Homem apresenta sinais vitais durante velório e corpo é levado para hospital

CASO INUSITADO

Homem apresenta sinais vitais durante velório e corpo é levado para hospital

Raimundo Bezerra de Souza, 61 anos, apertou a mão de um de seus familiares e apresentava suor pelo corpo, mas, após ser levado para hospital, foi constatado o óbito

Por Tribuna do Ceará em Ceará

17 de agosto de 2019 às 11:29

Há 1 mês
O caso aconteceu na na cidade de São Luís do Curu, interior do Ceará (FOTO: Paulo Pontes/ TV Jangadeiro)

O caso aconteceu na na cidade de São Luís do Curu, interior do Ceará (FOTO: Paulo Pontes/ TV Jangadeiro)

Um homem de 61 anos apresentou sinais vitais durante seu velório na noite de sexta-feira (16), no município de São Luís do Curu, Região Metropolitana de Fortaleza.

Ao abrir o caixão, a família notou suor no corpo de Raimundo Bezerra de Souza e, durante o velório, ele teria apertado a mão de um de seus familiares.

Ao perceber sinais vitais, seu filho foi até o hospital da cidade para pedir ajuda a equipe médica. No local, os médicos decidiram chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para retirar o corpo e levar até a unidade hospitalar.

Durante a avaliação, Raimundo teria apertado a mão de uma das enfermeiras e estava com sinais de respiração, mas, ao ligar os aparelhos, os médicos constataram sua morte. O corpo voltou para o cemitério São Miguel, onde estava sendo velado, para ser enterrado.

Raimundo estava preso no município de Trairi quando passou mal e foi encaminhado para o Hospital Regional de Itapipoca, onde morreu após uma infecção generalizada.

Com informações do repórter Paulo Pontes, do Barra Pesada/ TV Jangadeiro. 

Publicidade

Dê sua opinião

CASO INUSITADO

Homem apresenta sinais vitais durante velório e corpo é levado para hospital

Raimundo Bezerra de Souza, 61 anos, apertou a mão de um de seus familiares e apresentava suor pelo corpo, mas, após ser levado para hospital, foi constatado o óbito

Por Tribuna do Ceará em Ceará

17 de agosto de 2019 às 11:29

Há 1 mês
O caso aconteceu na na cidade de São Luís do Curu, interior do Ceará (FOTO: Paulo Pontes/ TV Jangadeiro)

O caso aconteceu na na cidade de São Luís do Curu, interior do Ceará (FOTO: Paulo Pontes/ TV Jangadeiro)

Um homem de 61 anos apresentou sinais vitais durante seu velório na noite de sexta-feira (16), no município de São Luís do Curu, Região Metropolitana de Fortaleza.

Ao abrir o caixão, a família notou suor no corpo de Raimundo Bezerra de Souza e, durante o velório, ele teria apertado a mão de um de seus familiares.

Ao perceber sinais vitais, seu filho foi até o hospital da cidade para pedir ajuda a equipe médica. No local, os médicos decidiram chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para retirar o corpo e levar até a unidade hospitalar.

Durante a avaliação, Raimundo teria apertado a mão de uma das enfermeiras e estava com sinais de respiração, mas, ao ligar os aparelhos, os médicos constataram sua morte. O corpo voltou para o cemitério São Miguel, onde estava sendo velado, para ser enterrado.

Raimundo estava preso no município de Trairi quando passou mal e foi encaminhado para o Hospital Regional de Itapipoca, onde morreu após uma infecção generalizada.

Com informações do repórter Paulo Pontes, do Barra Pesada/ TV Jangadeiro.