Rotina na capital é alterada por paralisação de ônibus


Rotina na capital é alterada por paralisação de ônibus

A paralisação teve início as 22 horas de ontem, como forma de protesto contra a falta de segurança dentro dos coletivos

Por Marcella Ruchet em Cotidiano

29 de maio de 2014 às 17:50

Há 6 anos

A rotina de Fortaleza foi alterada nesta quinta-feira (29) por conta da paralisação dos ônibus. Os sete terminais da capital estão parados. A paralisação teve início as 22 horas de ontem, como forma de protestar contra  a falta de segurança dentro dos coletivos.

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE) divulgou nota em sua página oficial no Facebook, anunciando que, por ocasião dos protestos, o atendimento no centro se encerraria às 17h. A medida pretende minimizar os riscos para com os funcionários, doadores e pacientes. Além disso lojas do Centro fecharam mais cedo, também com o intuito de diminuir os riscos.

Um internauta do Tribuna do Ceará flagrou um imagem curiosa, onde é possível ver um grande grupo de pessoas, em cima de um caminhão, fazendo do mesmo um meio de transporte na falta de ônibus.

Grupo se locomovendo como pode (FOTO: George Alen)

Grupo se locomovendo como pode (FOTO: George Alen)

Publicidade

Dê sua opinião

Rotina na capital é alterada por paralisação de ônibus

A paralisação teve início as 22 horas de ontem, como forma de protesto contra a falta de segurança dentro dos coletivos

Por Marcella Ruchet em Cotidiano

29 de maio de 2014 às 17:50

Há 6 anos

A rotina de Fortaleza foi alterada nesta quinta-feira (29) por conta da paralisação dos ônibus. Os sete terminais da capital estão parados. A paralisação teve início as 22 horas de ontem, como forma de protestar contra  a falta de segurança dentro dos coletivos.

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE) divulgou nota em sua página oficial no Facebook, anunciando que, por ocasião dos protestos, o atendimento no centro se encerraria às 17h. A medida pretende minimizar os riscos para com os funcionários, doadores e pacientes. Além disso lojas do Centro fecharam mais cedo, também com o intuito de diminuir os riscos.

Um internauta do Tribuna do Ceará flagrou um imagem curiosa, onde é possível ver um grande grupo de pessoas, em cima de um caminhão, fazendo do mesmo um meio de transporte na falta de ônibus.

Grupo se locomovendo como pode (FOTO: George Alen)

Grupo se locomovendo como pode (FOTO: George Alen)