180 crianças participam de corrida inclusiva em Fortaleza

VENCEDORAS

180 crianças participam de corrida inclusiva em Fortaleza

A 3ª edição Corridinha Therapias aconteceu na manhã deste domingo (1º). Ao todo, 180 crianças participaram do evento, que tem um objetivo muito além do estímulo à atividade física

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

1 de dezembro de 2019 às 11:44

Há 1 semana

Todos são vencedores na corrida (FOTO: Divulgação)

Quem disse que corrida é evento de adulto? As crianças da 3ª Corridinha Therapias mostram que não. São 180 pequenos de diversas idades dispostos a correr até a linha de chegada na manhã deste domingo em uma escola no bairro Aldeota.

Ao contrário das convencionais, nesse evento todos são vencedores e sobem ao pódio. Segundo a organizadora e terapeuta ocupacional, Ana Wladia, a proposta dessa iniciativa vai além da atividade física.

“Todas as crianças participam da maneira que for: em uma cadeira de rodas, nos braços dos pais ou em andador. O importante é que, na linha de chegada, as crianças ganhem suas medalhas e os parabéns de todos”, ressalta Ana Wladia.

O projeto, promovido pela Clínica Therapias, surgiu há três anos após uma criança com um tipo de deficiência física ter sido impedida de participar de uma corrida infantil. “Foi aí que a gente pensou nessa corrida em que todas podem correr e ser vencedoras”, explica a organizadora.

A proposta da iniciativa vai além da atividade física (FOTO: Divulgação)

A proposta da iniciativa vai além da atividade física (FOTO: Divulgação)

Quem aprova são os pais. A assistente comercial Danielle Nogueira levou pela primeira vez a filha Sofia, de apenas quatro anos, para participar do evento. Para ela, a filha, que tem problemas auditivos, se sente mais acolhida ao encontrar crianças com a mesma deficiência que a dela.

“Sofia já deu várias voltas antes da largada. Um ambiente super acolhedor. Ela está amando. Isso porque há uma interação com outras crianças iguais a ela”, destaca Danielle sobre a importância do evento.

A terceira edição da Corridinha Therapias iniciou às 8h e seguiu até às 11h da manhã deste domingo, na quadra esportiva do Colégio Batista Santos Dumont. O evento também arrecadou 180 latas de leites que serão doadas para a Associação Beija Flor e o Lar Batista.

Publicidade

Dê sua opinião

VENCEDORAS

180 crianças participam de corrida inclusiva em Fortaleza

A 3ª edição Corridinha Therapias aconteceu na manhã deste domingo (1º). Ao todo, 180 crianças participaram do evento, que tem um objetivo muito além do estímulo à atividade física

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

1 de dezembro de 2019 às 11:44

Há 1 semana

Todos são vencedores na corrida (FOTO: Divulgação)

Quem disse que corrida é evento de adulto? As crianças da 3ª Corridinha Therapias mostram que não. São 180 pequenos de diversas idades dispostos a correr até a linha de chegada na manhã deste domingo em uma escola no bairro Aldeota.

Ao contrário das convencionais, nesse evento todos são vencedores e sobem ao pódio. Segundo a organizadora e terapeuta ocupacional, Ana Wladia, a proposta dessa iniciativa vai além da atividade física.

“Todas as crianças participam da maneira que for: em uma cadeira de rodas, nos braços dos pais ou em andador. O importante é que, na linha de chegada, as crianças ganhem suas medalhas e os parabéns de todos”, ressalta Ana Wladia.

O projeto, promovido pela Clínica Therapias, surgiu há três anos após uma criança com um tipo de deficiência física ter sido impedida de participar de uma corrida infantil. “Foi aí que a gente pensou nessa corrida em que todas podem correr e ser vencedoras”, explica a organizadora.

A proposta da iniciativa vai além da atividade física (FOTO: Divulgação)

A proposta da iniciativa vai além da atividade física (FOTO: Divulgação)

Quem aprova são os pais. A assistente comercial Danielle Nogueira levou pela primeira vez a filha Sofia, de apenas quatro anos, para participar do evento. Para ela, a filha, que tem problemas auditivos, se sente mais acolhida ao encontrar crianças com a mesma deficiência que a dela.

“Sofia já deu várias voltas antes da largada. Um ambiente super acolhedor. Ela está amando. Isso porque há uma interação com outras crianças iguais a ela”, destaca Danielle sobre a importância do evento.

A terceira edição da Corridinha Therapias iniciou às 8h e seguiu até às 11h da manhã deste domingo, na quadra esportiva do Colégio Batista Santos Dumont. O evento também arrecadou 180 latas de leites que serão doadas para a Associação Beija Flor e o Lar Batista.