Fortaleza é o destino turístico mais procurado por nordestinos no verão

PESQUISA APONTA

Fortaleza é o destino turístico mais procurado por nordestinos no verão

Depois de Fortaleza, os destinos mais buscadoras foram Natal, Gramado, Maceió, Rio de Janeiro, Porto Seguro, São Paulo, Salvador, Ipojuca e Recife

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

1 de janeiro de 2020 às 07:00

Há 2 meses
Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Fortaleza foi o destino mais procurado por nordestinos para o verão, período que vai entre dezembro de 2019 a fevereiro de 2020. Além do Ceará, os estados de Pernambuco, Bahia, São Paulo e do Rio Grande do Sul também foram os mais procurados pelos turistas da região. Baianos, maranhenses e piauienses são os mais pretendem visitar os atrativos cearenses.

Já para 15,9% dos turistas cearenses, os destinos paulistas foram os mais procurados. O próprio Ceará, com 14,8%, e o Rio de Janeiro, com 12,5%, também foram alguns dos mais buscados por eles. Os dados são de uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo com agências de viagens dos nove estados da região.

Depois de Fortaleza, os destinos mais buscadoras foram Natal, Gramado, Maceió, Rio de Janeiro, Porto Seguro, São Paulo, Salvador, Ipojuca e Recife.

O estudo também revela a perspectiva das empresas da região em relação ao desempenho, faturamento, demanda de serviços e geração de empregos, no período de outubro de 2019 a março de 2020. Para 14,6% dessas empresas, a perspectiva é de que o número de empregados aumente. 46,9% delas também acredita que a demanda pelos serviços ofertados cresça no período.

Segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os dados positivos impulsionam o trabalho no setor turístico. “É cada vez mais notória a participação dos turistas da região Nordeste no crescimento do turismo no país e dos empresários que pretendem investir ainda mais neste setor. Isso é um importante impulso para continuarmos trabalhando ainda mais para desenvolver o setor turístico nacional, gerando emprego e renda”, concluiu.

Publicidade

Dê sua opinião

PESQUISA APONTA

Fortaleza é o destino turístico mais procurado por nordestinos no verão

Depois de Fortaleza, os destinos mais buscadoras foram Natal, Gramado, Maceió, Rio de Janeiro, Porto Seguro, São Paulo, Salvador, Ipojuca e Recife

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

1 de janeiro de 2020 às 07:00

Há 2 meses
Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Praia do Futuro é um dos principais pontos turísticos de Fortaleza (FOTO: Divulgação)

Fortaleza foi o destino mais procurado por nordestinos para o verão, período que vai entre dezembro de 2019 a fevereiro de 2020. Além do Ceará, os estados de Pernambuco, Bahia, São Paulo e do Rio Grande do Sul também foram os mais procurados pelos turistas da região. Baianos, maranhenses e piauienses são os mais pretendem visitar os atrativos cearenses.

Já para 15,9% dos turistas cearenses, os destinos paulistas foram os mais procurados. O próprio Ceará, com 14,8%, e o Rio de Janeiro, com 12,5%, também foram alguns dos mais buscados por eles. Os dados são de uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo com agências de viagens dos nove estados da região.

Depois de Fortaleza, os destinos mais buscadoras foram Natal, Gramado, Maceió, Rio de Janeiro, Porto Seguro, São Paulo, Salvador, Ipojuca e Recife.

O estudo também revela a perspectiva das empresas da região em relação ao desempenho, faturamento, demanda de serviços e geração de empregos, no período de outubro de 2019 a março de 2020. Para 14,6% dessas empresas, a perspectiva é de que o número de empregados aumente. 46,9% delas também acredita que a demanda pelos serviços ofertados cresça no período.

Segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os dados positivos impulsionam o trabalho no setor turístico. “É cada vez mais notória a participação dos turistas da região Nordeste no crescimento do turismo no país e dos empresários que pretendem investir ainda mais neste setor. Isso é um importante impulso para continuarmos trabalhando ainda mais para desenvolver o setor turístico nacional, gerando emprego e renda”, concluiu.