo Cecílio Dominguez, e as alterações foram confirmadas na escalação para a partida. Pelo Fortaleza, Rogério Ceni abriu mão da referência de Wellington Paulista na área e entrou com David e Mariano Vazquez juntos.

Com a bola rolando, o Tricolor teve a primeira grande chance. Osvaldo dominou pela esquerda e tentou encobrir o goleiro Campaña, mas a tentativa passou sobre o gol. Ainda presente no ataque, o Fortaleza rondava a área do Independiente com Osvaldo, Bruno Melo, Romarinho e Mariano Vazquez.

O Rojo descia pelo lado esquerdo com Sanchez Miño e Alan Soñora. Já o Fortaleza fechava a área com zagueiros e laterais para evitar a aproximação do Independendiente, que marcou 22 dos 23 gols da Superliga argentina de dentro da área.

Aos 20, David perde a maior chance da primeira etapa. O camisa 17 recebe boa bola enfiada por Osvaldo e chuta, Campaña defende mas dá rebote, e David chuta por cima. Pouco depois, Juninho tentou gol olímpico mas também parou em Campaña. Já o Independiente teve sua grande chance com Benitez, que, aos 35 minutos, cabeceou sozinho, parte da torcida comemorou mas a bola saiu à esquerda de Felipe Alves.

Ainda no primeiro tempo, o lateral Sanchez Miño recebeu amarelo por falta em David. No lance seguinte, Miño e Quintero se envolveram em uma discussão, o lateral rojo recebeu o segundo amarelo e o defensor tricolor levou o vermelho direto. Um a menos para cada lado. Com a expulsão, Rogério fez a primeira substituição: entrou Michel no lugar de David.

Se na primeira etapa as chances criadas não se transformaram em gol, o segundo tempo começou com bola na rede. Logo aos cinco minutos, Leandro Fernandez recebeu – dentro da área – cruzamento de Bustos e chutou no contrapé de Felipe Alves, abrindo o placar para os visitantes.

Na sequência, o show de Osvaldo na partida continuou. Em boa atuação individual, o camisa 1 1chutou com perigo de fora da área, driblou, tirou a marcação e chutou rente à trave e também criou jogada para Romarinho finalizar, mas o camisa 20 perdeu, já sem goleiro.

Aos 39 minutos, alteração dupla no Fortaleza: saiu Osvaldo, já cansado, pra entrada de Marlon e Tinga vai a campo substituindo Romarinho. No entanto, o resultado não foi alterado. No jogo da volta, dia 27 de fevereiro, no Castelão, o Leão precisa superar o Independiente por dois gols de diferença, para avançar direto. O placar de 1 a 0 para o Tricolor leva a decisão aos pênaltis.

Tags
Fortaleza Independiente Sul-americana