Terceira morte é registrada em desabamento de prédio no Dionísio Torres

TRAGÉDIA EM FORTALEZA

Terceira morte é registrada em desabamento de prédio no Dionísio Torres

Até as 18h desta quarta-feira, sete sobreviventes foram resgatados, sete seguem desaparecidos e três óbitos confirmados (sendo 1 homem e 2 mulheres)

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

16 de outubro de 2019 às 18:38

Há 1 mês
Em coletiva de imprensa, Corpo de Bombeiros atualizou números (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

Em coletiva de imprensa, Corpo de Bombeiros atualizou números (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

O Corpo de Bombeiros registrou a terceira morte em decorrência do desabamento do Edifício Andréa, no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. A informação foi confirmada no início da noite desta quarta-feira (16) pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Holanda.

“A gente encontrou uma terceira vítima, trata-se de uma mulher não identificada ainda. Ela foi levada para a Perícia Forense para que possam ser feitos os exames e a identificação dessas vítimas. Então temos três óbitos confirmados”, afirma em entrevista coletiva.

Até as 18h desta quarta-feira (16), sete sobreviventes foram resgatados, sete seguem desaparecidos e três óbitos confirmados, sendo 2 mulheres (uma delas identificada como Maria Isaura Marques, de 83 anos, moradora do prédio) e 1 homem (o entregador de água Frederick Santana dos Santos, de 30 anos).

“São 7 pessoas resgatadas, foi divulgado a princípio o número de 9, quando colocamos em planilhas os nomes completos, a gente percebeu que havia uma duplicidade e chegou à diminuição do número de 9 para 7”, explica.

“Nas últimas horas não captamos nenhum tipo de som, mas não é motivo de achar que não possam ter pessoas vivas. A gente sabe que as pessoas vão se debilitando e vão tendo a dificuldade de emitir o som e de pedir socorro, por isso a gente intensifica o trabalho”, conclui. Ao todo, 125 bombeiros atuam nos escombros, trabalhando em esquema de revezamento.

Entenda o caso

O prédio residencial de 7 andares, na Rua Tomás Acioli, desabou às 10h30 desta terça-feira (15). Segundo vizinhos, o colapso produziu um forte barulho e nuvem de fumaça, além de assustar moradores. “Pensei que era terremoto”, contou uma testemunha.

Vizinhos e familiares afirmam que a edificação apresentava sinais de deterioramento. Um inquérito policial foi instaurado para investigar as causas do desabamento.

Confira a cobertura do caso:

16/10/19 – Inquérito policial é instaurado para investigar causas de desabamento de prédio

16/10/19 – “Meu pai está lutando pela vida”, diz filho de sobrevivente de desabamento

16/10/19 – “Foi Deus que me tirou de lá”, conta vigilante que teve reação rápida ao escapar de desabamento

16/10/19 – Empresário espera notícias sobre três familiares que moravam no 5º andar de prédio

16/10/19 – Loja suspende funcionamento para servir de ponto de apoio para equipes de resgate

16/10/19 – Prédio vira ponto de recebimento de doações para desabrigados de desabamento em Fortaleza

16/10/19 – Mulheres fazem oração por pessoas que estão nos escombros de prédio que desabou

16/10/19 – “Ouvi um barulho forte às 8h”, conta dono de mercadinho que sobreviveu ao desabamento

16/10/19 – Duas mortes são confirmadas em desabamento de prédio no Dionísio Torres

15/10/19 – Jovem que fez selfie em escombros escapou de desabamento sem nenhuma fratura

15/10/19 – Confira imagens aéreas do local onde prédio desabou em Fortaleza

15/10/19 – Prédios em Fortaleza estão envelhecendo, alerta presidente do Crea após desabamento de edifício

15/10/19 – Desabamento de prédio: Cruz Vermelha pede doação de alimentos com alto teor de glicose

15/10/19 – “Precisava de uma reforma urgente”, diz filho de diarista de prédio que desabou

15/10/19 – Entregador de água se salvou em desabamento de prédio em Fortaleza: “Nasci de novo”

15/10/19 – Veja o momento do desabamento de prédio em Fortaleza; Câmera de segurança flagrou

15/10/19 – IJF faz operação especial para atender vítimas de desabamento de prédio em Fortaleza

15/10/19 – Prédio residencial desaba no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza

Publicidade

Dê sua opinião

TRAGÉDIA EM FORTALEZA

Terceira morte é registrada em desabamento de prédio no Dionísio Torres

Até as 18h desta quarta-feira, sete sobreviventes foram resgatados, sete seguem desaparecidos e três óbitos confirmados (sendo 1 homem e 2 mulheres)

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

16 de outubro de 2019 às 18:38

Há 1 mês
Em coletiva de imprensa, Corpo de Bombeiros atualizou números (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

Em coletiva de imprensa, Corpo de Bombeiros atualizou números (FOTO: Dorian Girão/TV Jangadeiro)

O Corpo de Bombeiros registrou a terceira morte em decorrência do desabamento do Edifício Andréa, no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza. A informação foi confirmada no início da noite desta quarta-feira (16) pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Holanda.

“A gente encontrou uma terceira vítima, trata-se de uma mulher não identificada ainda. Ela foi levada para a Perícia Forense para que possam ser feitos os exames e a identificação dessas vítimas. Então temos três óbitos confirmados”, afirma em entrevista coletiva.

Até as 18h desta quarta-feira (16), sete sobreviventes foram resgatados, sete seguem desaparecidos e três óbitos confirmados, sendo 2 mulheres (uma delas identificada como Maria Isaura Marques, de 83 anos, moradora do prédio) e 1 homem (o entregador de água Frederick Santana dos Santos, de 30 anos).

“São 7 pessoas resgatadas, foi divulgado a princípio o número de 9, quando colocamos em planilhas os nomes completos, a gente percebeu que havia uma duplicidade e chegou à diminuição do número de 9 para 7”, explica.

“Nas últimas horas não captamos nenhum tipo de som, mas não é motivo de achar que não possam ter pessoas vivas. A gente sabe que as pessoas vão se debilitando e vão tendo a dificuldade de emitir o som e de pedir socorro, por isso a gente intensifica o trabalho”, conclui. Ao todo, 125 bombeiros atuam nos escombros, trabalhando em esquema de revezamento.

Entenda o caso

O prédio residencial de 7 andares, na Rua Tomás Acioli, desabou às 10h30 desta terça-feira (15). Segundo vizinhos, o colapso produziu um forte barulho e nuvem de fumaça, além de assustar moradores. “Pensei que era terremoto”, contou uma testemunha.

Vizinhos e familiares afirmam que a edificação apresentava sinais de deterioramento. Um inquérito policial foi instaurado para investigar as causas do desabamento.

Confira a cobertura do caso:

16/10/19 – Inquérito policial é instaurado para investigar causas de desabamento de prédio

16/10/19 – “Meu pai está lutando pela vida”, diz filho de sobrevivente de desabamento

16/10/19 – “Foi Deus que me tirou de lá”, conta vigilante que teve reação rápida ao escapar de desabamento

16/10/19 – Empresário espera notícias sobre três familiares que moravam no 5º andar de prédio

16/10/19 – Loja suspende funcionamento para servir de ponto de apoio para equipes de resgate

16/10/19 – Prédio vira ponto de recebimento de doações para desabrigados de desabamento em Fortaleza

16/10/19 – Mulheres fazem oração por pessoas que estão nos escombros de prédio que desabou

16/10/19 – “Ouvi um barulho forte às 8h”, conta dono de mercadinho que sobreviveu ao desabamento

16/10/19 – Duas mortes são confirmadas em desabamento de prédio no Dionísio Torres

15/10/19 – Jovem que fez selfie em escombros escapou de desabamento sem nenhuma fratura

15/10/19 – Confira imagens aéreas do local onde prédio desabou em Fortaleza

15/10/19 – Prédios em Fortaleza estão envelhecendo, alerta presidente do Crea após desabamento de edifício

15/10/19 – Desabamento de prédio: Cruz Vermelha pede doação de alimentos com alto teor de glicose

15/10/19 – “Precisava de uma reforma urgente”, diz filho de diarista de prédio que desabou

15/10/19 – Entregador de água se salvou em desabamento de prédio em Fortaleza: “Nasci de novo”

15/10/19 – Veja o momento do desabamento de prédio em Fortaleza; Câmera de segurança flagrou

15/10/19 – IJF faz operação especial para atender vítimas de desabamento de prédio em Fortaleza

15/10/19 – Prédio residencial desaba no bairro Dionísio Torres, em Fortaleza