"Etica Fetida": Qual a história de uma das pichações mais presentes em Fortaleza?

POR TODA A CIDADE

“Etica Fetida”: Qual a história de uma das pichações mais presentes em Fortaleza?

Já viu a pichação “Etica Fetida” em algum ponto de Fortaleza, né? O Tribuna do Ceará conversou com possível autor da intervenção que já virou tema de pesquisa acadêmica

Por William Barros em Cotidiano

17 de setembro de 2019 às 07:00

Há 1 mês

“Etica Fetida” já virou tema de pesquisa acadêmica (FOTO: Reprodução / Instagram)

é.ti.ca
substantivo feminino
Conjunto de regras e preceitos de ordem valorativa e moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade.

fé.ti.da
adjetivo feminino
Característica do que é mau cheiroso, que fede, cheira ruim, fedido.

“Etica Fetida”. É assim mesmo, sem os acentos, que costuma ser assinada uma das pichações mais presentes em Fortaleza. Basta fazer o exercício de observar os muros da cidade com mais atenção para perceber que essa inscrição aparece em quase todos os bairros da capital cearense.

A autoria e o significado exato dessa intervenção, no entanto, são desconhecidos e movem a curiosidade de muita gente. Usuários do Twitter, por exemplo, tentam desvendar o mistério a qualquer custo, como mostram as publicações abaixo:

O Tribuna do Ceará localizou um perfil no Instagram atribuído ao possível responsável – ou aos possíveis responsáveis, não se sabe ao certo – por fazer essas inscrições. Para quem deseja descobrir nome, gênero, idade ou profissão de “Etica”, é preciso avisar que nenhuma dessas respostas serão encontradas nesta reportagem.

Na conversa com o Tribuna do Ceará, “Etica” revelou preocupação com questões sociais (FOTO: Reprodução / Instagram)

É só ler os muros

O artigo 65 da Lei 9.605/98 classifica pichação como vandalismo e crime ambiental, prevendo pena de detenção de 3 meses a 1 ano e multa. Talvez por isso, ao longo de toda a conversa, o perfil manteve postura reservada e, por vezes, evasiva. “Não quero entrar em muitos detalhes, por prevenção”, justificou a página nas mensagens.

Já ao explicar o conceito por trás de suas intervenções, revelou uma faceta política e atenta a questões sociais. “Há anos, ‘Etica Fetida’ é tinta e reflexão, crítica, arte e intervenção. Significa dizer o podre óbvio das relações pessoais. Uma tradução do que vemos no cotidiano, através de uma cidade cada vez mais mortal e excludente”, define.

Quando questionado – ou questionada – em quais lugares suas intervenções podem ser encontradas, respondeu que são em “espaços vazios, onde os que não têm voz só são vistos pela violência, discriminação e descaso”. No momento em que o Tribuna do Ceará pede para que cite locais específicos, o perfil se resume a dizer que “é só andar por ‘Fortal’ e ler os muros”.

Para “Etica”, a página no Instagram é seu “portfólio artístico”. Ao tratar da curiosidade dos fortalezenses acerca de sua identidade, os convida a seguirem @etica.fetida. “É só vir aqui. Meu perfil é aberto e tal“, explica.

Lara tem utilizado o Instagram @umafortaleza de afetos para registrar seus encontros com as pichações “Etica Fetida” (FOTO: Reprodução / Lara Denise)

“Etica Fetida” na academia

Doutoranda em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Lara Denise desenvolve uma pesquisa sobre intervenções urbanas na capital cearense. Em Uma Fortaleza de Afetos, “Etica Fetida” é um dos casos analisados pela socióloga. Para o estudo, Lara também fez contato com o mesmo perfil localizado por esta reportagem.

A doutoranda encontrou uma maneira de confirmar que estava realmente interagindo com o responsável pelas pichações. “Só sei que ele é o ‘Etica Fetida’, porque falei de um determinado lugar e ele fez uma intervenção lá. Assim, comprovei que era ele”, explica a socióloga, que é membro do Laboratório das Juventudes (Lajus) da UFC.

Entretanto, como boa parte dos fortalezenses, Lara continua sem saber informações sobre a identidade de “Etica”. Para ela, esse aspecto não é o mais importante. “É um componente mais intrigante dessa história, mas talvez esses marcadores, de ser homem ou mulher, não digam tanto quanto pensar nas intervenções em si”, argumenta.

A socióloga encontrou uma série de diferenças entre “Etica Fetida” e outras pichações. “Ela é mais acessível à nossa leitura, fica na cidade toda, não se restringe, e não tem padrão de tamanho. Já a vi num muro inteiro como já a vi num cantinho no chão. Os locais que ele escolhe são sempre terrenos abandonados, demolição”, exemplifica a pesquisadora.

Lara conta que diariamente se depara com as intervenções de “Etica” e, por isso, tem registrado esses “encontros” num diário. “Quando você menos espera, você encontra. Costumo dizer que ele é uma erva daninha, não tem controle. Dá para criar rotas por meio dessas intervenções”, explica a responsável por levar “Etica Fetida” para o ambiente acadêmico.

Mesmo assim, a identidade de seu autor – ou autora, ou autores – continuará desconhecida para a população. Todo esse mistério só não é maior do que aquilo que é inegável: a mensagem de “Etica Fetida” já se espalhou pelos muros da capital cearense.

Pichação espalhada por toda Fortaleza
1/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
2/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
3/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
4/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
5/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
6/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
7/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
8/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
9/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
10/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Publicidade

Dê sua opinião

POR TODA A CIDADE

“Etica Fetida”: Qual a história de uma das pichações mais presentes em Fortaleza?

Já viu a pichação “Etica Fetida” em algum ponto de Fortaleza, né? O Tribuna do Ceará conversou com possível autor da intervenção que já virou tema de pesquisa acadêmica

Por William Barros em Cotidiano

17 de setembro de 2019 às 07:00

Há 1 mês

“Etica Fetida” já virou tema de pesquisa acadêmica (FOTO: Reprodução / Instagram)

é.ti.ca
substantivo feminino
Conjunto de regras e preceitos de ordem valorativa e moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade.

fé.ti.da
adjetivo feminino
Característica do que é mau cheiroso, que fede, cheira ruim, fedido.

“Etica Fetida”. É assim mesmo, sem os acentos, que costuma ser assinada uma das pichações mais presentes em Fortaleza. Basta fazer o exercício de observar os muros da cidade com mais atenção para perceber que essa inscrição aparece em quase todos os bairros da capital cearense.

A autoria e o significado exato dessa intervenção, no entanto, são desconhecidos e movem a curiosidade de muita gente. Usuários do Twitter, por exemplo, tentam desvendar o mistério a qualquer custo, como mostram as publicações abaixo:

O Tribuna do Ceará localizou um perfil no Instagram atribuído ao possível responsável – ou aos possíveis responsáveis, não se sabe ao certo – por fazer essas inscrições. Para quem deseja descobrir nome, gênero, idade ou profissão de “Etica”, é preciso avisar que nenhuma dessas respostas serão encontradas nesta reportagem.

Na conversa com o Tribuna do Ceará, “Etica” revelou preocupação com questões sociais (FOTO: Reprodução / Instagram)

É só ler os muros

O artigo 65 da Lei 9.605/98 classifica pichação como vandalismo e crime ambiental, prevendo pena de detenção de 3 meses a 1 ano e multa. Talvez por isso, ao longo de toda a conversa, o perfil manteve postura reservada e, por vezes, evasiva. “Não quero entrar em muitos detalhes, por prevenção”, justificou a página nas mensagens.

Já ao explicar o conceito por trás de suas intervenções, revelou uma faceta política e atenta a questões sociais. “Há anos, ‘Etica Fetida’ é tinta e reflexão, crítica, arte e intervenção. Significa dizer o podre óbvio das relações pessoais. Uma tradução do que vemos no cotidiano, através de uma cidade cada vez mais mortal e excludente”, define.

Quando questionado – ou questionada – em quais lugares suas intervenções podem ser encontradas, respondeu que são em “espaços vazios, onde os que não têm voz só são vistos pela violência, discriminação e descaso”. No momento em que o Tribuna do Ceará pede para que cite locais específicos, o perfil se resume a dizer que “é só andar por ‘Fortal’ e ler os muros”.

Para “Etica”, a página no Instagram é seu “portfólio artístico”. Ao tratar da curiosidade dos fortalezenses acerca de sua identidade, os convida a seguirem @etica.fetida. “É só vir aqui. Meu perfil é aberto e tal“, explica.

Lara tem utilizado o Instagram @umafortaleza de afetos para registrar seus encontros com as pichações “Etica Fetida” (FOTO: Reprodução / Lara Denise)

“Etica Fetida” na academia

Doutoranda em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Lara Denise desenvolve uma pesquisa sobre intervenções urbanas na capital cearense. Em Uma Fortaleza de Afetos, “Etica Fetida” é um dos casos analisados pela socióloga. Para o estudo, Lara também fez contato com o mesmo perfil localizado por esta reportagem.

A doutoranda encontrou uma maneira de confirmar que estava realmente interagindo com o responsável pelas pichações. “Só sei que ele é o ‘Etica Fetida’, porque falei de um determinado lugar e ele fez uma intervenção lá. Assim, comprovei que era ele”, explica a socióloga, que é membro do Laboratório das Juventudes (Lajus) da UFC.

Entretanto, como boa parte dos fortalezenses, Lara continua sem saber informações sobre a identidade de “Etica”. Para ela, esse aspecto não é o mais importante. “É um componente mais intrigante dessa história, mas talvez esses marcadores, de ser homem ou mulher, não digam tanto quanto pensar nas intervenções em si”, argumenta.

A socióloga encontrou uma série de diferenças entre “Etica Fetida” e outras pichações. “Ela é mais acessível à nossa leitura, fica na cidade toda, não se restringe, e não tem padrão de tamanho. Já a vi num muro inteiro como já a vi num cantinho no chão. Os locais que ele escolhe são sempre terrenos abandonados, demolição”, exemplifica a pesquisadora.

Lara conta que diariamente se depara com as intervenções de “Etica” e, por isso, tem registrado esses “encontros” num diário. “Quando você menos espera, você encontra. Costumo dizer que ele é uma erva daninha, não tem controle. Dá para criar rotas por meio dessas intervenções”, explica a responsável por levar “Etica Fetida” para o ambiente acadêmico.

Mesmo assim, a identidade de seu autor – ou autora, ou autores – continuará desconhecida para a população. Todo esse mistério só não é maior do que aquilo que é inegável: a mensagem de “Etica Fetida” já se espalhou pelos muros da capital cearense.

Pichação espalhada por toda Fortaleza
1/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
2/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
3/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
4/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
5/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
6/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
7/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
8/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
9/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)

Pichação espalhada por toda Fortaleza
10/10

Pichação espalhada por toda Fortaleza

“Etica Fetida” pode ser vista em diversos pontos da capital cearense (FOTOS: Reprodução / Internet)