Petrobrás e Transpetro devem disponibilizar equipamentos para contenção do avanço do óleo no litoral cearense

POLUIÇÃO AMBIENTAL

Petrobrás e Transpetro devem disponibilizar equipamentos para contenção do avanço do óleo no litoral cearense

A informação é do líder da bancada federal do Ceará, deputado Domingos Neto (PSD)

Por Tribuna do Ceará em Ceará

26 de outubro de 2019 às 15:15

Há 5 meses
Equipes da Semace realizaram limpeza na Praia da Sabiaguaba nesta quinta-feira (FOTO: Reprodução/Semace)

Equipes da Semace realizaram limpeza na Praia da Sabiaguaba (FOTO: Reprodução/Semace)

A Petrobras e a Transpetro disponibilizarão, a partir deste sábado (26), equipamentos para a contenção do avanço do óleo no litoral cearense. A informação é do líder da bancada federal do Ceará, deputado Domingos Neto (PSD), que afirmou ter entrado em contato neste sábado com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e com o almirante Ricardo Santos.

“Acabei de receber o retorno do ministro Ricardo Salles e ele já autorizou a utilização dos equipamentos da Petrobras e Transpetro para conter esse avanço. O esforço é conjunto. Participamos ontem de reunião no Governo do Estado, ao lado do secretário Élcio Batista, e existe uma preocupação urgente com a situação. O maior risco atualmente é que esse petróleo vá para a foz do Rio Jaguaribe e do Curu. É uma operação de guerra”, explica Domingos Neto, que integra a Comissão da Câmara Federal que investiga o derramamento de óleo nas praias do Nordeste.

Apesar do anúncio, não foi explicado como será feita a distribuição dos equipamentos e quem vai operar a limpeza, já que em muitos casos são os voluntários sem nenhum treinamento que estão realizando as operações.

O deputado destaca ainda que esse petróleo é pesado, não chega à superfície, permanecendo cerca de meio metro abaixo, o que dificulta ainda mais a sua contenção. O material a ser disponibilizado Imediatamente inclui: barreiras, big bags (sacolões) e EPIs (equipamentos de proteção individuais). Em seguida serão embarcações, recolhedores mecânicos e rebocador oil recover.

As manchas de óleo já atingiram mais de 20 praias cearenses. Alguns destinos turísticos bastante conhecidos também foram atingidos, como Canoa Quebrada, em Aracati, e Morro Branco, em Beberibe.

Veja lista de praias com manchas de óleo:

Relatadas pelo Ibama

Prainha, Aquiraz
Quixaba, Aracati
Praia de Bitupitá, Barroquinha
Barra de Sucatinga, Beberibe
Morro Branco, Beberibe
Caponga, Cascavel
Sabiaguaba, Fortaleza
Pontal de Maceió, Fortim
Praia de Barreiras, Icapuí
Malhada, Jijoca de Jericoacoara
Paracuru, Paracuru
Lagoinha, Paraipaba
Taíba, São Gonçalo do Amarante

Relatadas por moradores e outros órgãos

Praia do Futuro, Fortaleza
Parajuru, Beberibe
Canoa Quebrada, Aracati
Ponta Grossa, Icapuí
Melancias, Icapuí
Picos, Icapuí
Redonda, Icapuí
Peroba, Icapuí

Veja um mapa:

Publicidade

Dê sua opinião

POLUIÇÃO AMBIENTAL

Petrobrás e Transpetro devem disponibilizar equipamentos para contenção do avanço do óleo no litoral cearense

A informação é do líder da bancada federal do Ceará, deputado Domingos Neto (PSD)

Por Tribuna do Ceará em Ceará

26 de outubro de 2019 às 15:15

Há 5 meses
Equipes da Semace realizaram limpeza na Praia da Sabiaguaba nesta quinta-feira (FOTO: Reprodução/Semace)

Equipes da Semace realizaram limpeza na Praia da Sabiaguaba (FOTO: Reprodução/Semace)

A Petrobras e a Transpetro disponibilizarão, a partir deste sábado (26), equipamentos para a contenção do avanço do óleo no litoral cearense. A informação é do líder da bancada federal do Ceará, deputado Domingos Neto (PSD), que afirmou ter entrado em contato neste sábado com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e com o almirante Ricardo Santos.

“Acabei de receber o retorno do ministro Ricardo Salles e ele já autorizou a utilização dos equipamentos da Petrobras e Transpetro para conter esse avanço. O esforço é conjunto. Participamos ontem de reunião no Governo do Estado, ao lado do secretário Élcio Batista, e existe uma preocupação urgente com a situação. O maior risco atualmente é que esse petróleo vá para a foz do Rio Jaguaribe e do Curu. É uma operação de guerra”, explica Domingos Neto, que integra a Comissão da Câmara Federal que investiga o derramamento de óleo nas praias do Nordeste.

Apesar do anúncio, não foi explicado como será feita a distribuição dos equipamentos e quem vai operar a limpeza, já que em muitos casos são os voluntários sem nenhum treinamento que estão realizando as operações.

O deputado destaca ainda que esse petróleo é pesado, não chega à superfície, permanecendo cerca de meio metro abaixo, o que dificulta ainda mais a sua contenção. O material a ser disponibilizado Imediatamente inclui: barreiras, big bags (sacolões) e EPIs (equipamentos de proteção individuais). Em seguida serão embarcações, recolhedores mecânicos e rebocador oil recover.

As manchas de óleo já atingiram mais de 20 praias cearenses. Alguns destinos turísticos bastante conhecidos também foram atingidos, como Canoa Quebrada, em Aracati, e Morro Branco, em Beberibe.

Veja lista de praias com manchas de óleo:

Relatadas pelo Ibama

Prainha, Aquiraz
Quixaba, Aracati
Praia de Bitupitá, Barroquinha
Barra de Sucatinga, Beberibe
Morro Branco, Beberibe
Caponga, Cascavel
Sabiaguaba, Fortaleza
Pontal de Maceió, Fortim
Praia de Barreiras, Icapuí
Malhada, Jijoca de Jericoacoara
Paracuru, Paracuru
Lagoinha, Paraipaba
Taíba, São Gonçalo do Amarante

Relatadas por moradores e outros órgãos

Praia do Futuro, Fortaleza
Parajuru, Beberibe
Canoa Quebrada, Aracati
Ponta Grossa, Icapuí
Melancias, Icapuí
Picos, Icapuí
Redonda, Icapuí
Peroba, Icapuí

Veja um mapa: