Policiais e bombeiros reivindicam aumento de salários em protesto na AL

AUMENTO DE SALÁRIO

Policiais e bombeiros reivindicam aumento de salários em protesto na AL

Os manifestantes reclamam das remunerações e pedem aumento salarial. Soldados ganham em torno de R$ 3.250 e pedem aumento para R$ 4.700

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

5 de dezembro de 2019 às 17:41

Há 2 meses
Os manifestantes reivindicam melhores salários (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Os manifestantes reivindicam melhores salários (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Policiais e bombeiros militares protestaram na manhã desta quinta-feira (5), na Assembleia Legislativa do Ceará, em Fortaleza. Os gritos de protesto nos corredores da Assembleia foram por aumento no salário dos policiais e bombeiros militares do Ceará que, segundo os manifestantes, têm uma das piores remunerações do Nordeste.

Os reajustes reivindicados variam de acordo com cada função. Atualmente, soldados ganham em torno de R$ 3.250 e pedem aumento para R$ 4.700.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que duas comissões foram implantadas para estudar a proposta de reajuste para policiais e bombeiros militares e para policiais civis e peritos.

A Secretaria afirmou, ainda, que a política de valorização dos servidores do sistema de segurança alcançou de 2015 a 2018 um investimento de quase R$ 600  milhões.

Publicidade

Dê sua opinião

AUMENTO DE SALÁRIO

Policiais e bombeiros reivindicam aumento de salários em protesto na AL

Os manifestantes reclamam das remunerações e pedem aumento salarial. Soldados ganham em torno de R$ 3.250 e pedem aumento para R$ 4.700

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

5 de dezembro de 2019 às 17:41

Há 2 meses
Os manifestantes reivindicam melhores salários (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Os manifestantes reivindicam melhores salários (FOTO: Reprodução/WhatsApp)

Policiais e bombeiros militares protestaram na manhã desta quinta-feira (5), na Assembleia Legislativa do Ceará, em Fortaleza. Os gritos de protesto nos corredores da Assembleia foram por aumento no salário dos policiais e bombeiros militares do Ceará que, segundo os manifestantes, têm uma das piores remunerações do Nordeste.

Os reajustes reivindicados variam de acordo com cada função. Atualmente, soldados ganham em torno de R$ 3.250 e pedem aumento para R$ 4.700.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que duas comissões foram implantadas para estudar a proposta de reajuste para policiais e bombeiros militares e para policiais civis e peritos.

A Secretaria afirmou, ainda, que a política de valorização dos servidores do sistema de segurança alcançou de 2015 a 2018 um investimento de quase R$ 600  milhões.