Tráfego de táxi entre municípios do Ceará é irregular


Taxistas consideram abusivas multas por transporte intermunicipal

Taxistas que transitam entre o município de Fortaleza e as demais cidade do Ceará estão indignados pelo serviço ser considerado irregular.

Por Lyvia Rocha em Ceará

26 de abril de 2012 às 17:55

Há 8 anos

Taxistas que transitam entre o município de Fortaleza e as demais cidade do Ceará estão indignados com as multas no valor de R$ 1 mil pelo tráfego intermunicipal e com o fato do serviço ser considerado irregular.

O vice-presidente do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi), Pedro Alves, afirma que há muito tempo a categoria faz esse tipo de transporte e defende que  a prática não é irregular.

“Há anos levamos passageiros para cidades do interior do Estado, mas somente de um ano pra cá começamos a receber multas em um valor muito alto. Queremos que essa perseguição acabe”, pede.

Transporte é irregular, diz Detran

O sindicato culpa o Departamento Nacional de Trânsito do Ceará (Detran-CE) pela aplicação da multas, consideradas indevidas. O órgão responde a acusação reiterando ser irregular o transporte intermunicipal feito pelos taxistas.

O assessor de imprensa do Detran, Paulo Ernesto, explica o motivo da irregularidade: “Após a criação dos transportes intermunicipais, aprovada pelo governador Cid Gomes, é incorreto os táxis realizarem esse tipo de serviço. É tanto que os veículos só têm concessão para transitar dentro do município de Fortaleza, autorizados devidamente pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor)“, esclarece.

O decreto foi assinado por Cid Gomes em 2010. Com a ordem de serviço, 740 vans estão circulando em 164 linhas.

Debate

Com o intuito de discutir a situação dos taxistas que transitam entre os municípios e a questão das abordagens do Detran e Polícia Rodoviária Estadual (PRE), uma audiência pública foi realizada na Assembleia Legislativa do Ceará (AL), nesta quinta-feira (26).

Foram convidados para o debate os titulares da Superintendência do Departamento Estadual de Trânsito, da Gerência do Núcleo de Fiscalização e Transporte, do Sindicato dos Taxistas de Fortaleza (Sinditaxi), da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil. Além das prefeituras e do comando da PRE.

Projeto de Lei

Durante a audiência pública será apresentado projeto de Lei que regulamenta o tráfego com a instituição do ‘Guia de Autorização de Trânsito Intermunicipal’.


Notice: Undefined variable: args in /home2/tribu/public_html/wp-content/themes/2016_tribuna_editorias/lib/relates-posts.php on line 40

Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home2/tribu/public_html/wp-includes/functions.php on line 4652

Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home2/tribu/public_html/wp-includes/functions.php on line 4652
Publicidade

Dê sua opinião

Taxistas consideram abusivas multas por transporte intermunicipal

Taxistas que transitam entre o município de Fortaleza e as demais cidade do Ceará estão indignados pelo serviço ser considerado irregular.

Por Lyvia Rocha em Ceará

26 de abril de 2012 às 17:55

Há 8 anos

Taxistas que transitam entre o município de Fortaleza e as demais cidade do Ceará estão indignados com as multas no valor de R$ 1 mil pelo tráfego intermunicipal e com o fato do serviço ser considerado irregular.

O vice-presidente do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi), Pedro Alves, afirma que há muito tempo a categoria faz esse tipo de transporte e defende que  a prática não é irregular.

“Há anos levamos passageiros para cidades do interior do Estado, mas somente de um ano pra cá começamos a receber multas em um valor muito alto. Queremos que essa perseguição acabe”, pede.

Transporte é irregular, diz Detran

O sindicato culpa o Departamento Nacional de Trânsito do Ceará (Detran-CE) pela aplicação da multas, consideradas indevidas. O órgão responde a acusação reiterando ser irregular o transporte intermunicipal feito pelos taxistas.

O assessor de imprensa do Detran, Paulo Ernesto, explica o motivo da irregularidade: “Após a criação dos transportes intermunicipais, aprovada pelo governador Cid Gomes, é incorreto os táxis realizarem esse tipo de serviço. É tanto que os veículos só têm concessão para transitar dentro do município de Fortaleza, autorizados devidamente pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor)“, esclarece.

O decreto foi assinado por Cid Gomes em 2010. Com a ordem de serviço, 740 vans estão circulando em 164 linhas.

Debate

Com o intuito de discutir a situação dos taxistas que transitam entre os municípios e a questão das abordagens do Detran e Polícia Rodoviária Estadual (PRE), uma audiência pública foi realizada na Assembleia Legislativa do Ceará (AL), nesta quinta-feira (26).

Foram convidados para o debate os titulares da Superintendência do Departamento Estadual de Trânsito, da Gerência do Núcleo de Fiscalização e Transporte, do Sindicato dos Taxistas de Fortaleza (Sinditaxi), da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil. Além das prefeituras e do comando da PRE.

Projeto de Lei

Durante a audiência pública será apresentado projeto de Lei que regulamenta o tráfego com a instituição do ‘Guia de Autorização de Trânsito Intermunicipal’.