Prefeito de Eusébio exonera secretário de cultura após polêmica em apresentações na cidade

DURANTE MOSTRA CIRCENSE

Prefeito de Eusébio exonera secretário de cultura após polêmica em apresentações na cidade

O caso aconteceu após polêmicas em apresentações circenses que aconteciam na cidade durante a 20º Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo

Por Tribuna do Ceará em Ceará

20 de janeiro de 2020 às 10:39

Há 5 meses

Acilon Gonçalves afirmou que assumirá o comando da Secretaria de Cultura para investigar o caso (FOTO: Divulgação/Prefeitura de Eusébio)

O prefeito da cidade de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, Acilon Gonçalves (PR), exonerou no domingo (19), o secretário de cultura do município, Léo Abreu. A demissão aconteceu após polêmicas em apresentações circenses que aconteciam na cidade durante a 20º Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo.

Um dos espetáculos da programação, o Erotic Circus Show, foi alvo de comentários negativos na internet. A apresentação mostrava homens seminus dançando eroticamente. “Deturpações graves aconteceram, ferindo a ética, princípios religiosos e a moral. Não podemos, jamais, compactuar com coisas desse tipo“, disse o prefeito em vídeo publicado em suas redes sociais também no domingo.

O prefeito explicou que a Secretaria de Cultura estava promovendo, durante uma semana, atividades circenses, como oficinas de treinamento de jovens e adultos e prática de espetáculos para todas as idades. A convenção estava acontecendo desde o dia 12 de janeiro em uma escola de ensino fundamental no centro do município de Eusébio, primeira cidade nordestina a sediar o evento.

Acilon ainda afirma que estará assumindo o comando da Secretaria de Cultura para investigar o caso. “É inconcebível que uma gestão que cuida desse setor permita que coisas dessa natureza aconteçam. Estamos exonerando o secretário de cultura”, concluiu.

Circo erótico

A apresentação Erotic Circus estava marcada para as 23h59 (FOTO: Reprodução/Via Instagram @umcheirovisse)

O espetáculo Erotic Circus Show é realizado pela companhia Verticarte Circus, de Natal, no Rio Grande do Norte. Segundo a programação da convenção, o espetáculo estava marcado para as 23h59 da última sexta-feira (17). O arquivo não sinaliza a classificação de idade indicativa da atração, assim como as redes sociais do evento.

Em postagens feitas no Instagram, membros do coletivo artístico classificam a medida da Prefeitura de Eusébio como “tentativa de censura e show de homofobia”.  No seu perfil pessoal, o ator Marcio Sá, membro da companhia, afirmou que a exoneração do secretário “invalida os benefícios levados pela convenção de circo para o município, surfando nessa onda conservadora dos tempos difíceis e de imposição religiosa”.

Já para o artista Felipe Paes, também membro da companhia, os comentários negativos aconteceram por que “a galera aqui tem um pensamento conservador e não sabe diferenciar arte-erotismo de pornografia“. “Acho que essa galera precisa de mais pesquisa sobre história da arte e menos juízo de valor. Pesquisem, estudem, se informem”, disse em vídeo publicado na plataforma Instagram Stories.

Publicidade

Dê sua opinião

DURANTE MOSTRA CIRCENSE

Prefeito de Eusébio exonera secretário de cultura após polêmica em apresentações na cidade

O caso aconteceu após polêmicas em apresentações circenses que aconteciam na cidade durante a 20º Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo

Por Tribuna do Ceará em Ceará

20 de janeiro de 2020 às 10:39

Há 5 meses

Acilon Gonçalves afirmou que assumirá o comando da Secretaria de Cultura para investigar o caso (FOTO: Divulgação/Prefeitura de Eusébio)

O prefeito da cidade de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, Acilon Gonçalves (PR), exonerou no domingo (19), o secretário de cultura do município, Léo Abreu. A demissão aconteceu após polêmicas em apresentações circenses que aconteciam na cidade durante a 20º Convenção Brasileira de Malabarismo e Circo.

Um dos espetáculos da programação, o Erotic Circus Show, foi alvo de comentários negativos na internet. A apresentação mostrava homens seminus dançando eroticamente. “Deturpações graves aconteceram, ferindo a ética, princípios religiosos e a moral. Não podemos, jamais, compactuar com coisas desse tipo“, disse o prefeito em vídeo publicado em suas redes sociais também no domingo.

O prefeito explicou que a Secretaria de Cultura estava promovendo, durante uma semana, atividades circenses, como oficinas de treinamento de jovens e adultos e prática de espetáculos para todas as idades. A convenção estava acontecendo desde o dia 12 de janeiro em uma escola de ensino fundamental no centro do município de Eusébio, primeira cidade nordestina a sediar o evento.

Acilon ainda afirma que estará assumindo o comando da Secretaria de Cultura para investigar o caso. “É inconcebível que uma gestão que cuida desse setor permita que coisas dessa natureza aconteçam. Estamos exonerando o secretário de cultura”, concluiu.

Circo erótico

A apresentação Erotic Circus estava marcada para as 23h59 (FOTO: Reprodução/Via Instagram @umcheirovisse)

O espetáculo Erotic Circus Show é realizado pela companhia Verticarte Circus, de Natal, no Rio Grande do Norte. Segundo a programação da convenção, o espetáculo estava marcado para as 23h59 da última sexta-feira (17). O arquivo não sinaliza a classificação de idade indicativa da atração, assim como as redes sociais do evento.

Em postagens feitas no Instagram, membros do coletivo artístico classificam a medida da Prefeitura de Eusébio como “tentativa de censura e show de homofobia”.  No seu perfil pessoal, o ator Marcio Sá, membro da companhia, afirmou que a exoneração do secretário “invalida os benefícios levados pela convenção de circo para o município, surfando nessa onda conservadora dos tempos difíceis e de imposição religiosa”.

Já para o artista Felipe Paes, também membro da companhia, os comentários negativos aconteceram por que “a galera aqui tem um pensamento conservador e não sabe diferenciar arte-erotismo de pornografia“. “Acho que essa galera precisa de mais pesquisa sobre história da arte e menos juízo de valor. Pesquisem, estudem, se informem”, disse em vídeo publicado na plataforma Instagram Stories.