Prédio vira ponto de recebimento de doações para desabrigados de desabamento em Fortaleza

AJUDA

Prédio vira ponto de recebimento de doações para desabrigados de desabamento em Fortaleza

Segundo a organização da campanha, são necessários principalmente balde de aço, máscaras PFF 1 ou 2, luva de pedreiro, caixas, gelo e isopor

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

16 de outubro de 2019 às 10:53

Há 2 meses
doação-campanha

Mantimentos recebidos em ponto de apoio próximo ao prédio que desabou(FOTO: Savio Leite/ TV Jangadeiro)

Uma campanha de doações está arrecadando mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli, em Fortaleza, e para profissionais que atuam na busca por vítimas. O ponto de recebimento fica na rua Nunes Valente, 2.500, um prédio próximo ao local do acidente.

Segundo a organização da campanha, são necessários principalmente balde de aço, máscaras PFF 1 ou 2, luva de pedreiro, caixas, gelo e isopor. Além disso, também recebem alimentos (como leite, ovos, pão, presunto, queijo, suco de caixa, goiabada e frutas) e água.

Uma doadora que não quis se identificar falou ao Tribuna do Ceará que também levou energético “para que os socorristas possam dar o seu máximo”. “É o pouco que posso fazer, como não posso estar aqui integralmente é o que posso fazer para ajudar”, disse.

Outra doadora que se identificou apenas como Leila é administradora e ficou sabendo da campanha pela internet. “Trouxe sacos de lixo, gelo, barrinha de cereal, sabonete e xampu”, finalizou.

Entenda o caso

Até as 8h desta quarta-feira, o Corpo de Bombeiros informa que duas mortes foram confirmadas, nove pessoas foram resgatadas com vida e outras nove seguem desaparecidas. Ao todo, 135 homens de todos os quartéis de Fortaleza se revezam nos trabalhos de resgate.

O Edifício Andréa, de sete andares, desabou às 10h30 desta terça-feira (15).

Confira galeria:

Ajuda da população
1/5

Ajuda da população

Pessoas doam mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: William Barros/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
2/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: William Barros/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
3/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: Savio Leite/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
4/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: Savio Leite/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
5/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: Savio Leite/ Sistema Jangadeiro)

Confira a cobertura do caso:

16/10/19 – Mulheres fazem oração por pessoas que estão nos escombros de prédio que desabou

16/10/19 – “Ouvi um barulho forte às 8h”, conta dono de mercadinho que sobreviveu ao desabamento

16/10/19 – Duas mortes são confirmadas em desabamento de prédio no Dionísio Torres

15/10/19 – Jovem que fez selfie em escombros escapou de desabamento sem nenhuma fratura

15/10/19 – Confira imagens aéreas do local onde prédio desabou em Fortaleza

15/10/19 – Prédios em Fortaleza estão envelhecendo, alerta presidente do Crea após desabamento de edifício

15/10/19 – Desabamento de prédio: Cruz Vermelha pede doação de alimentos com alto teor de glicose

15/10/19 – “Precisava de uma reforma urgente”, diz filho de diarista de prédio que desabou

15/10/19 – Entregador de água se salvou em desabamento de prédio em Fortaleza: “Nasci de novo”

15/10/19 – Veja o momento do desabamento de prédio em Fortaleza; Câmera de segurança flagrou

15/10/19 – IJF faz operação especial para atender vítimas de desabamento de prédio em Fortaleza

15/10/19 – Prédio residencial desaba no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza

Publicidade

Dê sua opinião

AJUDA

Prédio vira ponto de recebimento de doações para desabrigados de desabamento em Fortaleza

Segundo a organização da campanha, são necessários principalmente balde de aço, máscaras PFF 1 ou 2, luva de pedreiro, caixas, gelo e isopor

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

16 de outubro de 2019 às 10:53

Há 2 meses
doação-campanha

Mantimentos recebidos em ponto de apoio próximo ao prédio que desabou(FOTO: Savio Leite/ TV Jangadeiro)

Uma campanha de doações está arrecadando mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli, em Fortaleza, e para profissionais que atuam na busca por vítimas. O ponto de recebimento fica na rua Nunes Valente, 2.500, um prédio próximo ao local do acidente.

Segundo a organização da campanha, são necessários principalmente balde de aço, máscaras PFF 1 ou 2, luva de pedreiro, caixas, gelo e isopor. Além disso, também recebem alimentos (como leite, ovos, pão, presunto, queijo, suco de caixa, goiabada e frutas) e água.

Uma doadora que não quis se identificar falou ao Tribuna do Ceará que também levou energético “para que os socorristas possam dar o seu máximo”. “É o pouco que posso fazer, como não posso estar aqui integralmente é o que posso fazer para ajudar”, disse.

Outra doadora que se identificou apenas como Leila é administradora e ficou sabendo da campanha pela internet. “Trouxe sacos de lixo, gelo, barrinha de cereal, sabonete e xampu”, finalizou.

Entenda o caso

Até as 8h desta quarta-feira, o Corpo de Bombeiros informa que duas mortes foram confirmadas, nove pessoas foram resgatadas com vida e outras nove seguem desaparecidas. Ao todo, 135 homens de todos os quartéis de Fortaleza se revezam nos trabalhos de resgate.

O Edifício Andréa, de sete andares, desabou às 10h30 desta terça-feira (15).

Confira galeria:

Ajuda da população
1/5

Ajuda da população

Pessoas doam mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: William Barros/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
2/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: William Barros/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
3/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: Savio Leite/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
4/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: Savio Leite/ Sistema Jangadeiro)

Ajuda da população
5/5

Ajuda da população

mantimentos para moradores do prédio que desabou na rua Tomás Acioli e para profissionais que atuam na busca por vítimas. (FOTO: Savio Leite/ Sistema Jangadeiro)

Confira a cobertura do caso:

16/10/19 – Mulheres fazem oração por pessoas que estão nos escombros de prédio que desabou

16/10/19 – “Ouvi um barulho forte às 8h”, conta dono de mercadinho que sobreviveu ao desabamento

16/10/19 – Duas mortes são confirmadas em desabamento de prédio no Dionísio Torres

15/10/19 – Jovem que fez selfie em escombros escapou de desabamento sem nenhuma fratura

15/10/19 – Confira imagens aéreas do local onde prédio desabou em Fortaleza

15/10/19 – Prédios em Fortaleza estão envelhecendo, alerta presidente do Crea após desabamento de edifício

15/10/19 – Desabamento de prédio: Cruz Vermelha pede doação de alimentos com alto teor de glicose

15/10/19 – “Precisava de uma reforma urgente”, diz filho de diarista de prédio que desabou

15/10/19 – Entregador de água se salvou em desabamento de prédio em Fortaleza: “Nasci de novo”

15/10/19 – Veja o momento do desabamento de prédio em Fortaleza; Câmera de segurança flagrou

15/10/19 – IJF faz operação especial para atender vítimas de desabamento de prédio em Fortaleza

15/10/19 – Prédio residencial desaba no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza