Rajadas de vento em Fortaleza chegaram a 47 km/h, afirma Funceme

INSTABILIDADE ATMOSFÉRICA

Rajadas de vento em Fortaleza chegaram a 47 km/h, afirma Funceme

A Funceme reforça ainda que o calor e a alta umidade dos últimos dias foram ‘ingredientes’ para proporcionar fortes rajadas próximo ao litoral

Por Tribuna do Ceará em Ceará

26 de janeiro de 2020 às 12:34

Há 6 meses
(FOTO: Divulgação/Funceme)

(FOTO: Divulgação/Funceme)

As rajadas de vento registradas em Fortaleza na manhã deste domingo (26) chegaram a 47 km/h. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o aumento repentino na velocidade dos ventos se deu pela formação de uma linha de instabilidade próximo à costa da capital.

“Este sistema forma-se a partir de um conjunto de nuvens do tipo cumulunimbus em forma de linha, sendo estas também associadas a precipitações mais intensas. Esses fenômenos também são conhecidos como frentes de rajadas, por virem à frente da precipitação mais intensa. Nas imagens de radar e satélite abaixo, pode ser observar a linha de instabilidade”, explica o órgão.

A Funceme reforça ainda que o calor e a alta umidade dos últimos dias foram ‘ingredientes’ para a instabilidade atmosférica deste sistema, o que proporcionou fortes rajadas próximo ao litoral. “Para este domingo, espera-se ainda que outras regiões do Estado, incluindo a porção centro-sul, recebam precipitações acompanhadas de ventos mais intensos”, conclui.

O Aeroporto de Fortaleza, inclusive, ficou com parte do teto danificada em razão dos fortes ventos. Semáforos ficaram apagados e moradores reclamaram ainda da queda de energia em alguns bairros. Segundo a Enel, a forte chuva causou o desarme da linha de distribuição de alta tensão Água Fria – Papicu, interrompendo o fornecimento de energia em alguns pontos da cidade durante seis minutos. O fornecimento de energia já foi restabelecido e a companhia segue trabalhando para identificar o motivo do desarme na linha de distribuição”.

Publicidade

Dê sua opinião

INSTABILIDADE ATMOSFÉRICA

Rajadas de vento em Fortaleza chegaram a 47 km/h, afirma Funceme

A Funceme reforça ainda que o calor e a alta umidade dos últimos dias foram ‘ingredientes’ para proporcionar fortes rajadas próximo ao litoral

Por Tribuna do Ceará em Ceará

26 de janeiro de 2020 às 12:34

Há 6 meses
(FOTO: Divulgação/Funceme)

(FOTO: Divulgação/Funceme)

As rajadas de vento registradas em Fortaleza na manhã deste domingo (26) chegaram a 47 km/h. De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o aumento repentino na velocidade dos ventos se deu pela formação de uma linha de instabilidade próximo à costa da capital.

“Este sistema forma-se a partir de um conjunto de nuvens do tipo cumulunimbus em forma de linha, sendo estas também associadas a precipitações mais intensas. Esses fenômenos também são conhecidos como frentes de rajadas, por virem à frente da precipitação mais intensa. Nas imagens de radar e satélite abaixo, pode ser observar a linha de instabilidade”, explica o órgão.

A Funceme reforça ainda que o calor e a alta umidade dos últimos dias foram ‘ingredientes’ para a instabilidade atmosférica deste sistema, o que proporcionou fortes rajadas próximo ao litoral. “Para este domingo, espera-se ainda que outras regiões do Estado, incluindo a porção centro-sul, recebam precipitações acompanhadas de ventos mais intensos”, conclui.

O Aeroporto de Fortaleza, inclusive, ficou com parte do teto danificada em razão dos fortes ventos. Semáforos ficaram apagados e moradores reclamaram ainda da queda de energia em alguns bairros. Segundo a Enel, a forte chuva causou o desarme da linha de distribuição de alta tensão Água Fria – Papicu, interrompendo o fornecimento de energia em alguns pontos da cidade durante seis minutos. O fornecimento de energia já foi restabelecido e a companhia segue trabalhando para identificar o motivo do desarme na linha de distribuição”.