Homem faz pedido de casamento dentro de ônibus e sonha em casar em terminal de Fortaleza

INUSITADO E ROMÂNTICO

Homem faz pedido de casamento dentro de ônibus e sonha em casar em terminal de Fortaleza

Depois de sete anos de relacionamento e um filho juntos, o homem decidiu pedí-la em casamento dentro de um ônibus em Fortaleza

Por TV Jangadeiro em Cotidiano

19 de dezembro de 2019 às 11:31

Há 6 meses

Eliabe pediu alianças emprestadas a amigos para pedir Cristiana em casamento (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Um pedido de casamento inusitado, mas cheio de muito amor. Foi assim que a história de Eliabe e Cristiana Oliveira ganhou uma nova etapa. Depois de sete anos de relacionamento e um filho juntos, o homem decidiu pedi-la em casamento dentro de um ônibus em Fortaleza. O momento contou até com uma trilha sonora exclusiva, composta pelo próprio Eliabe.

Depois do “sim”, veio a troca das alianças. Os anéis foram emprestados por um casal de amigos, só para deixar o momento ainda mais bonito. Encantados com tanto romantismo, os passageiros do coletivo que a faz a linha 361 – Siqueira/Osório de Paiva aplaudiram a cena. Passada a emoção, o entregador e a cabeleireira já pensam na cerimônia. O cenário já está escolhido: um terminal de ônibus.

Além da relação com o pedido, o local do matrimônio também é parte de uma preocupação de Eliabe com o próximo. “Quero dar oportunidade para pessoas que nunca viram um casamento. Tenho curiosidade de conhecer a cerimônia, nunca fui convidado para nenhuma. Quero fazer no terminal para compartilhar com as pessoas esse momento”, explica o noivo.

O pedido inusitado já era uma ideia antiga. No entanto, o momento poderia não ter acontecido, caso Eliabe não tivesse seu carro apreendido em uma blitz. Para Cristiana, não importaria a circunstância, pois o companheiro “inventava outra coisa” para fazer o pedido. “Ele é cheio de loucura. Já inventou várias coisas, fez várias declarações para mim, mas essa foi inesquecível, uma surpresa mesmo”, avalia a noiva.

Vencendo barreiras

Eliabe passou três anos preso por envolvimento com tráfico de drogas. Na cadeia, teve medo de ser abandonado pelas pessoas que mais amava. “Achava que ali era o fim de tudo, da minha família. Ali, Deus me mostrou que era totalmente ao contrário. A minha família e a família dela que fizeram por onde eu estivesse aqui agora, restituído”, comemora.

Há mais de um ano, o noivo está em liberdade. Desde então, ele trabalha como entregador e e sustenta a casa com a ajuda da esposa. Além disso, cuidam do filho Péricles, de 6 anos, que convive com síndrome de down. A família mora de aluguel. Por isso, para realizar seu sonho de casar no terminal, o casal precisa de ajuda.

Dentre as necessidades, há os gastos com vestido de noiva, terno para o noivo e a roupa da criança. Além disso, há despesas com a documentação para o casamento civil e o deslocamento do juiz de paz até o terminal. Para ajudá-los, é possível ligar para o casal no telefone (85) 9 9603-3819 ou entrar em contato com a produção do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, por meio dos números (85) 9 8135-3131 e (85) 3466-2037.

Para Eliabe, além da realização do sonho, o casamento é também uma forma de manter vivo apreço pelos bons sentimentos. “A gente tem que mostrar que o amor ainda existe, apesar das coisas que acontecem no mundo“, justifica o romântico autor deste inusitado pedido de casamento.

Confira a reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

O Barra Pesada é exibido na TV Jangadeiro/SBT de segunda a sexta, a partir das 12h05

Publicidade

Dê sua opinião

INUSITADO E ROMÂNTICO

Homem faz pedido de casamento dentro de ônibus e sonha em casar em terminal de Fortaleza

Depois de sete anos de relacionamento e um filho juntos, o homem decidiu pedí-la em casamento dentro de um ônibus em Fortaleza

Por TV Jangadeiro em Cotidiano

19 de dezembro de 2019 às 11:31

Há 6 meses

Eliabe pediu alianças emprestadas a amigos para pedir Cristiana em casamento (FOTO: Reprodução/Whatsapp)

Um pedido de casamento inusitado, mas cheio de muito amor. Foi assim que a história de Eliabe e Cristiana Oliveira ganhou uma nova etapa. Depois de sete anos de relacionamento e um filho juntos, o homem decidiu pedi-la em casamento dentro de um ônibus em Fortaleza. O momento contou até com uma trilha sonora exclusiva, composta pelo próprio Eliabe.

Depois do “sim”, veio a troca das alianças. Os anéis foram emprestados por um casal de amigos, só para deixar o momento ainda mais bonito. Encantados com tanto romantismo, os passageiros do coletivo que a faz a linha 361 – Siqueira/Osório de Paiva aplaudiram a cena. Passada a emoção, o entregador e a cabeleireira já pensam na cerimônia. O cenário já está escolhido: um terminal de ônibus.

Além da relação com o pedido, o local do matrimônio também é parte de uma preocupação de Eliabe com o próximo. “Quero dar oportunidade para pessoas que nunca viram um casamento. Tenho curiosidade de conhecer a cerimônia, nunca fui convidado para nenhuma. Quero fazer no terminal para compartilhar com as pessoas esse momento”, explica o noivo.

O pedido inusitado já era uma ideia antiga. No entanto, o momento poderia não ter acontecido, caso Eliabe não tivesse seu carro apreendido em uma blitz. Para Cristiana, não importaria a circunstância, pois o companheiro “inventava outra coisa” para fazer o pedido. “Ele é cheio de loucura. Já inventou várias coisas, fez várias declarações para mim, mas essa foi inesquecível, uma surpresa mesmo”, avalia a noiva.

Vencendo barreiras

Eliabe passou três anos preso por envolvimento com tráfico de drogas. Na cadeia, teve medo de ser abandonado pelas pessoas que mais amava. “Achava que ali era o fim de tudo, da minha família. Ali, Deus me mostrou que era totalmente ao contrário. A minha família e a família dela que fizeram por onde eu estivesse aqui agora, restituído”, comemora.

Há mais de um ano, o noivo está em liberdade. Desde então, ele trabalha como entregador e e sustenta a casa com a ajuda da esposa. Além disso, cuidam do filho Péricles, de 6 anos, que convive com síndrome de down. A família mora de aluguel. Por isso, para realizar seu sonho de casar no terminal, o casal precisa de ajuda.

Dentre as necessidades, há os gastos com vestido de noiva, terno para o noivo e a roupa da criança. Além disso, há despesas com a documentação para o casamento civil e o deslocamento do juiz de paz até o terminal. Para ajudá-los, é possível ligar para o casal no telefone (85) 9 9603-3819 ou entrar em contato com a produção do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, por meio dos números (85) 9 8135-3131 e (85) 3466-2037.

Para Eliabe, além da realização do sonho, o casamento é também uma forma de manter vivo apreço pelos bons sentimentos. “A gente tem que mostrar que o amor ainda existe, apesar das coisas que acontecem no mundo“, justifica o romântico autor deste inusitado pedido de casamento.

Confira a reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT:

O Barra Pesada é exibido na TV Jangadeiro/SBT de segunda a sexta, a partir das 12h05