Estudantes protestam em Fortaleza e Sobral


Após manifestação no entorno do Castelão, protestos continuam em Fortaleza e no Interior

Está marcada, para às 16h30 desta quinta-feira (20), uma manifestação de estudantes na Praça Portugal, em Fortaleza

Por Arimatéia Moura em Ceará

20 de junho de 2013 às 11:36

Há 7 anos
manifest

Avenida Alberto Craveiro repleta de manifestantes no inicio da tarde da quarta-feira,19. (FOTO: Tribuna do Ceará)

Milhares de pessoas foram à rua, em Fortaleza, nesta quarta-feira (19), protestar por motivos diversos: gastos exorbitantes de dinheiro público em obras da Copa, falta de transparência nesses gastos, problemas permanentes nas áreas da saúde, segurança e transporte público, entre outros. Após o momento que marcou a cidade, os protestos irão continuar nesta quinta-feira (20).

Está marcada, para às 16h30 desta quinta-feira (20), uma manifestação de estudantes na Praça Portugal, em Fortaleza. Segundo um dos organizadores, Gustavo Mineiro, aluno de Cinema na Universidade Federal do Ceará (UFC), o público estimado de é de 15 mil pessoas.

Eles reivindicam melhorias no transporte público, redução da tarifa de ônibus para R$ 2 e a entrega das carteiras de estudante que deveriam ter sido entregues na última sexta-feira (14) mas teve prazo prorrogado para o mês de setembro.

Interior

Em Sobral, estudantes também vão às ruas protestar contra a falta de segurança na região, pedir melhorias no sistema de transporte público e cobrar mais transparência em gastos da Câmara Municipal. A manifestação é mobilizada pelas redes sociais e vai se concentrar nas imediações do Arco.

Etufor

Sobre o atraso na entrega das carteiras de estudante dos alunos da rede pública, a Etufor explicou que a demora se deve ao impasse sobre a responsabilidade pela confecção dos documentos. O órgão esclareceu que, a partir de agora, o Governo do Estado vai assumir a produção das carteirinhas de alunos da rede estadual de ensino médio e superior. As demais continuarão por conta do município.

A Etufor informou, ainda, que mesmo sem a carteirinha de 2013 os alunos vão poder retirar o seu Bilhete Único utilizando a de 2012. O órgão desmentiu o boato de que a prefeitura deixaria de financiar as carteiras de estudantes dos alunos da rede pública e preferiu não se pronunciar a respeito das manifestações desta tarde.

Publicidade

Dê sua opinião

Após manifestação no entorno do Castelão, protestos continuam em Fortaleza e no Interior

Está marcada, para às 16h30 desta quinta-feira (20), uma manifestação de estudantes na Praça Portugal, em Fortaleza

Por Arimatéia Moura em Ceará

20 de junho de 2013 às 11:36

Há 7 anos
manifest

Avenida Alberto Craveiro repleta de manifestantes no inicio da tarde da quarta-feira,19. (FOTO: Tribuna do Ceará)

Milhares de pessoas foram à rua, em Fortaleza, nesta quarta-feira (19), protestar por motivos diversos: gastos exorbitantes de dinheiro público em obras da Copa, falta de transparência nesses gastos, problemas permanentes nas áreas da saúde, segurança e transporte público, entre outros. Após o momento que marcou a cidade, os protestos irão continuar nesta quinta-feira (20).

Está marcada, para às 16h30 desta quinta-feira (20), uma manifestação de estudantes na Praça Portugal, em Fortaleza. Segundo um dos organizadores, Gustavo Mineiro, aluno de Cinema na Universidade Federal do Ceará (UFC), o público estimado de é de 15 mil pessoas.

Eles reivindicam melhorias no transporte público, redução da tarifa de ônibus para R$ 2 e a entrega das carteiras de estudante que deveriam ter sido entregues na última sexta-feira (14) mas teve prazo prorrogado para o mês de setembro.

Interior

Em Sobral, estudantes também vão às ruas protestar contra a falta de segurança na região, pedir melhorias no sistema de transporte público e cobrar mais transparência em gastos da Câmara Municipal. A manifestação é mobilizada pelas redes sociais e vai se concentrar nas imediações do Arco.

Etufor

Sobre o atraso na entrega das carteiras de estudante dos alunos da rede pública, a Etufor explicou que a demora se deve ao impasse sobre a responsabilidade pela confecção dos documentos. O órgão esclareceu que, a partir de agora, o Governo do Estado vai assumir a produção das carteirinhas de alunos da rede estadual de ensino médio e superior. As demais continuarão por conta do município.

A Etufor informou, ainda, que mesmo sem a carteirinha de 2013 os alunos vão poder retirar o seu Bilhete Único utilizando a de 2012. O órgão desmentiu o boato de que a prefeitura deixaria de financiar as carteiras de estudantes dos alunos da rede pública e preferiu não se pronunciar a respeito das manifestações desta tarde.