Poste fixado no meio de via pública confunde motoristas em Maracanaú

DILEMA INUSITADO

Poste fixado no meio de via pública confunde motoristas em Maracanaú

Segundo a população, a situação já causou acidentes de trânsito e o poste está posicionado naquele ponto há cerca de 15 anos

Por TV Jangadeiro em Cotidiano

10 de janeiro de 2020 às 13:14

Há 2 semanas

Moradores dizem que poste está fixado no local há 15 anos (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Avançar na contramão ou fazer uma conversão arriscada? É esse o dilema relatado por motoristas que trafegam pelo cruzamento da Rua A com a Rua Luiz Gonzaga dos Santos, no bairro Pajuçara, em Maracanaú.

O pivô disso tudo é um poste de energia fixado no meio da via pública. A situação incomum tem deixado os condutores confusos e já causou acidentes de trânsito no local. Segundo a população, o poste está posicionado naquele ponto há cerca de 15 anos.

Um motorista, que preferiu não dizer seu nome, enfrenta esse dilema sempre que passa pelo trecho. “É ‘invocado’ um poste no meio da pista. A gente pega pelo cantinho apertado ou vai pela contramão. É perigoso a pessoa vir de uma vez e bater no poste. Isso é esquisito”, classifica o homem.

O comerciante Roberto Carlos mora no bairro há bastante. Segundo ele, os moradores já tentaram solucionar o problema, mas não houve sucesso. “Não tiraram, não. A prefeitura não resolve nada. Parece que o pessoal não se incomoda”, pondera Roberto.

De quem é a responsabilidade?

Procurada pelo Sistema Jangadeiro, a Enel afirma que, para retirada do poste, é necessário que a Prefeitura de Maracanaú solicite a realocação da rede. “Muito provavelmente, quando o poste foi implantado, ainda não havia rua pavimentada”, teoriza a companhia elétrica.

A Prefeitura de Maracanaú, por sua vez, informa que já protocolou junto à Enel um ofício solicitando a remoção imediata do poste. “A responsabilidade da remoção é da Enel. Estamos aguardando retorno da Enel quanto à resolução da demanda”, afirma em resposta.

Confira mais detalhes na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta sexta-feira (10).

Publicidade

Dê sua opinião

DILEMA INUSITADO

Poste fixado no meio de via pública confunde motoristas em Maracanaú

Segundo a população, a situação já causou acidentes de trânsito e o poste está posicionado naquele ponto há cerca de 15 anos

Por TV Jangadeiro em Cotidiano

10 de janeiro de 2020 às 13:14

Há 2 semanas

Moradores dizem que poste está fixado no local há 15 anos (FOTO: TV Jangadeiro/SBT)

Avançar na contramão ou fazer uma conversão arriscada? É esse o dilema relatado por motoristas que trafegam pelo cruzamento da Rua A com a Rua Luiz Gonzaga dos Santos, no bairro Pajuçara, em Maracanaú.

O pivô disso tudo é um poste de energia fixado no meio da via pública. A situação incomum tem deixado os condutores confusos e já causou acidentes de trânsito no local. Segundo a população, o poste está posicionado naquele ponto há cerca de 15 anos.

Um motorista, que preferiu não dizer seu nome, enfrenta esse dilema sempre que passa pelo trecho. “É ‘invocado’ um poste no meio da pista. A gente pega pelo cantinho apertado ou vai pela contramão. É perigoso a pessoa vir de uma vez e bater no poste. Isso é esquisito”, classifica o homem.

O comerciante Roberto Carlos mora no bairro há bastante. Segundo ele, os moradores já tentaram solucionar o problema, mas não houve sucesso. “Não tiraram, não. A prefeitura não resolve nada. Parece que o pessoal não se incomoda”, pondera Roberto.

De quem é a responsabilidade?

Procurada pelo Sistema Jangadeiro, a Enel afirma que, para retirada do poste, é necessário que a Prefeitura de Maracanaú solicite a realocação da rede. “Muito provavelmente, quando o poste foi implantado, ainda não havia rua pavimentada”, teoriza a companhia elétrica.

A Prefeitura de Maracanaú, por sua vez, informa que já protocolou junto à Enel um ofício solicitando a remoção imediata do poste. “A responsabilidade da remoção é da Enel. Estamos aguardando retorno da Enel quanto à resolução da demanda”, afirma em resposta.

Confira mais detalhes na reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, às 12h05 desta sexta-feira (10).