“Todo mundo foi arremessado", diz estudante que estava dentro de VLT que colidiu em Fortaleza

MAIS DE 30 VÍTIMAS

“Todo mundo foi arremessado”, diz estudante que estava dentro de VLT que colidiu em Fortaleza

O acidente aconteceu na manhã de sábado (28) nas proximidades da Avenida Aguanambi, no bairro de Fátima, em Fortaleza, e deixou mais de 30 pessoas feridas

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

29 de setembro de 2019 às 11:30

Há 5 meses
O acidente aconteceu na manhã de sábado (FOTO: Reprodução/ Whatsapp)

O acidente aconteceu na manhã de sábado (FOTO: Reprodução/ Whatsapp)

“Os dois VLTs estavam vindo. Eu tava sentado perto da porta e parecia uma explosão. Foi um choque muito forte e todo mundo foi arremessado. Ficou com muita poeira dentro dos vagões e quase as portas não abriam”, relatou o estudante João Victor que estava dentro do vagão de um dos trens do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) que colidiu na manhã de sábado (28) na Avenida Aguanambi, no bairro de Fátima, em Fortaleza.

O acidente deixou 37 pessoas feridas, sendo dois maquinistas preso às ferragens. Os condutores passaram por cirurgia e estão estáveis; Luiz Gonzaga, 56 anos, operou o cotovelo e Jonas Targino, 28 anos, a perna.

A Cia Cearense de Transportes Metropolitanos informou que a operação da linha Parangaba-Mucuripe, envolvida no acidente, está suspensa e no início da tarde uma reunião irá definir sobre o funcionamento de segunda-feira (30).

Em nota, o Instituto José Frota (IJF) informou que acolheu 21 vítimas, sendo 13 mulheres, 1 menina e 7 homens. O Frotinha da Parangaba recebeu 13 envolvidos no acidente. Já o Frotinha da Messejana recebeu 4 vítimas.

Publicidade

Dê sua opinião

MAIS DE 30 VÍTIMAS

“Todo mundo foi arremessado”, diz estudante que estava dentro de VLT que colidiu em Fortaleza

O acidente aconteceu na manhã de sábado (28) nas proximidades da Avenida Aguanambi, no bairro de Fátima, em Fortaleza, e deixou mais de 30 pessoas feridas

Por Tribuna do Ceará em Cotidiano

29 de setembro de 2019 às 11:30

Há 5 meses
O acidente aconteceu na manhã de sábado (FOTO: Reprodução/ Whatsapp)

O acidente aconteceu na manhã de sábado (FOTO: Reprodução/ Whatsapp)

“Os dois VLTs estavam vindo. Eu tava sentado perto da porta e parecia uma explosão. Foi um choque muito forte e todo mundo foi arremessado. Ficou com muita poeira dentro dos vagões e quase as portas não abriam”, relatou o estudante João Victor que estava dentro do vagão de um dos trens do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) que colidiu na manhã de sábado (28) na Avenida Aguanambi, no bairro de Fátima, em Fortaleza.

O acidente deixou 37 pessoas feridas, sendo dois maquinistas preso às ferragens. Os condutores passaram por cirurgia e estão estáveis; Luiz Gonzaga, 56 anos, operou o cotovelo e Jonas Targino, 28 anos, a perna.

A Cia Cearense de Transportes Metropolitanos informou que a operação da linha Parangaba-Mucuripe, envolvida no acidente, está suspensa e no início da tarde uma reunião irá definir sobre o funcionamento de segunda-feira (30).

Em nota, o Instituto José Frota (IJF) informou que acolheu 21 vítimas, sendo 13 mulheres, 1 menina e 7 homens. O Frotinha da Parangaba recebeu 13 envolvidos no acidente. Já o Frotinha da Messejana recebeu 4 vítimas.