Governo espera entregar obras do aquário à iniciativa privada ainda na atual gestão

OBRA ATRASADA

Governo espera entregar obras do aquário à iniciativa privada ainda na atual gestão

A obra do Aquário Ceará foi orçada em R$ 300 milhões. Desses, R$ 176 milhões já foram gastos

Por Tribuna Bandnews FM em Ceará

14 de agosto de 2019 às 07:00

Há 2 meses

Obra está atrasada há quase 10 anos. (FOTO: Divulgação)

Atrasadas há quase 10 anos, as obras do Acquario Ceará devem ser retomadas no início de 2020. Desde de que foi planejado, em 2008, o empreendimento gera expectativas turísticas para o Estado. O último impasse relacionado a obra foi a desistência do grupo Dias Branco. Em 2018, o governador Camilo Santana, o prefeito Roberto Cláudio e executivos do grupo assinaram um termo de compromisso que previa o investimento de R$ 600 milhões. O que não aconteceu porque estudos de viabilidade financeira financiados pela empresa apontaram baixa rentabilidade.

Desde então o governo do Ceará busca novas parcerias. De acordo com o secretário de Turismo do Estado, Arialdo Pinho, a intenção é entregar o Acquario Ceará ainda na gestão atual. Segundo ele, três empresas estão no páreo para assumir as obras.

“Nós estamos fazendo prospecção. Tem empresa do Qatar, tem empresa chinesa e nacional interessadas em tocar o Acquario. Agora a gente está analisando quem tem experiência e capacidade financeira para desenvolver o aquário. A gente não pode errar. Não podemos fechar com alguém que não tenha capacidade de fazer imediatamente. Nós queremos terminar isso ainda dentro da gestão do Camilo Santana”, disse o secretário.

Ainda segundo Arialdo Pinho, a expectativa é retomar as obras no início do ano que vem. Além disso, mudanças no projeto original devem acontecer. No entanto, elas não foram detalhadas por ele.

“Tem uma proposta mais barata, tem uma de seguir o caminho que estava sendo idealizado, mas já tem um tempo que foi idealizado… Tem que pensar que já tem 10 anos, então tem que desenvolver um produto que seja mais atual. Até a parte de informática… O sonho da gente é retornar a obra até o início do ano que vem”, explicou Arialdo Pinho.

A obra do Aquário Ceará foi orçada em R$ 300 milhões. Desses, R$ 176 milhões já foram gastos. O projeto original previa receber todos os anos 1,2 milhão de visitantes, o que iria gerar uma receita superior a R$ 21 milhões.

Além disso, o equipamento seria responsável pela criação de 150 empregos diretos, 1.600 indiretos e 18 mil empregos na cadeia produtiva do turismo.

Confira a reportagem completa da repórter Karla Moura, para a Tribuna Band News FM:

Publicidade

Dê sua opinião

OBRA ATRASADA

Governo espera entregar obras do aquário à iniciativa privada ainda na atual gestão

A obra do Aquário Ceará foi orçada em R$ 300 milhões. Desses, R$ 176 milhões já foram gastos

Por Tribuna Bandnews FM em Ceará

14 de agosto de 2019 às 07:00

Há 2 meses

Obra está atrasada há quase 10 anos. (FOTO: Divulgação)

Atrasadas há quase 10 anos, as obras do Acquario Ceará devem ser retomadas no início de 2020. Desde de que foi planejado, em 2008, o empreendimento gera expectativas turísticas para o Estado. O último impasse relacionado a obra foi a desistência do grupo Dias Branco. Em 2018, o governador Camilo Santana, o prefeito Roberto Cláudio e executivos do grupo assinaram um termo de compromisso que previa o investimento de R$ 600 milhões. O que não aconteceu porque estudos de viabilidade financeira financiados pela empresa apontaram baixa rentabilidade.

Desde então o governo do Ceará busca novas parcerias. De acordo com o secretário de Turismo do Estado, Arialdo Pinho, a intenção é entregar o Acquario Ceará ainda na gestão atual. Segundo ele, três empresas estão no páreo para assumir as obras.

“Nós estamos fazendo prospecção. Tem empresa do Qatar, tem empresa chinesa e nacional interessadas em tocar o Acquario. Agora a gente está analisando quem tem experiência e capacidade financeira para desenvolver o aquário. A gente não pode errar. Não podemos fechar com alguém que não tenha capacidade de fazer imediatamente. Nós queremos terminar isso ainda dentro da gestão do Camilo Santana”, disse o secretário.

Ainda segundo Arialdo Pinho, a expectativa é retomar as obras no início do ano que vem. Além disso, mudanças no projeto original devem acontecer. No entanto, elas não foram detalhadas por ele.

“Tem uma proposta mais barata, tem uma de seguir o caminho que estava sendo idealizado, mas já tem um tempo que foi idealizado… Tem que pensar que já tem 10 anos, então tem que desenvolver um produto que seja mais atual. Até a parte de informática… O sonho da gente é retornar a obra até o início do ano que vem”, explicou Arialdo Pinho.

A obra do Aquário Ceará foi orçada em R$ 300 milhões. Desses, R$ 176 milhões já foram gastos. O projeto original previa receber todos os anos 1,2 milhão de visitantes, o que iria gerar uma receita superior a R$ 21 milhões.

Além disso, o equipamento seria responsável pela criação de 150 empregos diretos, 1.600 indiretos e 18 mil empregos na cadeia produtiva do turismo.

Confira a reportagem completa da repórter Karla Moura, para a Tribuna Band News FM: