Futebol

Conheça Paco Belmonte, o fake que deu furo sobre contratação de Fernando Prass

Se você costuma usar o Twitter para se informar sobre as notícias esportivas, é provável que já tenha visto algum jornalista desmentindo um tal de Paco Belmonte, que credita as suas informações a esses profissionais.

paco belmonte
Perfil do Paco Belmonte no Twitter (FOTO: Reprodução)

Tem coisa que só acontece comigo. Vou explicar. Se você costuma usar o Twitter para se informar sobre as notícias esportivas, é provável que já tenha visto algum jornalista desmentindo um tal de Paco Belmonte, que credita as suas informações a esses profissionais.

Na terça-feira (7), foi a minha vez de entrar na lista de Paquinho – já somos íntimos. Em um mesmo tweet, ele me chamou de grande amigo (nunca nem vi) e dizia que eu tinha passado a informação de que Fernando Prass seria contratado pelo Ceará. Ninguém em lugar nenhum havia falado de Prass no Ceará.

Eu sabia que era um fake e agi de forma pouco convencional. Algumas pessoas entenderam o espírito da postagem. Outras, não. O fato é que viralizou. 30 mil curtidas no twitter, gente de todos os estados retuitando… Em 10 anos nesta rede social, nunca uma postagem minha repercutiu tanto. Nem de longe! Você deve ter recebido o print em algum grupo do zap. Não é possível! Até minha mãe recebeu, gente! Páginas de humor esportivo também repercutiram. Quis conhecer esse mito. Trocamos mensagens por direct do twitter, mas ele só aceitou ‘conversar’ via e-mails, para preservar a sua identidade. Mandei algumas perguntas, que ele respondeu prontamente, mas que a minha ideia de conhecer de conhecer o maluco por trás de Paco Belmonte se transformou em uma entrevista bizarra, surreal… não há palavra para descrever essa experiência.

Entenda o caso na galeria e depois confira a entrevista:

No Twitter...
$i/4
No Twitter…
Paco Belmonte anunciou uma fake news no Twitter sobre a contratação de Fernando Prass. Até então, não havia informações sobre a vinda do goleiro.
No Twitter...
$i/4
No Twitter…
Respondi a fake news que envolvia meu nome e viralizou.
No Twitter...
$i/4
No Twitter…
O Ceará anunciou a contratação do Fernando Prass depois.
No Twitter...
$i/4
No Twitter…
Futebolês deu crédito da notícia ao fake que já havia antecipado a informação.

Como surgiu a ideia de fazer o perfil?
PB – Em 1971 na Gazeta tivemos um concurso para escolher um repórter e um narrador. Nessa história nasceram Galvão Bueno e Flávio Prado. Foi aí que eu me rebelei e passei a sambar na cara da imprensa tradicional.

As postagens dando crédito a jornalistas trouxeram algum problema com os profissionais ou torcedores?
PB – Eu sou um profissional digno, prefiro creditar minhas fontes.

Você se assustou com o termo que usei para responder a sua postagem?
PB – Estou acostumado com todo tipo de repercussão, meus furos de reportagem têm deixado a imprensinha de cabelo em pé. Menos o Mauro Beting que usa peruca.

Foi a postagem que mais repercutiu?
PB – Nos últimos 30 dias tive 20 milhões de visualizações. O furo de reportagem que o Prass jogaria no Ceará que eu apurei com antecedência fez bastante sucesso. Inclusive te revelei pro mundo jornalístico.

Como você chegou ao meu nome?
PB – Um aluno do meu curso de Ética Jornalística, Nan, me mostrou seu perfil. Temos uma amiga em comum, a Julieta (anã com vitiligo, fizemos trenzinho com ela uma vez. Eu peguei a parte morena).

Foi a primeira vez que você acertou em uma informação em primeira mão?
PB – A primeira vez que eu apurei com antecedência uma grande contratação foi a volta do Romário ao Flamengo, que não tem mundial, em 1995. Esse ano acertei Kieza no Náutico, Prass no Ceará, Carlos Eduardo no Athletico. Além da demissão do diretor incompetente do Palmeiras e do treinador Mano Menezes.

O incrível não é isso. O boato criado pelo fake de @PacoB0800 foi ganhando força até o Ceará contratar mesmo o goleiro Fernando Prass. Vocês entenderam? O cara criou uma história que no fim se tornou real.

Prass chega a Fortaleza para assinar contrato de um ano com o Ceará. Informação que eu e Paco Belmonte já havíamos divulgado.

Tem coisa que só acontece comigo.

Por Jussie Cunha

Tags