33 municípios cearenses não vão realizar festa de Carnaval

MOTIVOS DIVERSOS

33 municípios cearenses não vão realizar festa de Carnaval

Ubajara, na Serra da Ibiapaba, e Granja são alguns exemplos. Em Saboeiro, o Ministério Público recomendou a também não realizar a festa

Por Tribuna Bandnews FM em Ceará

3 de fevereiro de 2020 às 15:33

Há 3 semanas
Os motivos para não ocorrer festa de Carnaval em alguns municípios são diversos (FOTO: Reprodução)

Os motivos para não ocorrer festa de Carnaval em alguns municípios são diversos (FOTO: Reprodução)

Pelo menos 33 cidades do Estado não vão fazer festa de Carnaval, segundo a Associação dos Municípios do Estado do Ceará. Ubajara é uma dessas cidades. Em 2020 será o terceiro ano consecutivo sem festa no município. O fato da região não atrair muitos foliões nesta época do ano é o principal motivo. Aos poucos, Ubajara tornou-se destino para quem queria fugir dos agitos carnavalescos.

De acordo com o prefeito da cidade, Renê Vasconcelos, a verba de R$ 250 mil que seria destinada para a festa popular vai ser aplicada em outro setor da cidade: “Se concentra em pessoas acamadas e com deficiência física, como ano passado, quando a gente comprou fraldas, cadeiras de roda e de banho para pessoas acamadas e medicações de alto custo”, explicou.

Assim como Ubajara, o município de Granja também cancelou a festa para investir nas obras de contenção das águas da chuva. Com a decisão, a Prefeitura da cidade afirma que irá economizar R$ 1,2 milhões em recursos. Essa verba será destinada para ações preventivas, como a recuperação de córregos, rios e riachos.

Na última semana, o Ministério Público do Estado (MPCE) recomendou à Prefeitura de Saboeiro a também não realizar a festa de Carnaval. O motivo se deve ao atraso na folha de pagamentos dos servidores municipais.

Aqui em Fortaleza, a festa de Carnaval será realizada com diversos pontos de folia pela cidade. No entanto, o evento já tradicional na cidade foi alvo de audiência realizada pelo MPCE. De acordo com o promotor de Justiça Eloilson Landim, o encontro foi para discutir formas de como evitar falhas na aplicação dos recursos públicos no Carnaval de 2020.

“Nós detectamos graves irregularidades e para que essas irregularidades não repercutem no resultado geral do Carnaval, objetivamos ouvir as explicações do poder público e as agremiações e suas queixas”, ressaltou o promotor.

A seca ou o período de estiagem também pode obrigar outros municípios a não realizar o Carnaval. De acordo com a Defesa Civil do Estado, há 56 cidades cearenses que declararam situação de emergência.

Publicidade

Dê sua opinião

MOTIVOS DIVERSOS

33 municípios cearenses não vão realizar festa de Carnaval

Ubajara, na Serra da Ibiapaba, e Granja são alguns exemplos. Em Saboeiro, o Ministério Público recomendou a também não realizar a festa

Por Tribuna Bandnews FM em Ceará

3 de fevereiro de 2020 às 15:33

Há 3 semanas
Os motivos para não ocorrer festa de Carnaval em alguns municípios são diversos (FOTO: Reprodução)

Os motivos para não ocorrer festa de Carnaval em alguns municípios são diversos (FOTO: Reprodução)

Pelo menos 33 cidades do Estado não vão fazer festa de Carnaval, segundo a Associação dos Municípios do Estado do Ceará. Ubajara é uma dessas cidades. Em 2020 será o terceiro ano consecutivo sem festa no município. O fato da região não atrair muitos foliões nesta época do ano é o principal motivo. Aos poucos, Ubajara tornou-se destino para quem queria fugir dos agitos carnavalescos.

De acordo com o prefeito da cidade, Renê Vasconcelos, a verba de R$ 250 mil que seria destinada para a festa popular vai ser aplicada em outro setor da cidade: “Se concentra em pessoas acamadas e com deficiência física, como ano passado, quando a gente comprou fraldas, cadeiras de roda e de banho para pessoas acamadas e medicações de alto custo”, explicou.

Assim como Ubajara, o município de Granja também cancelou a festa para investir nas obras de contenção das águas da chuva. Com a decisão, a Prefeitura da cidade afirma que irá economizar R$ 1,2 milhões em recursos. Essa verba será destinada para ações preventivas, como a recuperação de córregos, rios e riachos.

Na última semana, o Ministério Público do Estado (MPCE) recomendou à Prefeitura de Saboeiro a também não realizar a festa de Carnaval. O motivo se deve ao atraso na folha de pagamentos dos servidores municipais.

Aqui em Fortaleza, a festa de Carnaval será realizada com diversos pontos de folia pela cidade. No entanto, o evento já tradicional na cidade foi alvo de audiência realizada pelo MPCE. De acordo com o promotor de Justiça Eloilson Landim, o encontro foi para discutir formas de como evitar falhas na aplicação dos recursos públicos no Carnaval de 2020.

“Nós detectamos graves irregularidades e para que essas irregularidades não repercutem no resultado geral do Carnaval, objetivamos ouvir as explicações do poder público e as agremiações e suas queixas”, ressaltou o promotor.

A seca ou o período de estiagem também pode obrigar outros municípios a não realizar o Carnaval. De acordo com a Defesa Civil do Estado, há 56 cidades cearenses que declararam situação de emergência.