Foto de tubarão que teria encalhado na Barra do Ceará é um registro feito na Bahia


Foto de tubarão que teria encalhado na Barra do Ceará é um registro feito na Bahia

Corpo de Bombeiros, Labomar e ONG Aquasis não confirmaram o aparecimento de tubarão-martelo em Fortaleza, e por isso reforçam que não é necessário pânico

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

12 de maio de 2015 às 16:15

Há 5 anos
Foto de tubarão-martelo encalhado repercute nas redes sociais de fortalezenses (FOTO: Reprodução Itacaré Urgente)

Foto de tubarão-martelo encalhado repercute nas redes sociais de fortalezenses (FOTO: Reprodução Itacaré Urgente)

A foto de um tubarão encalhado que está circulando nas redes sociais nesta terça-feira (12) não é um registro de Fortaleza. O Corpo de Bombeiros, o Instituto de Ciências do Mar (Labomar) e a ONG Aquasis não confirmaram o aparecimento do animal na praia da Barra do Ceará, e por isso reforçam que não é necessário pânico entre banhistas.

No último dia 29 de abril, a mesma foto já havia sido publicado no site Itacaré Urgente, que noticia fatos do município de mesmo nome, na Bahia. De acordo com o site, um tubarão-martelo foi capturado após encalhar na região próximo ao Rio Piracanga, na praia do Pontal. A localidade seria praticamente deserta. O animal teria cerca de três metros de comprimento.

Tubarão-martelo

No dia 10 de abril de 2014, um tubarão-martelo de mais de dois metros foi encontrado por um grupo de seis pescadores na praia da Barra do Ceará. Possidônio Soares Filho, presidente da Colônia Z-8 de Pesca e Aquicultura de Fortaleza, surpreendeu-se com a pesca do animal, já que a expectativa era de pescar somente peixes pequenos.

Apesar do susto, o tubarão não atacou as pessoas que estavam na embarcação. Segundo Manuel Furtado, professor do Labomar, não houve perigo para os banhistas no Ceará. O aparecimento de tubarões próximo da orla cearense é um fato considerado raro.

Tubarão foi pescado na Barra do Ceará no ano de 2014 (FOTO: REPRODUÇÃO PORTALAZ)

Tubarão foi pescado na Barra do Ceará no ano de 2014 (FOTO: REPRODUÇÃO PORTALAZ)

Publicidade

Dê sua opinião

Foto de tubarão que teria encalhado na Barra do Ceará é um registro feito na Bahia

Corpo de Bombeiros, Labomar e ONG Aquasis não confirmaram o aparecimento de tubarão-martelo em Fortaleza, e por isso reforçam que não é necessário pânico

Por Hayanne Narlla em Cotidiano

12 de maio de 2015 às 16:15

Há 5 anos
Foto de tubarão-martelo encalhado repercute nas redes sociais de fortalezenses (FOTO: Reprodução Itacaré Urgente)

Foto de tubarão-martelo encalhado repercute nas redes sociais de fortalezenses (FOTO: Reprodução Itacaré Urgente)

A foto de um tubarão encalhado que está circulando nas redes sociais nesta terça-feira (12) não é um registro de Fortaleza. O Corpo de Bombeiros, o Instituto de Ciências do Mar (Labomar) e a ONG Aquasis não confirmaram o aparecimento do animal na praia da Barra do Ceará, e por isso reforçam que não é necessário pânico entre banhistas.

No último dia 29 de abril, a mesma foto já havia sido publicado no site Itacaré Urgente, que noticia fatos do município de mesmo nome, na Bahia. De acordo com o site, um tubarão-martelo foi capturado após encalhar na região próximo ao Rio Piracanga, na praia do Pontal. A localidade seria praticamente deserta. O animal teria cerca de três metros de comprimento.

Tubarão-martelo

No dia 10 de abril de 2014, um tubarão-martelo de mais de dois metros foi encontrado por um grupo de seis pescadores na praia da Barra do Ceará. Possidônio Soares Filho, presidente da Colônia Z-8 de Pesca e Aquicultura de Fortaleza, surpreendeu-se com a pesca do animal, já que a expectativa era de pescar somente peixes pequenos.

Apesar do susto, o tubarão não atacou as pessoas que estavam na embarcação. Segundo Manuel Furtado, professor do Labomar, não houve perigo para os banhistas no Ceará. O aparecimento de tubarões próximo da orla cearense é um fato considerado raro.

Tubarão foi pescado na Barra do Ceará no ano de 2014 (FOTO: REPRODUÇÃO PORTALAZ)

Tubarão foi pescado na Barra do Ceará no ano de 2014 (FOTO: REPRODUÇÃO PORTALAZ)