Taxistas são obrigados a usar taxímetro em corridas durante Fortal, alerta Decon

SEM COMBINAR PREÇO

Taxistas são obrigados a usar taxímetro em corridas durante Fortal, alerta Decon

Caso o usuário do táxi perceba alguma irregularidade, deve denunciar ao setor de fiscalização do Decon, por telefone ou no site

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

19 de julho de 2017 às 16:07

Há 3 anos
Os taxistas são obrigados a utilizar o taxímetro (FOTO: Divulgação)

Os taxistas são obrigados a utilizar o taxímetro (FOTO: Divulgação)

A Defesa do Consumidor do Ceará (Decon) entregou ao Sindicato dos Taxistas do Ceará uma recomendação reforçando a obrigatoriedade de uso do taxímetro.

Segundo a secretária-executiva do órgão, Ann Celly Sampaio, o serviço de táxi, que é uma concessão da prefeitura, é alvo recorrente de reclamações por parte dos consumidores durante a realização de grandes eventos na cidade de Fortaleza.

“O número de turistas na capital cresce consideravelmente por causa do Fortal e, infelizmente, é muito comum taxistas forçarem o passageiro a combinar o preço antes da corrida pra não usarem o taxímetro, e o cidadão se vê obrigado a concordar para conseguir voltar pra casa. Esta postura fere gravemente os direitos do consumidor e o taxista pode sofrer diversas sanções se for flagrado”, explica a promotora de Justiça.

O presidente do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi), Vicente de Paula Oliveira, destaca que o Sindicato já se posiciona contra a prática e pediu auxílio ao órgão para reforçar a fiscalização. “Já divulgamos essa orientação aos nossos profissionais regulamentados. O taxímetro é a segurança de um valor cobrado corretamente e ele só pode ser ligado na presença do consumidor, destacou Vicente.

Caso o cidadão perceba alguma irregularidade, deve denunciar ao setor de fiscalização do Decon pelo telefone 3452-4505 ou no site do Ministério Público. ​O órgão orienta que o denunciante​ guarde provas​,​ como o recibo da corrida e a identificação do carro e do taxista​,​ para facilitar a apuração do caso.

Publicidade

Dê sua opinião

SEM COMBINAR PREÇO

Taxistas são obrigados a usar taxímetro em corridas durante Fortal, alerta Decon

Caso o usuário do táxi perceba alguma irregularidade, deve denunciar ao setor de fiscalização do Decon, por telefone ou no site

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

19 de julho de 2017 às 16:07

Há 3 anos
Os taxistas são obrigados a utilizar o taxímetro (FOTO: Divulgação)

Os taxistas são obrigados a utilizar o taxímetro (FOTO: Divulgação)

A Defesa do Consumidor do Ceará (Decon) entregou ao Sindicato dos Taxistas do Ceará uma recomendação reforçando a obrigatoriedade de uso do taxímetro.

Segundo a secretária-executiva do órgão, Ann Celly Sampaio, o serviço de táxi, que é uma concessão da prefeitura, é alvo recorrente de reclamações por parte dos consumidores durante a realização de grandes eventos na cidade de Fortaleza.

“O número de turistas na capital cresce consideravelmente por causa do Fortal e, infelizmente, é muito comum taxistas forçarem o passageiro a combinar o preço antes da corrida pra não usarem o taxímetro, e o cidadão se vê obrigado a concordar para conseguir voltar pra casa. Esta postura fere gravemente os direitos do consumidor e o taxista pode sofrer diversas sanções se for flagrado”, explica a promotora de Justiça.

O presidente do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi), Vicente de Paula Oliveira, destaca que o Sindicato já se posiciona contra a prática e pediu auxílio ao órgão para reforçar a fiscalização. “Já divulgamos essa orientação aos nossos profissionais regulamentados. O taxímetro é a segurança de um valor cobrado corretamente e ele só pode ser ligado na presença do consumidor, destacou Vicente.

Caso o cidadão perceba alguma irregularidade, deve denunciar ao setor de fiscalização do Decon pelo telefone 3452-4505 ou no site do Ministério Público. ​O órgão orienta que o denunciante​ guarde provas​,​ como o recibo da corrida e a identificação do carro e do taxista​,​ para facilitar a apuração do caso.