MP cobra inauguração de delegacia em Solonópole


MP cobra inauguração de delegacia em Solonópole

Solonópole nunca contou com uma delegacia própria

Por Tribuna do Ceará em Ceará

31 de janeiro de 2013 às 17:14

Há 7 anos

O Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) entrou com uma ação, neste mês, contra o governo do estado para cobrar a inauguração da delegacia de Solonópole, no Sertão Central. De acordo com o promotor de Justiça Déric Funck Leite, a unidade construída no município ficou pronta há mais de um ano e cinco meses, mas não funciona por falta de mobília, viaturas e servidores públicos.

No processo, o MP pede que a delegacia comece a funcionar dentro de 30 dias. A ausência de uma unidade da Polícia Civil impede o local de qualquer procedimento policial na cidade. Por causa disso, a população precisa se deslocar até Senador Pompeu, que fica a 56 quilômetros, para fazer os registros e queixas. Os inquéritos policiais também são feitos pela delegacia regional. Solonópole nunca contou com uma delegacia própria.

O promotor destaca que foram inúmeras as tentativas de agilizar a inauguração da delegacia, mas as manifestações dos órgãos responsáveis foram evasivas, restando somente a alternativa de acionar a Justiça para fazer o governo cumprir o dever de garantir segurança pública no interior.

O Ministério Público solicita ainda o envio de viatura policial e a nomeação de delegado, inspetores e escrivães para atuar na unidade, tendo em vista que no final do ano passado foi concluído um curso de formação na Academia de Polícia Civil do estado.

Publicidade

Dê sua opinião

MP cobra inauguração de delegacia em Solonópole

Solonópole nunca contou com uma delegacia própria

Por Tribuna do Ceará em Ceará

31 de janeiro de 2013 às 17:14

Há 7 anos

O Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) entrou com uma ação, neste mês, contra o governo do estado para cobrar a inauguração da delegacia de Solonópole, no Sertão Central. De acordo com o promotor de Justiça Déric Funck Leite, a unidade construída no município ficou pronta há mais de um ano e cinco meses, mas não funciona por falta de mobília, viaturas e servidores públicos.

No processo, o MP pede que a delegacia comece a funcionar dentro de 30 dias. A ausência de uma unidade da Polícia Civil impede o local de qualquer procedimento policial na cidade. Por causa disso, a população precisa se deslocar até Senador Pompeu, que fica a 56 quilômetros, para fazer os registros e queixas. Os inquéritos policiais também são feitos pela delegacia regional. Solonópole nunca contou com uma delegacia própria.

O promotor destaca que foram inúmeras as tentativas de agilizar a inauguração da delegacia, mas as manifestações dos órgãos responsáveis foram evasivas, restando somente a alternativa de acionar a Justiça para fazer o governo cumprir o dever de garantir segurança pública no interior.

O Ministério Público solicita ainda o envio de viatura policial e a nomeação de delegado, inspetores e escrivães para atuar na unidade, tendo em vista que no final do ano passado foi concluído um curso de formação na Academia de Polícia Civil do estado.